Saúde mental e meio ambiente

GaiaNet

Boletim Ecológico

Editor – Rui Iwersen

28 de agosto de 2017

Em defesa da ciência nº 19

Cientistas devem evitar a palavra deus

Resultado de imagem para deus

… gostaria que os físicos evitassem usar a palavra Deus em seu sentido metafórico especial.

O Deus metafórico e panteísta dos físicos está a anos-luz de distância do Deus intervencionista, milagreiro, telepata, castigador de pecados, atendedor de preces da Bíblia, dos padres, mulás e rabinos, e do linguajar do dia a dia.

Confundir os dois deliberadamente é, na minha opinião, um ato de alta traição intelectual.

Richard Dawkins; Deus, um delírio; página 44

Rui Iwersen

.

15 de agosto de 2017

Nazismo e religião

Resultado de imagem para hitler biografia

Num discurso em Munique, em 1923, Hitler disse: “A primeira coisa a fazer é resgatar [a Alemanha] do judeu, que está arruinando nosso país […] Queremos evitar que nossa Alemanha sofra, como Aquele sofreu, da morte na Cruz”.

Num discurso em Berlim em 1933, Hitler disse: “Estávamos convencidos de que o povo precisa e requer essa fé. Assumimos portanto a luta contra o movimento ateísta, e não apenas com umas poucas declarações teóricas: nós o exterminamos”.

Richard Dawkins, Deus, um delírio, Companhia das Letras, 2016, 20ª reimpressão, página 353

Rui Iwersen

.

17 de julho de 2017

Em defesa da ciência nº 18

Homo sapiens nas Américas

Resultado de imagem para pinturas rupestres

Hoje o Jornal da Band, das 19H30, apresentou a pesquisa que fez sobre a presença da espécie Homo sapiens em território americano, que abrange os últimos 50 mil anos, e que deixou registros como as pinturas rupestres, por exemplo.

Amanhã, e nos outros dias desta semana, o Jornal da Band dará continuidade à série com o quadro “As pinturas rupestres da Serra da Capivara“, onde mostrará as imagens registradas e os artefatos produzidos por nossos ancestrais nos cerca de 50 mil anos de nosso processo evolutivo nas Américas.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet e de http://www.facebook.com/gaianet.com

.

20 de junho de 2017

Saúde Mental de refugiados nº 7

Dia Mundial do Refugiado

Resultado de imagem para refugiados no brasil

No último ano 9.552 pessoas de 82 nacionalidades foram recebidas como refugiados no Brasil.

Os países com maior número de solicitantes de refúgio no Brasil em 2016 foram Venezuela (3.375), Cuba (1.370), Angola (1.353), Haiti (646) e Síria (391). Desde o início do conflito na Síria, 3.772 sírios solicitaram refúgio no Brasil.

Os dados foram divulgados hoje (Dia Mundial do Refugiado) pelo Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet e de https://www.facebook.com/gaianet.com

.

15 de junho de 2017

Reedições de GaiaNet

Toque ecológico nº 7

Não faça fogueira nas festas juninas

Fogueira é queima de árvore, de arbusto, de planta, de vida.

O uso de madeira em fogueiras festivas requer corte e destruição de árvores e arbustos.

O corte de árvores e arbustos para fogueiras contribui para o desmatamento e para a destruição da biodiversidade vegetal e animal do Planeta.

A queima de madeira nas fogueiras das festas juninas produz poluição e contribui para o aquecimento global e para as mudanças climáticas e ambientais

A região nordeste do Brasil, onde a tradição de fazer festas religiosas com fogueiras nos meses de junho é mais forte, é uma região em franco processo de desertificação.

Fogueira e fogos de artifício podem ser substituídos por recursos artificiais, não poluentes e não produtores de aquecimento global e desmatamento.

Pode haver festa junina sem fogueiras e balões. Há quem pense diferente, mas ao menos busca alternativa. Entre sites que informam sobre fogueiras e discutem alternativas, diz o portal tudoaqui – www.portaltudoaqui.com.br : “Não dá para pensar em uma festa junina sem bandeirinhas, balõezinhos pendurados e fogueira, mesmo que esta seja artificial”.

As fogueiras são perigosas para os participantes das festas juninas, especialmente as crianças e os adultos que, quando embriagados pelos tradicionais ‘quentões’, costumam ‘pular a fogueira’.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

Matéria editada originalmente em GaiaNet no dia 18 de junho de 2016

.

05 de maio de 2017

Aproxima-se a cura da Aids

Resultado de imagem para ratos de laboratório

Cientistas americanos declaram haver livrado camundongos de laboratório do vírus HIV.

A expectativa é que até 2020 os testes possam ser reproduzidos em humanos.

Jornal BandNews, 2ª edição, 05 de maio de 2017

.

10 de abril de 2017

Iraquianos assolados pela guerra lotam instituições de saúde mental

Moradores de Mossul caminham em frente aos escombros do prédio da universidade da cidade iraquiana

Mustafa, 6, tem pesadelos, chora ao ouvir o ruído de aviões e às vezes molha as calças, sintomas que se agravaram no ano passado quando uma explosão em Mossul matou seu primo e feriu seu pai, na frente dele.

Mustafa foi uma jovem testemunha de mais de dois anos de regime do Estado Islâmico e meses de lutas pesadas com o objetivo de expulsar os extremistas da segunda maior cidade do Iraque.

Assim como inúmeros iraquianos, ele mostra sintomas de transtorno de estresse pós-traumático, uma epidemia originária de anos de guerra que está sobrecarregando os limitados serviços de saúde mental do Iraque.

“Ele quer que eu fique sempre com ele. Tem medo, apavora-se com ruídos fortes. Até quando as crianças falam alto ele se assusta”, disse a mãe de Mustafa, Intisar Jadan Sultan, no acampamento Khazer para pessoas desalojadas. “Ele não dorme bem, não consegue relaxar, grita e chora até que eu o pegue no colo.” (…)

Profissionais de saúde mental dizem que muitos moradores de Mossul desalojados sofrem pesadelos, ansiedade, depressão, agressão e irritabilidade, todos sinais do transtorno, uma condição que pode se desenvolver após exposição à violência séria. (…)

Leia mais em http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/04/1874273-iraquianos-assolados-pela-guerra-lotam-instituicoes-de-saude-mental.shtml

.

06 de abril de 2017

Em defesa da ciência nº 17

Sócrates, a sabedoria e o saber

Resultado de imagem para socrates

Muita gente diz que o Sócrates disse que “só sei que nada sei”. Mas, conhecendo um pouco do pensamento e das idéias de Sócrates, e considerando o seu conhecimento e uso da dialética, o método pré socrático de análise da realidade, acho que ele deve ter dito “sei que não sei tudo”.

Para Sócrates e seus discípulos, como Platão e Aristóteles, quanto mais se sabe, mais se sabe que há mais a saber.

Rui Iwersen

.

8 de fevereiro de 2017

Estado laico nº 9

Vereadora se recusa a ler trechos da Bíblia em sessão na Câmara de Araraquara (SP)

Resultado de imagem para camara de araraquara

Uma vereadora de Araraquara, a quase 300 km da capital paulista, causou polêmica na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal ao se recusar a ler trechos da Bíblia antes do início das sessões.

O artigo 148 do regimento interno da Casa determina que o presidente deverá abrir a sessão sempre com a frase “sob a proteção de Deus, iniciamos os trabalhos” e, posteriormente, um vereador deverá prosseguir com leitura de um trecho do livro sagrado para os cristãos. (…)

Em discurso feito na sessão que abriu a nova legislatura, Thainara Farias (PT), 22, afirmou que mesmo sendo católica e frequentar a igreja ela não leria trechos da Bíblia no plenário da casa, em respeito ao princípio de laicidade do Estado brasileiro. (…)

“O Brasil é um Estado laico, e um Estado laico significa que o país ou nação tem uma posição neutra no campo religioso”, disse Thainara (…) ” senão em vez de chamar o vereador aqui para ler um trecho da bíblia poderíamos chamar um vereador para vir aqui encarnar um caboclo e falar a palavra também de outras religiões”, concluiu. (…)

Fonte (com vídeo): https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2017/02/08/vereadora-se-recusa-a-ler-trechos-da-biblia-em-sessao-na-camara-de-araraquara-sp.htm

.

6 de fevereiro de 2017

Reflexão sobre a corrupção nº 22

A história da corrupção no Brasil

Resultado de imagem para corrupção no brasil

A corrupção, como tem sido retratada nas 21 edições do quadro “Reflexão sobre a corrupção” de GaiaNet, não é uma questão somente atual e brasileira. A corruptibilidade e a corrupção são fenômenos humanos e históricos, com um passado, um presente e, infelizmente, um futuro.

Neste mesmo sentido natural, cultural e histórico da corrupção humana apresentado pelo editor de GaiaNet, a televisão Globo News, canais 40 e 540 da Net, apresentará quarta feira, dia 8 de fevereiro, às 23 horas, o programa “A história da corrupção no Brasil”.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet e de f/gaianet.com

.

4 de fevereiro de 2017

Mensagem ao Donald Trump nº 4

O senhor e o relógio do fim do mundo

Resultado de imagem para trump

Em seus 70 anos de existência, o horário mais próximo da meia noite a que o “relógio do fim do mundo” já chegou foi o marco de dois minutos.

O relógio, criado no início da guerra fria por cientistas nos Estados Unidos, tinha a pretensão de servir de “medidor” da segurança do planeta diante da possibilidade de um conflito nuclear. Quanto mais próximos os ponteiros da meia noite, horário simbólico da catástrofe mundial, mais perto do fim a humanidade estaria.

A marcação mais próxima da hora zero ocorreu em 1953, quando os americanos, em corrida armamentista com a União Soviética, desenvolveram a bomba de hidrogênio.

Na semana passada, o relógio atingiu seu segundo marco mais próximo da “catástrofe”: o mundo, em 2017, está a dois minutos e 30 segundos da meia-noite.

Teresa Perosa, É tão ruim quanto parecia, Época, nº 971, 30 de janeiro de 2017,  página 41

Rui Iwersen, editor

.

31 de janeiro de 2017

Reedições de GaiaNet

Toque ecológico nº 5

Não dê perfumes, sabonetes, flores e outros “presentes” para o mar

Hábito religioso de algumas dezenas de africanos há alguns séculos e de milhões de pessoas em milhares de praias do planeta hoje em dia.

Os perfumes e os sabonetes são produtos químicos que poluem o mar e podem envenenar alguns seres marinhos.

Os vidros dos perfumes, quebrados, são perigosos para as pessoas e para alguns seres marinhos rastejantes como as arraias e os polvos, por exemplo.

As embalagens plásticas de perfumes e as flores artificiais aumentam a enorme quantidade de plástico no mar.

As flores naturais, que precisam ser matadas para virarem presentes, podem ser tóxicas para alguns seres marinhos quando comidas ou quando apodrecem e poluem o mar.

Agradar o mar (ou Iemanjá) é limpá-lo e mantê-lo limpo, despoluído, belo e saudável.

Rui Iwersen

Matéria editada originalmente em GaiaNet em 30 de dezembro de 2015

.

16 de janeiro de 2017

Em defesa da ciência nº 16

Anvisa aprova registro do primeiro medicamento à base de maconha no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o registro do primeiro remédio à base de maconha (Cannabis sativa) no Brasil. Trata-se do Mevatyl, indicado para o tratamento de espasticidade –rigidez excessiva dos músculos– relacionada à esclerose múltipla.

O medicamento contém dois dos princípios ativos da planta usados medicinalmente, o tetraidrocanabinol (THC), em concentração de 27 mg/mL, e canabidiol (CBD), em concentração de 25 mg/mL, e será vendido apenas a maiores de 18 anos, em solução oral (spray). A aprovação foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (16). (…)

Fonte: UOL Notícias – https://noticias.bol.uol.com.br

.

26 de dezembro de 2016

Reedições de GaiaNet

Toque ecológico nº 4

Não use fogos de artifício

(…) Esses materiais [os fogos de artifício] acabam poluindo nosso meio ambiente, prejudicando e ferindo pessoas, perturbando e causando transtornos aos autistas e pessoas especiais, bem como idosos, crianças, cardíacos, convalescentes, matando pássaros e outros animais e fazendo com que muitos animais domésticos fujam de seus lares pelo desespero que os barulhos causam. (…)
.
Os idosos e os bebes também sofrem com os barulhos! Sem falar no transtorno psicológico, para aqueles que tem alguma espécie de trauma ligado a bombas, etc. (…)
.
Fonte: Google – “Abaixo-Assinado para protestar contra o uso de Fogos de Artifícios de qualquer natureza” para o Congresso Nacional
.
A admiração e o hábito humanos dos fogos de artifício poderiam, futuramente, ser substituídos por belas e coloridas figuras de raios lazer, por exemplo, ou por outras técnicas menos poluentes e agressivas ao meio ambiente.
.
Matéria editada originalmente em GaiaNet no dia 21 de dezembro de 2015
.
Rui Iwersen, editor

.

23 de dezembro de 2016

Reedições de GaiaNet

Um conto natalino

Uma boa ceia de natal, como diz a tradição, é o momento de reunir a família e os amigos para preparar pratos deliciosos, beber sem preocupação com o dia seguinte, e conversar sobre o ano que passou, conquistas profissionais e eventuais fofocas cotidianas.

A abundância de comida sobre a mesa da sala, no entanto, também conta com uma narrativa que diz muito sobre nosso atual modelo de desenvolvimento. Nesse caso, infelizmente, a história não nos leva a um final feliz.

Não é história de Papai Noel o que os pratos da ceia têm a dizer sobre o nosso planeta. O atual padrão de consumo é insustentável e coloca o futuro da humanidade em risco. A indústria de alimentos esgota os recursos naturais, polui e desperdiça um terço da produção.

Entenda como mudar a sua dieta (e suas ceias de natal e reveillon) pode salvar o mundo.

Gula – destruindo o planeta pelo estômago, Galileu – galileu.globo.com, dezembro de 2015, informações da capa e da página 41

Matéria editada originalmente em GaiaNet em 25 de dezembro de 2015

Rui Iwersen

.

13 de dezembro de 2016

15 lugares onde é melhor você não passar a lua de mel

Phnom Pem, Camboja – O cenário dos arredores do belíssimo Palácio Real é assustador: pessoas mutiladas por minas terrestres pedindo esmolas, trânsito impossível e muita sujeira. O país inteiro apresenta um cenário de muita pobreza e violência. Os monumentos são bonitos, mas vale a pena repensar para outra ocasião.

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bkrKB2

.

07 de dezembro de 2016 

Reflexão sobre o racismo nº 4

Sentindo-se ameaçados por Trump, muçulmanos e judeus dos EUA se dão as mãos

Mulheres se abraçam durante encontro da Irmandade de Salaam Shalom, em Madison, EUA

A vitória eleitoral de Donald Trump provocou uma enxurrada de islamofobia e antissemitismo, mas também levou a uma nova aliança surpreendente. Os muçulmanos e judeus americanos estão se unindo, mobilizados por uma onda de crimes de ódio contra ambos os grupos e pelas ameaças de Trump de proibir a entrada de muçulmanos no país, assim como registrar aqueles que vivem aqui.

Por ora, eles estão deixando de lado suas divisões a respeito de Israel para juntar forças para resistir ao que quer que venha a seguir. Novos grupos estão sendo formados e coalizões inter-religiosas que já existiam dizem que o interesse está crescendo. Os grupos estão visando não apenas o clero, mas também leigos, incluindo empresários, estudantes e mulheres. (…)

Até a eleição de Trump, Firdaus, que tem 56 anos e é uma gerente de manufatura da Exxon Mobil, sentia-se segura vivendo como muçulmana nos Estados Unidos. (…)

Leia mais em http://noticias.bol.uol.com.br/

.

12 de novembro de 2016

Zika pode aumentar casos de autismo e esquizofrenia, diz epidemiologista

The New York Times

Após estudar por mais de quinze anos o autismo na Noruega, Ian Lipkin, diretor do Centro de Infecção e Imunidade da Universidade de Columbia, nos EUA, percebeu que casos de infecções em grávidas, com episódios de febre, aumentavam o risco de os filhos desenvolverem autismo, epilepsia, esquizofrenia e TDAH (déficit de atenção).

A partir desses dados e diante de uma epidemia do vírus da zika, que se espalha pela América Latina e já chegou aos Estados Unidos, o professor faz um alerta: “Nós realmente nos preocupamos que daqui a 15 anos se veja um aumento nos casos de distúrbios mentais”.

O vírus da zika é transmitido principalmente pelo mosquito Aedes aegypti, mas também já se confirmou a transmissão sexual. (…)

.

04 de novembro de 2016

Estado laico nº 8

Juízes, bandeira, brasão e crucifixo no STF

Nelson Jr._SCO_STF (18_05_2016)_AP_316879.jpg

Sede nacional do Supremo Tribunal Federal (STF), o órgão máximo para o cumprimento da Constituição Federal, que diz que o Brasil é um Estado laico, isto é, sem religião oficial e sem símbolos religiosos nos espaços públicos.

Rui Iwersen, editor

.

14 de outubro de 2016

A inteligência no reino animal

Quociente de encefalização é a medida que estima a inteligência de um animal a partir do tamanho do cérebro. Os golfinhos têm QE de até 5,0. Os humanos passam de 7,0, e os chimpanzés têm QE cerca de 3,0.

Fonte: BOL Fotos

.

Treze de setembro de 2016

Alerta à humanidade nº 36

O medo nas sociedades contemporâneas

Resultado de imagem para violencia urbana

Pesquisa realizada em 21 países mostra que o brasileiro é o mais preocupado com segurança. Enquanto 32% dos entrevistados mundo afora têm essa angustia, o número sobe para 64% no Brasil.

Na sequência aparecem Turquia, (54%), México (48%), Argentina (43%) e Rússia (42%). Há, porém diferenças. Os turcos temem ataques terroristas. Na América Latina e na Rússia, o medo está associado à criminalidade.

Fonte: ÉPOCA, nº 951, 5 de setembro de 2016, Expresso, página 25

Rui Iwersen

.

Sete de setembro de 2016

Alerta à humanidade nº 35

Perigo nas grandes cidades

Pesquisa indica que poluição pode danificar cérebro e contribuir para Alzheimer

Representação da quebra de conexão entre células cerebrais como acontece em pacientes com Alzheimer

É sabido que ambientes poluídos provocam dificuldades respiratórias, problemas cardíacos e até morte prematura. Agora, um novo estudo traz mais um motivo de alerta: partículas de compostos de ferro oriundas da poluição do trânsito podem chegar ao cérebro.

Amostras do cérebro de corpos de pessoas que viveram e morreram na Cidade do México – que é um dos lugares mais poluídos do mundo e onde uma grande nuvem cinzenta paira no ar – foram analisados em um laboratório da Universidade de Lancaster, na Inglaterra.

(…) “Identificamos milhões de partículas de poluição no cérebro. Num grama de cérebro humano, haverá milhares de partículas. É um milhão de oportunidades para essas partículas provocarem danos nas células do cérebro”, explica a professora Barbara Maher, da Universidade de Lancaster.

Magnetita pode ocorrer naturalmente no cérebro em pequenas quantidades, mas as partículas formadas ali têm um formato irregular distinto.

(…) “É uma descoberta. É toda uma nova área para ser investigada e entendida – se essas partículas de magnetita estão causando ou acelerando doenças neurodegenerativas.”

(…) Uma forte suspeita ainda não comprovada empiricamente é que essas partículas são capazes de quebrar conexões entre as células cerebrais, exatamente como acontece com doenças como o Alzheimer. (…)

Leia mais em BOL Notícias – www.bol.uol.com.br

.

05 de agosto de 2016

Em defesa da ciência nº 14

Como nas guerras antigas, jogadores modernos rezam antes de jogar

Os jogadores da Seleção Olímpica do Brasil, um Estado laico, se benzeram, se ajoelharam, rezaram e, “graças a Deus” conseguiram empatar com a Seleção Olímpica da África do Sul, que jogou o 2º tempo com 10 jogadores.

Rui Iwersen

.

21 de julho de 2016

Reedições de GaiaNet

Pensando no absurdo terror em Paris, Bruxelas, Londres, Iraque, Afeganistão, Síria, Turquia, Orlando, Nice e et cétera, reedito hoje o quadro Freud Explica número 24, de 4 de junho de 2015, em que Freud escreve a Einstein e à Liga das Nações sobre a guerra.

Freud Explica nº 24

A Guerra nº 4

A pedido de Einstein e da Liga das Nações (a atual ONU), Freud explica a guerra

Prezado Professor Einstein

(…) As modificações psíquicas que acompanham o processo de civilização são notórias e inequívocas. Consistem num progressivo deslocamento dos fins instintuais e numa limitação imposta aos impulsos instintuais. (…)

Dentre as características psicológicas da civilização, duas aparecem como as mais importantes: o fortalecimento do intelecto, que está começando a governar a vida instintual, e a internalização dos impulsos agressivos com todas as suas consequências e perigos. Ora, a guerra se constitui na mais óbvia oposição à atividade psíquica que nos foi incutida pelo processo de civilização.

Mas uma coisa podemos dizer: tudo o que estimula o crescimento da civilização trabalha simultaneamente contra a guerra.

Cordialmente,

Sigmund Freud

Einstein e Freud, Por que a Guerra?, 1932-1933; Edição Standard Brasileira das Obras de Freud, Imago Editora, Rio de Janeiro, 1974, páginas 258 e 259

Para refletirmos e entendermos as guerras humanas, entre as quais as religiosas, editarei nos próximos dias mais contribuições de Freud sobre este triste tema.

Rui Martins Iwersen

.

14 de julho de 2016

227º aniversário da Revolução Francesa

Estado laico nº 7

Estado laico francês

A lei francesa veta qualquer direito específico de uma comunidade religiosa, e as organizações religiosas devem abster-se de intervir na elaboração de políticas.

Reprodução/Wikipedia

Fonte: BOL fotos

.

05 de julho de 2016

A cultura do estupro nº 4

918 mulheres. Esse foi o número  de vítimas de violência sexual que entrou em contato com a redação para compartilhar suas doloridas histórias e nos ajudar a mostrar que o estupro, infelizmente, se tornou uma epidemia no Brasil.

São mulheres de todas as classes sociais e idades, anônimas ou famosas, que – assim como a adolescente carioca que foi abusada por 33 homens ao sair de um baile funk – foram duplamente vítimas da pior forma de machismo que existe. Sofreram estupro físico e moral. O primeiro, na hora do ato sexual não consentido. E o segundo quando, ao contarem suas histórias para parentes, policiais ou amigos, tiveram de ouvir (e ler) comentários como: “Quem mandou ir a baile funk?”; “Fica se insinuando e depois quer se safar” e até “Se foi o marido que forçou a barra, não é estupro”.

É estupro, sim.

Marina Caruso, diretora de redação da revista Marie Claire, julho de 2016, página 13

Rui Iwersen

.
01 de julho de 2016

Reflexão sobre o racismo nº 3

O histórico racismo no Brasil

O racismo no Brasil tem sido um grande problema desde a era colonial e escravocrata imposta pelos colonizadores portugueses. Uma pesquisa publicada em 2011 indica que 63,7% dos brasileiros consideram que a raça interfere na qualidade de vida dos cidadãos. Para a maioria dos 15 mil entrevistados, a diferença entre a vida dos brancos e de não brancos é evidente no trabalho (71%), em questões relacionadas à justiça e à polícia (68,3%) e em relações sociais (65%). (…)

O resultado da pesquisa, elaborada em 2008, demonstra que, apesar de compor metade da população brasileira, os negros elegeram pouco mais do que 8% dos 513 representantes escolhidos na última eleição. Além disso, o salário de um homem branco no Brasil é, em média, 46% superior em relação ao de um homem negro, o que também pode ser explicado pela diferença de educação entre esses dois grupos.[2] Além disso, de acordo com um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o percentual de negros assassinados no país é 132% maior que o de brancos.[3]

Daqueles que ganham menos de um salário mínimo, 63% são negros e 34% são brancos. Dos brasileiros mais ricos, 11% são negros e 85% são brancos. Em uma pesquisa realizada em 2000, 93% dos entrevistados reconheceram que existe preconceito racial no Brasil, mas 87% dos entrevistados afirmaram que mesmo assim nunca sentiram tal discriminação. (…)

Et cetera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

Rui Iwersen

.
28 de junho de 2016

A cultura do estupro nº 3

O estupro no mundo

  • O Brasil é o 9º colocado no ranking mundial, com 25 estupros notificados para cada 100 mil habitantes em 2013.
  • No mundo, 76% das mulheres são alvo de violência física e sexual durante a vida
  • 50% das agressões sexuais são cometidas com meninas abaixo dos 16 anos
  • 30% das mulheres tiveram a primeira experiência sexual forçadas.

O estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos no Rio de Janeiro, ÉPOCA, nº 937, 30 de maio de 2016, página 62

Rui Iwersen

.

24 de junho de 2016

Religiosidade medieval nº 18

Com 30 metros, maior fogueira de festa junina de SC será acesa no sábado

 

Desta sexta-feira (24) até domingo (26), São João do Itaperiú, no Norte catarinense, promove uma festa junina com direito a uma fogueira de 30 metros de altura, a maior do estado. A programação inclui bailes, show pirotécnico, missas e muita música.

A comemoração, que acontece no Centro de Eventos da cidade, completa 101 anos em 2016. Nesta edição, a organização espera receber 40 mil pessoas nos três dias de festa.

O evento está marcado para começar às 19h30 com uma missa na Igreja Matriz São João Batista. Às 201h30, a animação começa com o grupo Som Baleiro. Mais tarde, o baile fica por conta das bandas San Francisco e Elyte.

No sábado, a fogueira de 30 metros de altura será acesa. A cerimônia está marcada para às 22h30, com direito a show pirotécnico. (…)

Fonte: http://g1.globo.com/

.
22 de junho de 2016

Reflexão sobre a corrupção nº 22

Foro privilegiado e impunidade de corruptos

Em dois anos e três meses, a Operação Lava Jato impôs 105 condenações (que, somadas, ultrapassam 1.000 anos de pena) a mais de 50 acusados, entre doleiros, empreiteiros, ex-diretores da Petrobras e políticos sem mandato. (…)

Uma outra Lava Jato, porém, tem números mais modestos. Nela, 38 suspeitos foram denunciados e nenhum ainda foi condenado. É a Lava Jato que investiga ministros, senadores e deputados. (…)

Por tardar em seus julgamentos, o órgão máximo da Justiça brasileira torna-se uma Casa de injustiça. Desde 2001, 59 casos no STF prescreveram. Por causa da Lava Jato, o acúmulo de processos tende a aumentar. Cerca de um terço da Câmara dos Deputados está sob investigação.

Et cetera.

Marcelo Moura, Devemos acabar com o foro privilegiado?, ÉPOCA, nº 939, 13 de junho de 2016, página 51

Rui Iwersen

.
20 de junho de 2016

Dia Mundial dos Refugiados

Deslocamento forçado atinge recorde global e afeta 65,3 milhões de pessoa 

Novo levantamento da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) aponta que uma a cada 113 pessoas no mundo é hoje solicitante de refúgio, deslocado interno ou refugiado. Ao final de 2015, pela primeira vez, número de indivíduos forçadamente deslocados ultrapassou os 60 milhões. Atualmente, a cada um minuto, 24 pessoas são deslocadas. Síria, Afeganistão e Somália são os três maiores focos de origem de refugiados.

Refugiados e migrantes atravessam a fronteira entre a Sérvia e a Hungria. Foto: Hollandse Hoogte/Warren Richardson (via ACNUR)

Lançando nesta segunda-feira (20) pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), o relatório “Tendências Globais” – que registra o deslocamento forçado ao redor do mundo com base em dados dos governos, de agências parceiras e da própria agência da ONU – aponta um total de 65,3 milhões de pessoas deslocadas por guerras e conflitos até o final de 2015.

O número representa um aumento de quase 10% se comparado com o total de 59,5 milhões de pessoas deslocadas registradas em 2014. Esta é a primeira vez em que os números de deslocamento forçado ultrapassaram o marco de 60 milhões de pessoas. (…)

Fonte: Agência das Nações Unidas para Refugiados – ACNUR –  http://www.acnur.org/

.
18 de junho de 2016

Toque ecológico nº 7

Não faça fogueira nas festas juninas

Fogueira é queima de árvore, de arbusto, de planta, de vida.

O uso de madeira em fogueiras festivas requer corte e destruição de árvores e arbustos.

O corte de árvores e arbustos para fogueiras contribui para o desmatamento e para a destruição da biodiversidade vegetal e animal do Planeta.

A queima de madeira nas fogueiras das festas juninas produz poluição e contribui para o aquecimento global e para as mudanças climáticas e ambientais

A região nordeste do Brasil, onde a tradição de fazer festas religiosas com fogueiras nos meses de junho é mais forte, é uma região em franco processo de desertificação.

Fogueira e fogos de artifício podem ser substituídos por recursos artificiais, não poluentes e não produtores de aquecimento global e desmatamento.

Pode haver festa junina sem fogueiras e balões. Há quem pense diferente, mas ao menos busca alternativa. Entre sites que informam sobre fogueiras e discutem alternativas, diz o portal tudoaqui – www.portaltudoaqui.com.br : “Não dá para pensar em uma festa junina sem bandeirinhas, balõezinhos pendurados e fogueira, mesmo que esta seja artificial”.

As fogueiras são perigosas para os participantes das festas juninas, especialmente as crianças e os adultos que, quando embriagados pelos tradicionais ‘quentões’, costumam ‘pular a fogueira’.

Et cetera.

Rui Iwersen

.
17 de junho de 2016

Religiosidade medieval nº 18

Festas juninas, festas dos santos populares

Festas juninas, festas dos santos populares ou celebração do meio do verão (em inglês: Midsummer) são o período centrado no solstício de verão (no hemisfério norte) e de inverno (no hemisfério sul) e, mais especificamente, nas celebrações do Norte da Europa que ocorrem entre 19 de junho e 25 de junho. As datas exatas variam entre as diferentes culturas.

A Igreja Cristã, no entanto, designa 24 de junho como o dia de festa em homenagem ao mártir cristão São João Batista e celebra a Véspera de São João e o Nascimento de João Batista.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

Rui Iwersen

.

16 de junho de 2016

Reflexão sobre a corrupção nº 21

A histórica corrupção no Brasil

Papéis do Serviço Nacional de Informações [SNI] obtidos por ÉPOCA narram intimidade entre empreiteiras investigadas na Lava Jato e políticos desde a década de 1980.

O informe 68/83 do SNI diz que o deputado Wolney Siqueira, do então PDS, recebeu “ajuda” de 500 milhões de cruzeiros para custeio de sua campanha em 1982 da Odebrecht, que tocava obras da Hidrelétrica do Rio Corumbá. Wolney, na época, era secretário de Minas e Energia do estado de goiás. O SNI afirma que o então secretário cometeu atos de corrupção à frente da Pasta.

Conforme os documentos, era comum em períodos eleitorais que equipes das agências regionais do SNI fossem deslocadas para espionagem de políticos e monitoramento das eleições. (…) Os documentos do SNI apontam irregularidades em projetos da Odebrecht por todo o país.

A Odebrecht, o poder e a história, ÉPOCA, nº 929, 4 de abril de 2016, páginas 60, 62 e 63

Rui Iwersen

.

14 de junho de 2016

Religiosidade medieval nº 17

As cruzadas e as guerras religiosas passadas e atuais

Cruzada. No mundo pós 11 de setembro, a simples menção dessa palavra causa polêmica. Após o ataque às torres gêmeas, o presidente George W. Bush teve de pedir desculpas por usar o termo “cruzada”para nomear sua guerra contra o terrorismo.

Osama bin Laden aproveitou a gafe. Em seu pronunciamento, o terrorista classificou a guerra no Afeganistão de “cruzada religiosa contra os muçulmanos”.

A palavra ressuscitava dos livros de história.

Rodrigo Cavalcante, Toda a verdade sobre as Cruzadas, Super Interessante, edição 213, maio 2005; página 53

Rui Iwersen

.

13 de junho de 2016

Seleção brasileira, sob a orientação do “técnico Dunga”, eliminada da Copa América do Centenário na fase de grupos, após um empate, uma derrota e uma  vitória sobre o Haiti.

Reedições de GaiaNet

Futebol Arte para o ‘Novo’ Técnico da Seleção

“Futebol arte! O que é futebol arte? Um zagueiro desarmar um atacante também é futebol arte.” (Dunga; CBF; Posse do novo técnico da Seleção Brasileira de Futebol)

Matéria editada originalmente em 25 de julho de de 2014

Rui Iwersen

 .

12 de junho de 2016

Massacre em boate gay de Orlando – EUA, provavelmente realizado por um jovem americano filho de pais afegãos

Reedições de GaiaNet

Religiosidade Medieval nº 14

Há quase mil anos, o Ocidente trombou com o Oriente. O mundo cristão invadiu o mundo muçulmano e deu origem a 200 anos de guerra.

O papa Urbano II deu origem a essa história toda. Foi ele que, num dramático comício realizado em Clermont, na França, conclamou os cristãos a invadirem e reconquistarem a Terra Santa.

Antes da invasão cristã, Jerusalém era uma cidade tranquila, onde muçulmanos conviviam em paz com judeus e cristãos, desde que estes não ofendessem Alá e respeitassem o Alcorão.

Em julho de 1099, Jerusalém virou um inferno para os muçulmanos. Crianças assassinadas, mulheres violentadas, pilhas de cadáveres e um mar de sangue cobrindo as ruas.

A reação islâmica tem um grande herói: Saladino, o líder que unificou muçulmanos. Para derrotar os cruzados, ele pregava união de todos os muçulmanos em torno da Jihad, a guerra santa do Islã.

Rodrigo Cavalcante, Toda a verdade sobre as Cruzadas, Super Interessante, edição 213, maio 2005; páginas 52, 55, 57 e 59

Matéria editada em GaiaNet em 25 de novembro de 2015

Rui Iwersen

.

06 de junho de 2016

A cultura do estupro nº 2

A luta delas, a luta dos homens, a luta da sociedade

29 de maio de 2016 – Brasilia

Manifestantes caminham até o STF (Supremo Tribunal Federal), em Brasília, durante protesto contra o estupro coletivo de uma jovem de 16 anos no Rio de Janeiro.

Ueslei Marcelino/Reuters

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bxtng3

.

03 de junho de 2016

A cultura do estupro nº 1

Estupro coletivo de uma jovem de 16 anos no Rio de Janeiro, divulgado nas redes sociais, expõe a realidade socio cultural brasileira

A cada 11 minutos, uma mulher é violentada no Brasil.

Em 70% dos casos as vítimas são crianças e adolescentes, de acordo com  o estudo do Instituto de Pesquisa Econômica aplicada (Ipea). Como no caso da garota, cerca de 15% dos estupros são cometidos por dois ou mais algoses.

Um raio x dos estupros no Brasil

Quem são as vitimas…

-88% das vitimas de estupro são mulheres

-70% são crianças e adolescentes

-46% não tem o ensino fundamental completo

…e os agressores

-24% dos agressores das crianças são o próprio pai ou padastro

-32% dos casos são amigos ou conhecidos das vítimas

-15% dos estupros são cometidos por dois ou mais agressores

O estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos no Rio de Janeiro, ÉPOCA, nº 937, 30 de maio de 2016, páginas 59, 60, 61 e 62

Rui Iwersen

.

23 de maio de 2016

Reflexões sobre a corrupção nº 20

As bases sócio culturais da corrupção brasileira

Certa vez, num debate, um empresário levantou a mão e me fez uma pergunta óbvia: “O senhor não acha que a gente deveria começar essa formação ética nas escolas, com as crianças?”. Eu disse: sem dúvida, mas tem uma providência prévia: parem de corromper.

Não existe corrupção sem corruptor. Como a corrupção é feita com dinheiro e o dinheiro vem do setor empresarial, basta vocês pararem de corromper e a gente pode dar conta nas escolas, nas próximas duas gerações.

Mario Sérgio Cortella, Época Negócios, nº 110, abril de 2016, página 90

Rui Iwersen

.

20 de maio de 2016

O sangue derramado dos jovens brasileiros

O sangue derramado em solo brasileiro tem cor. É negro. Entre 2004 e 20014, enquanto a taxa de homicídios entre não negros caiu quase 15%, a taxa entre os negros (pretos e pardos) cresceu 18%.

… ser homem, jovem, negro e nordestino no Brasil é ser alvo permanente. Quanto menos se estuda, mais se é vítima: quem tem 21 anos e estudou menos do que oito tem 5.4 mais chances de ser assassinado.

As mulheres são minoria, mas são extremamente vulneráveis: em 2014, 13 mulheres foram assassinadas por dia.

A epidemia do descaso, ÉPOCA, nº 928, 28 de março de 2016, páginas 48 e 49

Rui Iwersen

.

19 de maio de 2016

O Homem e a Natureza nº 13

“Tainha foi feita pra dar. E dar em abundância”.

Cacau Menezes, repórter declaradamente católico, RBS TV, Jornal do Almoço, 19 de  maio de 2016

.

15 de maio de 2016

O assassinato despercebido dos jovens brasileiros

Naqueles nove minutos que dedicamos para um banho mais demorado, uma pessoa é assassinada. Na hora que gastamos dentro do carro, no trânsito, sete pessoas são mortas violentamente. (…) Cento e sessenta e oito homicídios acontecem nas 24 horas que apartam um café da manhã de outro. Mais de 5 mil em um mês.

Em um único ano, o de 2014, foram 59.627 homicídios no Brasil – mais de 31 mil eram jovens. Mas somos incapazes de oferecer nove minutos de nossas vidas para lamentar, ou sequer notar, nossa juventude perdida. (…)

Por que seguimos adormecidos para a imensa tragédia de sermos o país que mais mata no mundo em termos absolutos? Por que não nos comove ter, na pátria amada e tão gentil, 10% dos homicídios do planeta?

A epidemia do descaso, ÉPOCA, nº 928, 28 de março de 2016, páginas 48 e 49

Rui Iwersen 

.

17 de abril de 2016

Estado laico nº 6

Câmara dos Deputados (com crucifixo) e deputados (com discursos religiosos)

.

“Sob a proteção de Deus iniciamos esta seção.”
Eduardo Cunha, presidente da seção que julga o impeachment da Presidente da República
.
“Bem aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor.”
“Que Deus nos abençoe e nos ilumine para construirmos um Brasil melhor.”
Deputado Agnaldo Ribeiro, líder do PP
.
“Quiz Deus que essa seção se desse no mês do aniversário de Brasilia.”
“Peço a Deus e sua infinita bondade que nos abençoe.”
“Que Deus nos ilumine.”
Deputado Rogério Rosso. líder do PSD
.
“Que Deus possa nos iluminar.”
Deputado Fernando C. Filho, líder do PSB
.
“Quero agradecer primeiramente a Deus por estar nessa casa defendendo os brasileiros.”
Deputado Marcio Marinho, líder do PRB
.
“Que Deus tenha misericórdia desta nação. Eu voto sim.”
Deputado Eduardo Cunha

.

15 de abril de 2016

Reflexões sobre a corrupção nº 19

A relação promíscua entre a Odebrecht e os políticos

O carinho da Odebrecht com políticos é confirmado pela secretária Maria Lúcia Tavares.

Malfeitos foram  apontados pelo Serviço Nacional de Informações (SNI) em obras e projetos da empreiteira em todo o país.

A Lava Jato simplesmente fez um PET scan na empresa e encontrou as estruturas corruptas. Os documentos do SNI escavam mais profundamente  no tempo e sugerem uma verdadeira arqueologia da corrupção entranhada no Estado brasileiro em diferentes períodos.

A Odebrecht, o poder e a história, ÉPOCA, nº 929, 4 de abril de 2016, páginas 61, 62 e 63

Nota do editor: Veremos se a operação Lava Jato continuará, se aprofundará as investigações, e se punirá os corruptos caso aconteça o empeachment da Presidente da República. Há controvérsias…

.

12 de abril de 2016

Reflexões sobre a corrupção nº 18

A relação promíscua entre a Odebrecht e os políticos

As superplanilhas localizadas pela Lava Jato durante as buscas na casa do executivo da Obebrecht Benedicto Barbosa, listam repasses da Odebrecht para mais de 200 políticos de 24 partidos políticos.

Agora mais sofisticada na forma de documentação, a Polícia Federal tem registros desde 1988 e sempre seguindo o mesmo modelo: codinome, obra e percentuais dos valores do projeto. (…)

A Odebrecht, o poder e a história, ÉPOCA, nº 929, 4 de abril de 2016, página 62

.

10 de abril de 2016

Reflexões sobre a corrupção nº 17

A relação promíscua entre a Odebrecht e os políticos desde os militares

Usina de Angra dos Reis. A obra foi objeto de uma CPI

Papéis do Serviço Nacional de Informações [SNI] obtidos por ÉPOCA narram intimidade entre empreiteiras investigadas na Lava Jato e políticos desde a década de 1980.

Documentos inéditos, guardados no Arquivo Nacional em Brasília e obtidos por ÉPOCA, revelam o modus operandi da maior empreiteira brasileira, que desde a década de 1980 compra apoio de políticos, alicia servidores públicos, presta favores e oferece benesses em troca de contratos públicos.

A Odebrecht, o poder e a história, ÉPOCA, nº 929, 4 de abril de 2016, páginas 60 e 61

.

1º de abril de 2016

Estado laico nº 5

Conselho Federal de Medicina, Brasilia – DF, órgão constitucionalmente constituído e representativo de uma categoria profissional com associados cristãos, mas, certamente, com associados de outras religiões e credos e, especialmente, associados ateus, num Estado constitucionalmente laico.

.

24 de março de 2016

Reedições de GaiaNet

Religiosidade medieval nº 09

Cerca de 20 mil fiéis participam da Procissão do Fogaréu em Goiás

.
Cerca de 20 mil fiéis acompanharam nesta madrugada a Procissão do Fogaréu pelas ruas da cidade de Goiás, a 142 quilômetros de Goiânia. Considerado um dos principais eventos religiosos do estado, o espetáculo revive a paixão e morte de Jesus Cristo. A tradição é realizada há 270 anos no município. (…)
Fonte: G1
..
obs: a procissão do fogaréu, com centenas de tochas acesas durante horas, é realizada também em outras cidades de outros estados do brasil, isto é, do Brasil.
.
 Matéria editada originalmente em GaiaNet em 02 de abril de 2015

.

30 de janeiro de 2016

Reedições de GaiaNet

Toque ecológico nº 5

Não dê perfumes, sabonetes, flores e outros “presentes” para o mar ou para Iemanjá

Hábito religioso de algumas dezenas de africanos há alguns séculos e de milhões de pessoas em milhares de praias do planeta hoje em dia.

Os perfumes e os sabonetes são produtos químicos que poluem o mar e podem envenenar alguns seres marinhos.

Os vidros dos perfumes, quebrados, são perigosos para as pessoas e para alguns seres marinhos rastejantes, como as arraias e os polvos, por exemplo.

As embalagens plásticas de perfumes e as flores artificiais aumentam a enorme quantidade de plástico no mar.

As flores naturais, que precisam ser matadas, podem ser tóxicas para alguns seres marinhos quando comidas ou quando apodrecem e poluem o mar.

Agradar o mar (ou Iemanjá) é limpá-lo e mantê-lo limpo, despoluído, belo e saudável.

Rui Iwersen

Matéria editada em GaiaNet em 30 de dezembro de 2015

.

28 de janeiro de 2016

Reflexões sobre a corrupção nº 16

A corrupção no Brasil

Existe corrupção no mundo inteiro. Desvios, crises, irresponsabilidade e pouca vergonha de políticos não são prerrogativas brasileiras. Mas há coisas que só acontecem aqui – ou em países muito subdesenvolvidos. (…)

Só no Brasil uma quadrilha tira proveito de uma tragédia, como o crime ambiental de Mariana, em Minas Gerais, para furtar uma retroescavadeira e três escavadeiras hidráulicas no valor de R$ 2 milhões. Só no Brasil maquinas imensas como essas somem no ar.

Só no Brasil “voluntários” tentam sacar com cheques falsos da conta da prefeitura, doações às vítimas da calamidade.

Época, nº 918, 18 de janeiro de 2016, Ruth de Aquino, Só no Brasil, página 82

Rui Iwersen

.

24 de janeiro de 2016

Alerta à humanidade nº 37

Consequências vitais das mudanças climáticas globais

.

.

23 de janeiro de 2016

Morar perto de árvores reduz casos de depressão, diz estudo

.

Pesquisadores do Instituto de Medicina da Universidade de Exeter, no Reino Unido, desenvolveram um estudo que relaciona a arborização com a saúde mental. Segundo os especialistas, quanto mais árvores, menos quadros de depressão são identificados.

O estudo “Paisagem e Urbanismo” foi publicado na revista científica Science Direct. Os dados analisados pelos pesquisadores foram coletados em Londres, no período de 2009 a 2010. Entre as informações consideradas estão a quantidade de árvores nas proximidades das casas dos pacientes e as informações médicas acerca da saúde mental de cada um. Além disso, variáveis como as condições sociais, tabagismo e idade também entraram nas análises.

Para a pesquisa foram usadas apenas as informações sobre a quantidade de árvores na rua, na proximidade das residências. Os parques e outros espaços públicos de lazer não foram validados. A proposta era avaliar o impacto que a natureza em meio urbano pode ter sobre as pessoas. (…)

Leia mais: http://www.fasdapsicanalise.com.br/morar-perto-de-arvores-reduz-casos-de-depressao-diz-estudo/#ixzz3y1tqdqOh

.

22 de janeiro de 2016

Reflexões sobre a corrupção nº 15

A popularidade da corrupção

Finalmente aconteceu: a ladroagem na política – o desvio de dinheiro público ou, ainda, em  termos menos polidos, a roubalheira nacional – chegou ao topo da popularidade. Não se fala de outra coisa.

No final do ano passado, numa pesquisa do Instituto Datafolha, a corrupção apareceu em primeiro lugar na lista das maiores preocupações dos brasileiros, com nada menos que 34% das respostas. Em segundo lugar veio a saúde, com 16%, e, em terceiro, o desemprego, com 10%. Educação e segurança ficaram empatadas em quarto lugar, com 8%.

É um resultado consagrador – e inédito. Pela primeira vez, numa pesquisa que vem sendo feita no Brasil desde 1990, a gatunagem das autoridades sem decoro assume a liderança.

Revista Época, 11 de janeiro de 2016, nº 917, Eugênio Bucci, A corrupção como sintoma, página 22

Rui Iwersen

.

15 de janeiro de 2016

Reflexões sobre a corrupção nº 14

A corrupção durante a Ditadura Militar

File:Praia do Leme 3.jpg

Numa demonstração de afeto a [general] Golbery, seu padrinho de casamento, Raquel [de Queiroz] enviou a ele três livros com carinhosas dedicatórias: em 1975; 1976 e 1980.

Nesse intervalo, aproveitou para mandar também um bilhete ao chefe da Casa Civil com um pedido de ajuda a sua amiga Regine Feigl, que pretendia erguer um prédio de 24 andares na valorizada Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro.

O terreno, pertencente à construtora de Feigl, havia sido desapropriado pelo presidente JK em favor da Sociedade Pestalozzi, voltada para o tratamento de crianças com deficiência. Em 1976, um decreto federal desalojou a entidade.

Faltava apenas a liberação dos militares, uma vez que se tratava de uma área estratégica, vizinha do Forte do Leme. Em março do ano seguinte, o general escreveu a Rachel dizendo que trabalhava por sua demanda. Cinco meses depois sairia a autorização, e no ano seguinte era lançada a pedra fundamental do edifício Regine Feigl, imponente prédio que hoje destoa na orla do Leme.

Revista Época, 11 de janeiro de 2016, nº 917, Flagrantes da Ditadura, página 45

Rui Iwersen

.

04 de janeiro de 2016

Darwin tinha razão nº 13

Seleção Natural

Todos esses efeitos (…) decorrem de uma mesma causa: a luta pela vida. Graças a esta luta, as variações, por mais fracas que elas sejam e de qualquer causa que elas provenham, tendem a preservar os indivíduos de uma espécie e se transmitem ordinariamente à sua descendência, desde que elas sejam úteis a esses indivíduos em suas relações infinitamente complexas com os outros seres organizados e com a natureza exterior. Os descendentes terão, eles também, em virtude deste fato, uma chance maior de sobreviver. (…)

Eu dei a este princípio, em virtude do qual uma variação, por mais insignificante que ela seja, se conserva e se perpetua, se ela é útil, o nome de seleção natural, para indicar as relações desta seleção com aquela que o homem pode realizar.

Charles Darwin, L’Origine des Espèces, 1859; Editora Flammarion, Paris, 1992, páginas 110 e 111; tradução livre de Rui Iwersen

.

30 de dezembro de 2015

Toque ecológico nº 5

Não dê perfumes, sabonetes, flores e outros “presentes” para o mar

Os perfumes e os sabonetes são produtos químicos que poluem o mar e podem envenenar alguns seres marinhos.

Os vidros dos perfumes, quebrados, são perigosos para as pessoas e para alguns seres marinhos rastejantes como as arraias e os polvos, por exemplo.

As embalagens plásticas de perfumes e as flores artificiais aumentam a enorme quantidade de plástico no mar.

As flores naturais, que precisam ser matadas, podem ser tóxicas para alguns seres marinhos quando comidas ou quando apodrecem e poluem o mar.

Agradar o mar é limpá-lo e mantê-lo limpo, despoluído, belo e saudável.

Rui Iwersen

.

25 de dezembro de 2015

Um conto natalino

Uma boa ceia de natal, como diz a tradição, é o momento de reunir a família e os amigos para preparar pratos deliciosos, beber sem preocupação com o dia seguinte, e conversar sobre o ano que passou, conquistas profissionais e eventuais fofocas cotidianas.

A abundância de comida sobre a mesa da sala, no entanto, também conta com uma narrativa que diz muito sobre nosso atual modelo de desenvolvimento. Nesse caso, infelizmente, a história não nos leva a um final feliz.

Não é história de Papai Noel o que os pratos da ceia têm a dizer sobre o nosso planeta. O atual padrão de consumo é insustentável e coloca o futuro da humanidade em risco. A indústria de alimentos esgota os recursos naturais, polui e desperdiça um terço da produção.

Entenda como mudar a sua dieta (e suas ceias de natal e reveillon) pode salvar o mundo.

Gula – destruindo o planeta pelo estômago, Galileu – galileu.globo.com, dezembro de 2015, informações da capa e da página 41

Rui Iwersen

.

21 de dezembro de 2015

Toque ecológico nº 4

Não use fogos de artifício

(…) Esses materiais acabam poluindo nosso meio ambiente, prejudicando e ferindo pessoas, perturbando e causando transtornos aos autistas e pessoas especiais, bem como idosos, crianças, cardíacos, convalescentes, matando pássaros e outros animais e fazendo com que muitos animais domésticos fujam de seus lares pelo desespero que os barulhos causam. (…)
Os idosos e os bebes também sofrem com os barulhos! Sem falar no transtorno psicológico, para aqueles que tem alguma espécie de trauma ligado a bombas, etc.(…)
.
Fonte: Google – “Abaixo-Assinado para protestar contra o uso de Fogos de Artifícios de qualquer natureza” para o Congresso Nacional
.
A admiração e o hábito dos fogos de artifício poderiam, futuramente, ser substituídos por belas e coloridas figuras de raios lazer, por exemplo.
.
Rui Iwersen, editor

.

20 de dezembro de 2015

Alerta à humanidade nº 36

80% do Nordeste [brasileiro] sob ameaça de zika teve alerta de mosquito Aedes aegypti

Quase 80% dos municípios do Nordeste com casos notificados de microcefalia associados ao zika vírus já estavam em situação de alerta ou risco pela infestação do mosquito Aedes aegypti em janeiro e fevereiro, dois meses antes do pico de incidência das doenças transmitidas pelo inseto.

Com base em dados do Ministério da Saúde e das Secretarias de Saúde dos nove Estados nordestinos, que concentram 90% dos casos da má-formação, o jornal O Estado de S.Paulo analisou quantas dessas cidades já apresentavam, no início do ano, índices preocupantes de presença de larvas nos imóveis. (…)
O levantamento da reportagem mostra que, das 445 cidades nordestinas com casos de microcefalia (…), 248, ou 78,4%, estavam em situação de alerta ou de risco. Embora naquela época não houvesse relato da circulação do zika vírus em território brasileiro, o combate aos criadouros do mosquito serviria como prevenção. (…)
Leia mais em: http://zip.net/bwsyTB

.

18 de dezembro de 2015

Religiosidade nº 16

Ao longo da História, Deus escolheu certos humanos como amigos. Por exemplo, ele chamou Abraão de amigo. (Leia Isaías 41:8; Thiago 2:23)

Deus referiu-se a Davi como ‘um homem que agradava ao seu coração’, visto que ele era o tipo de pessoa que Jeová ama. (Atos 13:22) E Jeová considerava o profeta Daniel “muito precioso”. – Daniel 9:23.

Por que Jeová considerava Abraão, Davi e Daniel como amigos seus? Bem, ele disse a Abraão: “Você escutou a minha voz” (Gênesis 22:18) Portanto, Jeová se achega aos que fazem humildemente o que ele lhes pede.

“Obedeçam a minha voz”, disse ele aos israelitas, “e eu me tornarei o seu Deus, e vocês se tornarão o meu povo”. (Jeremias 7:23)

Se obedecer a Jeová, você também poderá tornar-se amigo dele!

O Que a Bíblia Realmente Ensina?, Editora Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados Cesário Lange, São Paulo, Edição de fevereiro de 2015, página 115 e 116

.

16 de dezembro de 2015

Alerta à humanidade nº 35

Brasil tem 4 registros de microcefalia por hora; férias podem ampliar surto do vírus zika

As notificações de casos suspeitos de microcefalia subiram de 1.761 para 2.401 no País em uma semana – chegando a quase quatro registros por hora.

Desse total, 134 tiveram confirmação para zika, em 102 essa relação foi descartada e outros 2.165 continuam sob investigação.
Os registros foram feitos em 549 municípios, em 19 Estados e no Distrito Federal. Seis Estados entraram pela primeira vez na lista: São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará e Rio Grande do Sul.
Além do aumento de casos, o governo já teme que as festas de fim de ano espalhem o surto de zika pelo País. (…)

Leia mais em: http://zip.net/bqsyW5

.

09 de dezembro de 2015

Dia Internacional Contra a Corrupção

6º dia de debates infrutíferos no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados para julgar o presidente Eduardo Cunha por corrupção

Reflexões sobre a corrupção humana nº 13

O morcego aproveitador

Os morcegos doam uma parte do sangue que conseguem na caçada para os companheiros que não tiveram a mesma sorte naquele dia. Mas não falta quem tente burlar essa lei. (…)

Mas os morcegos vampiros levam uma vantagem sobre o Homo sapiens: os caras tem um esquema eficiente para punir seus corruptos. “Eles não dão alimento para qualquer um. Os morcegos selecionam, ao longo do tempo, os parceiros mais confiáveis para fazer suas doações”, diz o biólogo Gerald Wilkinson, da Universidade de Maryland, que descobriu esse comportamento e estuda o assunto há 30 anos.

Isso significa que só recebe comida quem doa comida. Os trapaceiros, que nunca doam nada, jamais ganham a confiança de ninguém. Com a reputação manchada, então, tendem a morrer de fome.

Desse jeito, quem fica a um passo da extinção não é a sociedade dos morcegos, é o próprio comportamento corrupto. Fica a dica.

As Raízes da Corrupção – Bichos Corruptos, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, página 39

Rui Iwersen

.

08 de dezembro de 2015

Após 3 horas de debates da 4ª reunião, sem resultado, do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados para decidir sobre o julgamento por corrupção do deputado Eduardo Cunha, e de 1 hora de votação secreta e sem debate político, sob a coordenação de Eduardo Cunha, para escolher quem decidirá sobre o pedido de impeachment da Presidente da República…

Reedições de GaiaNet

O futuro do Brasil após as manifestações de março de 2015

.
Lembrando das várias ditaduras militares sul americanas de direita da 2ª metade do século XX, das manifestações populares de 2013 e das disputadas eleições de 2014 no Brasil, e pensando nas mudanças climáticas, na Venezuela, na Ucrânia, na Russia, no Oriente Médio, no Estado Islâmico, nos fundamentalistas religiosos islâmicos, judeus e cristãos, nas teorias de Freud sobre agressividade e destrutividade humanas e nas manifestações programadas para os dias 12, 13 e 15 de março de 2015 no Brasil, estou preocupado e temeroso pelo futuro do Brasil, dos brasileiros, da democracia, da paz e do meio ambiente.
.
Como em todos os problemas ecológicas que observo, torço para que eu esteja errado; mas, infelizmente, em geral não estou. Portanto, seria bom nos lembrarmos que, ao contrário do que pensa e diz a tradição religiosa, o futuro a nós pertence.
Tomara que o foco principal das manifestações de março de 2015 seja o combate à corrupção, e que consigamos construir juntos um futuro bom para tudo e para todos, que consigamos dar continuidade à nossa recente pacífica história. Tomara que Eros vença esta atual luta contra seu não menos imortal irmão Tânatos, como diria Freud.
Mas, se não for assim, dá para imaginar como será.
..
Rui Iwersen
Matéria editada em algumas páginas de GaiaNet em 12 de março de 2015

.

05 de dezembro de 2015

Aedes aegypti e microcefalia são as novas agonias do sertão arrasado pela seca

Maria Imaculada Guimarães, 15, está grávida pela primeira vez e, ao lado do marido, diz ter medo de ser contaminada pelo zika vírus, em Afogados da Ingazeira, Pernambuco Mais

Leia mais em: http://zip.net/bwstH3

.

02 de dezembro de 2015

Religiosidade nº 15

.
Uma estação de rádio na Somália controlada pelo grupo extremista islâmico Al-Shabab premiou com armas crianças que participavam de um concurso de declamação do Alcorão, o livro sagrado dos muçulmanos.
.
O grupo que venceu a competição recebeu um fuzil AK-47 e o equivalente a US$ 700. O segundo colocado recebeu um AK-47 e US$ 500 e terceiro, duas granadas de mão e US$ 400.
.
Quatro crianças, de idades entre 10 e 17 anos, foram escolhidas para representar cada distrito na competição realizada durante o Ramadã, o mês sagrado dos muçulmanos, que terminou em agosto.
.
 ‘Os jovens devem usar uma mão para educação e com a outra segurar uma arma para defender o Islã’, disse o comandante do Al-Shabab Mukhtar Robow aos vencedores da competição em Elasha, cerca de 20 km da capital.
..

Os vencedores também receberam livros religiosos. Mohamed Moalimu, repórter da BBC em Mogadício, disse que o concurso vem ocorrendo há três anos.

Em edições anteriores, a primeira colocação era premiada com um lançador de granadas.

BOL e BBC BRASILConcurso premia crianças com armas na Somália; 20 de setembro de 2011

Fonte: GaiaNet, Curiosidades Ecológicas – 9. Curiosidades sobre Religião
.

01 de dezembro de 2015

Alerta à Humanidade nº 33

Mudanças climáticas devem levar a nova crise de refugiados, diz Obama

O presidente dos EUA, Barack Obama, concede entrevista após encontro paralelo à COP21

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta terça-feira (1º) que o mundo passará por uma nova crise de refugiados caso os países não se comprometam com uma ação ambiciosa para evitar as mudanças climáticas.

“Se deixarmos o mundo continuar aquecendo rapidamente como está, então teremos que dedicar mais e mais dos nossos recursos para nos adaptar às várias consequências das mudanças climáticas. Este é um imperativo econômico e de segurança que temos que enfrentar agora.”

Em encontro paralelo à Conferência do Clima de Paris (COP21), Obama recebeu dirigentes de países insulares, como os caribenhos Santa Lúcia e Barbados, Papua Nova Guiné, Kiribati e Ilhas Marshall, na Oceania.

Ele os citou como exemplos de áreas destruídas com as mudanças climáticas. “Estes não são os países mais populosos ou influentes, mas suas populações estão entre as mais vulneráveis à devastação”, disse o americano. (…)

Leia mais em: http://www1.folha.uol.com.br

.

27 de novembro de 2015

Reflexões sobre o Racismo nº 3

Para chegar à conclusão de que ‘não existem raças na espécie humana’, uma equipe de cinco cientistas estudou e comparou mais de oito mil amostras genéticas colhidas aleatoriamente de pessoas de todo mundo.

Segundo Alan Templeton, biólogo americano que dirigiu a pesquisa, diferentemente de outras espécies de mamíferos, não há raças entre os humanos porque “as diferenças genéticas entre grupos das mais distintas etnias são insignificantes”.

Seja Racista Se For Capaz – somos todos um só, Isto É, nº 1520, 18 de novembro de 1998, página 130

Rui Iwersen

.

25 de novembro de 2015

Em defesa da ciência nº 10

Religiosidade nº 14

Há quase mil anos, o Ocidente trombou com o Oriente. O mundo cristão invadiu o mundo muçulmano e deu origem a 200 anos de guerra. (página 52)

O papa Urbano II deu origem a essa história toda. Foi ele que, num dramático comício realizado em Clermont, na França, conclamou os cristãos a invadirem e reconquistarem a Terra Santa.

Antes da invasão cristã, Jerusalém era uma cidade tranquila, onde muçulmanos conviviam em paz com judeus e cristãos, desde que estes não ofendessem Alá e respeitassem o Alcorão. (página 55)

Em julho de 1099, Jerusalém virou um inferno para os muçulmanos. Crianças assassinadas, mulheres violentadas, pilhas de cadáveres e um mar de sangue cobrindo as ruas. (página 57)

A reação islâmica tem um grande herói: Saladino, o líder que unificou muçulmanos. Para derrotar os cruzados, ele pregava união de todos os muçulmanos em torno da Jihad, a guerra santa do Islã. (página 59)

Rodrigo Cavalcante, Toda a verdade sobre as Cruzadas, Super Interessante, edição 213, maio 2005

Rui Iwersen

.

24 de novembro de 2015

Reflexões sobre a corrupção humana nº 12

O morcego aproveitador

…os morcegos doam uma parte do sangue que conseguem na caçada para os companheiros que não tiveram a mesma sorte naquele dia.

Mas não falta quem tente burlar essa lei. Até porque doar comida ali não é uma atitude trivial. O morcego tem que vomitar um pouco do sangue que bebeu na caçada, na boca do beneficiário. (…) A melhor estratégia do ponto de vista individual, então é trapacear: nunca dar almoço grátis para os parceiros. Só receber, sempre que voltar para a caverna com os dentes abanando. Logo, todo bando de morcegos-vampiros tem seus aproveitadores.

Mas esse comportamento trapaceiro só vale a pena quando a grande maioria dos indivíduos é honesta. Se a corrupção vira norma, começa a faltar doador no mercado. E nenhum morcego jamais vai ganhar comida quando falhar na caça. Como a espécie dos chupadores de sangue é frágil, porque aguenta pouco tempo sem comer, o bando todo se trumbica.

As Raízes da Corrupção – Bichos Corruptos, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, página 39

Rui Iwersen

.

17 de novembro de 2015

Eles tem armas e ódio, nós temos champanhe e tecnologia

Anonymous diz ter sabotado mais de 5.500 contas do Twitter ligadas ao Estado Islâmico

O grupo de hackers Anonymous afirmou nesta terça-feira ter sabotado mais de 5.500 contas Twitter relacionadas com o grupo Estado Islâmico (EI) após sua declaração de guerra contra os jihadistas, em reação aos atentados em Paris.

O Anonymous fez o anúncio em tuíte no dia seguinte ao lançamento da campanha #OpParis, destinada a bloquear os sites e contas nas redes sociais ligadas ao EI, que reivindicou os ataques que provocaram pelo menos 129 mortos e 352 feridos na sexta-feira na capital francesa.

“Mais de 5.500 contas do Estado Islâmico foram sabotadas”, afirma a mensagem sem detalhar de que modo isso foi feito. (…)

Leia mais em: http://zip.net/brsply

.
15 de novembro de 2015

Religiosidade nº 13

Contradições religiosas

“Quem matar um ser humano (…) terá matado a humanidade inteira. Quem salvar uma vida humana terá salvo toda a humanidade.”

Alcorão – quinta surata, versículo 32Super Interessante; edição 343; fevereiro de 2015; página 22

Rui Iwersen

 .

13 de novembro de 2015

Terror em Paris

Reedições de GaiaNet

Freud Explica nº 20

A Guerra nº 3

A pedido de Einstein e da Liga das Nações (a atual ONU), Freud explica as razões psicológicas das guerras humanas

Presado Professor Einstein

(…) Receio que eu possa estar abusando do seu interesse, que, afinal, se volta para a prevenção da guerra e não para nossas teorias. Gostaria, não obstante, de deter-me um pouco mais em nosso instinto destrutivo, cuja popularidade não é de modo algum igual á sua importância.

Como consequência de um pouco de especulação, pudemos supor que esse instinto está em atividade em toda criatura viva e procura leva-la ao aniquilamento, reduzir a vida à condição original de matéria inanimada. Portanto, merece com toda seriedade, ser denominado instinto de morte, ao passo que os instintos eróticos representam o esforço de viver.

O Instinto de morte torna-se instinto destrutivo quando, com o auxilio de órgãos especiais, é dirigido para fora, para objetos. O organismo preserva sua própria vida, por assim dizer, destruindo uma vida alheia.  (…)

Cordialmente

Sigmund Freud

Einstein e Freud; Por que a Guerra?  (1932-1933); Edição Standard Brasileira das Obras de Freud; Imago Editora; Rio de Janeiro; 1974; páginas 253 e 254

Rui Iwersen; matéria editada em GaiaNet em 28 de janeiro de 2015

.
13 de novembro de 2015

Reflexões sobre a corrupção humana nº 11

Dois sujeitos estão fazendo trilha e dão de cara com um tigre. Um pega a mochila, tira um par de tênis de corrida, e começa a calçar. O outro zomba: “Não adianta, Você não vai correr mais que um tigre”. “Não mesmo”, ele responde. “Mas vou correr mais do que você.”

É exatamente o que se passa na cabeça da gazela saltitante, pelo menos segundo a teoria de Zahavi. Os pulos não são para chamar a atenção do bando, mas para dar um aviso ao predador.

Ao dar saltos ornamentais na cara do predador, a gazela dá uma exibição de força e agilidade. É um aviso. Uma advertência do tipo: “Escolhe outra gazela aí porque, se você vier atrás de mim, vou dar trabalho”. Uma atitude lúcida. Só que tão heroica quanto a do cara da piada do tigre.

As Raízes da Corrupção – Bichos Corruptos, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, página 39

Rui Iwersen

.
09 de novembro de 2015

Reflexões sobre o Racismo nº 2

Enquanto aqui [no Brasil] você tem total liberdade de definir qual é sua raça, lá [nos Estados Unidos] é o recenseador quem identifica o cidadão entre nada menos do que sete grupos raciais.

Mas, se a questão já tinha implicações políticas, econômicas e culturais, ficou ainda mais difícil há poucos dias com a publicação de um amplo e meticuloso trabalho científico que chegou a uma conclusão taxativa: não existem raças na espécie humana.

Seja Racista Se For Capaz – somos todos um só, Isto É, nº 1520, 18 de novembro de 1998, páginas 129 e 130

Rui Iwersen

.
06 de novembro de 2015

Reflexões sobre a corrupção humana nº 10

As fêmeas de chimpanzé tem o mesmo problema das de outras espécies: só dão bola mesmo para os mais fortes e bonitos. Mas os macacos feinhos deram um jeito de contornar isso. Como? Pagando propina.

Quando um chimpanzé volta de uma caçada bem-sucedida, nem pensa duas vezes: já chama alguma gatinha para um churrasco, ainda que um churrasco cru, e a dois – talvez o equivalente símio a convidar uma moça para jantar no japonês. E aí vê se rola alguma coisa depois. Geralmente rola. O suborno dá tão certo lá na africa subsaariana quanto costumava dar na sede da Petrobras.

As fêmeas agradecem a refeição com sexo. Não é exatamente um toma-lá-dá-cá. A macaca não vai para a moita com o cara na hora só porque ele pagou o jantar dela. Mas no longo prazo, como dezenas de pesquisadores já observaram, é diferente: elas acabam botando os doadores de carne em seu rol de amantes, como a Petrobras colocava os propineiros em seu rol de fornecedores.

As Raízes da Corrupção – Bichos Corruptos, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, página 37

Rui Iwersen

.
04 de novembro de 2015

Em Defesa da Ciência nº 9

Reflexões sobre o Racismo nº 1

Atriz Taís Araújo é vítima de comentários racistas em rede social (Foto: GloboNews)

Pesquisa genética internacional mostra que não existem raças na espécie humana, derrubando qualquer base científica para a discriminação.

As diferenças genéticas mostram que, desde o princípio, as linhagens humanas rapidamente se espalharam por toda a humanidade, indicando um grande grau de contato entre as populações.

Os genes que determinam o tipo físico são apenas antigas adaptações biológicas a uma região geográfica.

Seja Racista Se For Capaz – somos todos um só, Isto É, nº 1520, 18 de novembro de 1998, páginas 129, 130 e 131

Rui Iwersen

.

01 de novembro de 2015

Congresso Brasileiro de Psiquiatria

A psiquiatria no mundo contemporâneo

XXXIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria

O ser humano, mesmo em períodos anteriores à invenção da escrita, já procurava compreender as peculiaridades do seu comportamento. Os doentes mentais eram frequentemente torturados, temidos ou mesmo discriminados pelos indivíduos considerados normais. Não raro as doenças eram atribuídas a influências malignas sobrenaturais. Não existia separação entre o sofrimento físico e o mental, nem tampouco entre medicina, religião e magia.

(,,,) No início do século XIX, Johann Reil (1759-1813) foi o primeiro a usar o termo psiquiatria, referindo-se ao tratamento da mente. Posteriormente, já em meados desse século, a psiquiatria firmou-se como especialidade, ganhando orientação científica e acadêmica.

Por oferecer importante atualização científica e profissional, o Congresso Brasileiro de Psiquiatria – CBP recebe profissionais de todos os estados brasileiros, além de congressistas de vários países, chega a reunir mais de cinco mil participantes por edição para a desmistificação de diversos temas inerentes à Psiquiatria.

O evento é voltado para psiquiatras e médicos de outras especialidades, psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, terapeutas ocupacionais, estudantes e outros profissionais da saúde, em especial a saúde mental.Nos últimos anos, o evento passou a exercer uma influência direta na sociedade leiga, através da divulgação de pesquisas e estudos que podem servir como base para o planejamento das políticas públicas de saúde mental nos âmbitos local, regional e nacional.

Antonio Geraldo da Silva
Presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria

Fonte: www.cbpabp.org.br

.

29 de outubro de 2015

Estado Laico nº 4

Tribunal de Justiça de Santa Catarina, órgão constitucionalmente mantenedor da laicidade constitucional do estado brasileiro.

.
27 de outubro de 2015

Reflexões sobre a Corrupção Humana nº 9

A corrupção não é exclusividade dos brasileiros, nem do ser humano.

Por cortesia da evolução, a falta de caráter come solta no reino animal – e até no vegetal.

As Raízes da Corrupção – Bichos Corruptos, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, página 37

Rui Iwersen

.
25 de outubro de 2015

Religiosidade nº 12

Estado Laico nº 3

Bancada evangélica cresce e mistura política e religião no CongressoCulto com a presença de deputados da Frente Parlamentar Evangélica

  • Culto com a presença de deputados da Frente Parlamentar Evangélica

Homens de terno e mulheres de saia com a Bíblia na mão vão enchendo o auditório. Alguém regula o som do violão e dos microfones. A música que celebra “júbilo ao Senhor” estoura nos alto-falantes, e a audiência canta junto. Em um púlpito no palco, os pastores abrem o culto com uma oração fervorosamente acompanhada pelos fiéis.

Uma descrição comum de um culto evangélico não fossem os pastores, deputados, falando de um púlpito improvisado no plenário Nereu Ramos da Câmara dos Deputados de um país laico chamado Brasil. (…)

Leia mais em: http://zip.net/brsdbL

.

23 de outubro de 2015

Reflexões sobre a Corrupção Humana nº 8

Como dizia o pensador Norberto Bobbio, escândalo é apenas a corrupção que vem a público. Em sociedades pouco transparentes, claro, pode até não proliferar escândalos – mas há quase sempre muita corrupção.

A atual encarnação da democracia brasileira, enfim, é jovem, mas nem tanto. Aos 26 anos de idade, já é hora de ela provar que tem maturidade para exigir as reformas necessárias (inclusive nas ruas, quando necessário) e combater a cultura de corrupção como gente grande – sem tutelas de generais, líderes populistas ou bonecos fabricados por marqueteiros políticos.

Que transparência, no Brasil, deixe de ser só uma característica dos copos de cristal com que empresários e políticos celebram acordos nebulosos.

As Raízes da Corrupção, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, página 35

Rui Iwersen

.

21 de outubro de 2015

Estado Laico nº 2

 

Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina, Brasil – um Estado laico, sem vínculo orgânico com qualquer religião.

.

20 de outubro de 2015

Estado Laico nº 1

Câmara Municipal de Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, Brasil, segundo a Constituição Federal um Estado laico, independente das concepções religiosas.

.

18 de outubro de 2015

Reflexões sobre a Corrupção Humana nº 7

Mudanças de instituições e de cultura: essa dobradinha tem sido a principal receita de países que decidiram enfrentar a corrupção.

Segundo o cientista político Bo Rothstein, da Universidade de Gotemburgo [Suécia], diferentemente do que muita gente imagina, a suécia já foi marcada por subornos, e que os contatos privilegiados eram mais importantes do que as leis. Em meados do século 19, contudo, uma série de reformas detonou o que ele chama de “Big Bang Institucional” – quando os cidadãos perceberam que as instituições se tornaram imparciais, a população foi mudando de comportamento.

A boa notícia é que, como lembra o cientista político sueco, embora a corrupção tenha, sim, características culturais, ela não é culturalmente determinada.

As Raízes da Corrupção, Super Interessante, edição 346, maio de 2015, página 35

Rui Iwersen

.

15 de outubro de 2015

Reflexões sobre a Corrupção Humana nº 6

Estocolmo, Suécia, Escandinávia
.
“Com amplo setor público e governo intervencionista, a Suécia possui todas as características que, segundo a teoria econômica convencional, deveriam tê-la transformado em uma sociedade corrupta”, diz Claudia Varejão, jornalista brasileira radicada na Suécia e autora do livro Um País Sem Excelências e Mordomias.
.
“Até pela alta carga tributária, os suecos exigem acesso rápido à prestação de contas dos gastos dos políticos com o dinheiro do contribuinte”, ela completa. Duas vezes por ano o país divulga listas dos investimentos privados de todos os ministros do governo, incluindo o nome dos fundos e dos bancos das aplicações. Um grau de transparência que, para os nossos padrões, chega a ser ofuscante.
As Raízes da Corrupção, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, página 33
Rui Iwersen 

.

12 de outubro de 2015

Reflexões sobre a Corrupção Humana nº 5

.
Ainda que seja possível detectar uma clara correlação entre pobreza e corrupção no Índice de Percepção da Corrupção, ela não é absoluta: a Italia divide a 69ª colocação com o Brasil, enquanto Uruguai e Chile (73 pontos) superam Áustria (72), França (69) e Coréia do Sul (55).
.
Mas talvez o dado mais curioso do índice seja outro: a constatação de que ideologia ou presença do Estado na economia não parece ter nenhuma relação direta com a corrupção. O índice mostra uma boa pontuação tanto para berços do liberalismo, como o Reino Unido (78), quanto para todos os países da Escandinávia, conhecidos pela forte presença do Estado e alta carga tributária.

As Raízes da Corrupção, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, página 33

Rui Iwersen

.

11 de outubro de 2015

Reflexões sobre a Corrupção Humana nº 4 

 .
O Banco Mundial estima que, só em subornos, são gastos mais de um trilhão de dólares anuais no mundo. Mesmo assim, é impossível saber com precisão o real fluxo de recursos que vai para a corrupção. A Transparência Internacional, então, criou o chamado Índice de Percepção da Corrupção.
.
O Índice de Percepção da Corrupção é feito anualmente com base em pesquisas de organizações, como o próprio Banco Mundial, e entrevistas com diversos grupos (jornalistas internacionais, acadêmicos, diplomatas), para avaliar o grau de percepção da corrupção de um dado país.
.
Como o Brasil aparece no Índice de Percepção da Corrupção? Com medíocres 43 pontos [numa escala de 0 (totalmente corrupto) a 100 (nada corrupto)], na 69 ª posição, ao lado de Suazilândia, Bulgária, Grécia… Quando se olha apenas para a América do Sul, no entanto, nossa situação relativa parece menos vergonhosa. Ficamos em terceiro, à frente de oito países – graças ao mau desempenho de nações como Colômbia (com 37 pontos), Argentina (com 34 pontos) e Venezuela (19 pontos).
As Raízes da Corrupção, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, páginas 31 e 33
Rui Iwersen

.

10 de outubro de 2015

Em Defesa da Ciência nº 8

A Natureza Humana

“Deus, sendo bom, fez todas as coisas boas. De onde então vem o mal?”

(Santo Agostinho, nas Confissões)

“O mal (e o bem) vem do homem”

(Czeslaw Milosz, poeta polonês ganhador do Nobel de Literatura)

Veja, edição 2442, ano 48, nº 36, 9 de setembro de 2015, capa da revista

Rui Iwersen

.

08 de outubro de 2015

Reflexões sobre a Corrupção Humana nº 3

Contribuição para um debate mais racional

.
A corrupção existe em qualquer país, sob qualquer forma de governo, em qualquer instituição. (…) Corrupção faz, sim, parte da nossa história. Como faz parte também da história dos Estados Unidos, da Suécia e de Cingapura – que, nas últimas cinco décadas, deixou de ser apontada como um dos países mais corruptos do mundo para se tornar um dos menos. (…)
.
O que dizer, então, de multinacionais como a alemã Siemens, a japonesa Mitsui, a canadense Bombardier, a francesa Alstom, a espanhola CAF, entre outras envolvidas no cartel para obras da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPMT), em São Paulo? “De fato, a corrupção não é um ‘privilégio’ do brasileiro e muito menos está em seu ‘DNA’. Na verdade, ela aparece sempre que se produzem condições para sua ocorrência, mesmo nos países desenvolvidos”, diz Bruno Brandão, consultor no Brasil da Transparência Internacional, maior organização global de combate à corrupção, com sede em Berlim.
.
Bruno lembra que, até poucos anos atrás, a Alemanha e a França chegavam a conceder incentivos fiscais para a prática de suborno internacional a suas multinacionais. As empresas podiam deduzir do imposto de renda os chamados “gastos de facilitação”, suborno pago a autoridades em países onde tinham ou pretendiam ter negócios.
.
As Raízes da Corrupção, Super Interessante, Edição 346, maio de 2015, páginas 29 e 31
Rui Iwersen

.

06 de outubro de 2015

16 de outubro de 2014

Blog Action Day – blogactionday.org

Tema de GaiaNet = Guerra

Freud Explica nº 18

A Guerra nº 1

O tema do Blog Action Day 2014 é Inequality (Desigualdade). Para refletir sobre o tema, considerando os aspectos psicológicos, sociológicos e ecológicos das desigualdades humanas, especialmente as diferenças de opinião, religiosas e étnicas, refletirei sobre a guerra.

Através de GaiaNet, de Einstein, de Freud e de outros pensadores, a partir de hoje refletiremos sobre as guerras humanas e suas repercussões ecológicas, sociais e culturais. Inicio o quadro Freud Explica a Guerra com uma pequena síntese de correspondências trocadas entre Einstein e Freud sobre a guerra.

Prezado Professor Freud

A proposta da Liga das Nações e de seu Instituto para a Cooperação Intelectual, em Paris, de que eu convidasse uma pessoa, de minha própria escolha, para um franco intercâmbio de pontos de vista sobre algum problema que eu poderia selecionar, oferece-me excelente oportunidade de conferenciar com o senhor a respeito de uma questão que, da maneira como as coisas estão, parece ser o mais urgente de todos os problemas que a civilização tem de enfrentar. Este é o problema: Existe alguma forma de livrar a humanidade da ameaça de guerra? (…) Assim, na indagação ora proposta, posso fazer pouco mais do que procurar esclarecer a questão em referência e, preparando o terreno das soluções mais óbvias, possibilitar que o senhor proporcione a elucidação do problema mediante o auxilio do seu profundo conhecimento da vida instintiva do homem. (pg. 241)

Muito cordialmente

A. Einstein.

Prezado Professor Einstein

O senhor começou com a relação entre o direito e o poder. Não se pode duvidar de que seja este o ponto de partida correto de nossa investigação. Mas, permita-me substituir a palavra ‘poder’ pela palavra mais nua e crua ‘violência’? (…) É, pois, um princípio geral que os conflitos de interesses entre os homens são resolvidos pelo uso da violência. É isto o que se passa em todo o reino animal, do qual o homem não tem motivo por que se excluir. No caso do homem, sem dúvida ocorrem também conflitos de opinião que podem chegar a atingir as mais raras nuanças da abstração e que parecem exigir alguma outra técnica para sua solução. Esta é, contudo, uma complicação a mais. (pg. 246)

De acordo com nossa hipótese, os instintos humanos são de apenas dois tipos: aqueles que tendem a preservar e a unir – que denominamos ‘eróticos’, exatamente no mesmo sentido em que Platão usa a palavra ‘Eros’ em seuSymposium (…) -; e aqueles que tendem a destruir e matar, os quais agrupamos como instinto agressivo ou destrutivo. (pg. 252)

Nossa teoria mitológica dos instintos facilita-nos encontrar a formula para métodos indiretos de combater a guerra. Se o desejo de aderir à guerra é um efeito do instinto destrutivo, a recomendação mais evidente será contrapor-lhe o seu antagonista, Eros. Tudo o que favorece o estreitamento dos vínculos emocionais entre os homens deve atuar contra a guerra. (pg. 255)

A situação ideal, naturalmente, seria a comunidade humana que tivesse subordinado sua vida instintual ao domínio da razão. Nada mais poderia unir os homens de forma tão completa e firme, ainda que entre eles não houvesse vínculos emocionais. (pg. 256)

Cordialmente,

Sigmund Freud

Einstein e Freud, Por que a Guerra?, 1932-1933; Edição Standard Brasileira das Obras de Freud, Imago Editora, Rio de Janeiro, 1974, páginas 246, 252, 255 e 256

Rui Martins Iwersen

.

12 de outubro de 2014

Freud Explica nº 17

A Agressividade nº 8

A questão fatídica para a espécie humana parece-me ser saber se, e até que ponto, seu desenvolvimento cultural conseguirá dominar a perturbação de sua vida comunal causada pelo instinto humano de agressão e autodestruição.

Talvez, precisamente com relação a isso, a época atual mereça um interesse especial. Os homens adquiriram sobre as forças da natureza um tal controle, que, com sua ajuda, não teriam dificuldades em se exterminarem uns aos outros, até o último homem. Sabem disso, e é daí que provém grande parte de sua atual inquietação, de sua infelicidade e sua ansiedade.

Freud, Sigmund; 1930; O Mal-Estar na Civilização; Imago Editora; Rio de Janeiro; 1974; página 108

Rui Martins Iwersen

A Guerra será o tema de GaiaNet no dia 16 de outubro – Blog Action Day. No quadro Freud Explica de GaiaNet (atualmente no número 17) Freud responderá à pergunta que Einstein lhe dirigiu em 1932 – “Prezado Professor Freud: Existe alguma forma de livrar a humanidade da ameaça de guerra?”

.

10 de outubro de 2014

O blog GaiaNet no Blog Action Day 2014

155x250bad14bloggerbadge.jpg

blogactionday.org

Blog Action Day 2014 (Dia de Ação dos Blogs 2014) tem como temaInequality (Desigualdade em tradução livre). Como vem acontecendo desde 2009, GaiaNet (que tem uma série dedicada ao evento anual) participará com postagem especial no dia 16 de outubro de 2014

Para refletir globalmente sobre Desigualdade com milhões de blogs e blogueiros, no dia 16 de outubro editarei, em algumas páginas do blog GaiaNet, um artigo sobre A Guerra, considerando suas relações com as desigualdades (especialmente diferenças de opinião), com as mudanças climáticas globais e, especialmente, com o Homem, sua agressividade e seu instinto de destruição (Tânatos).

Respondendo à pergunta “Prezado Professor Freud: existe alguma forma de livrar a humanidade da ameaça de guerra?”, formulada por Einstein em 1932 na Liga das Nações (atual ONU), Freud iniciará uma série de explicações sobre A Guerra  no quadro Freud Explica de GaiaNet (atualmente no número 16; edição de 02 de outubro).

Rui Martins Iwersen, editor de GaiaNet

.

02 de outubro de 2014

Freud Explica nº 16

A Agressividade nº 7

Em tudo o que se segue, adoto, portanto, o ponto de vista de que a inclinação para a agressão constitui, no homem, uma disposição instintiva original e auto-subsistente, e retorno à minha opinião de que ela é o maior impedimento à civilização.

Em determinado ponto do decorrer dessa investigação, fui conduzido à ideia de que a civilização constituía um processo especial que a humanidade experimenta, e ainda me acho sob a influência dela. (…) Mas o natural instinto agressivo do homem, a hostilidade de cada um contra todos e a de todos contra cada um, se opõe a esse programa da civilização.

Freud Sigmund; 1930; O Mal-Estar na Civilização; Imago Editora; Rio de Janeiro; 1974; Páginas 82 e 83

Rui Martins Iwersen

No dia 16 de outubro – Blog Action Day, respondendo à uma pergunta de Einstein – Por que a Guerra?, Freud explicará A Guerra

.

14 de setembro de 2014

Racismo no futebol

“Com as recentes agressões verbais ao goleiro [negro] do Santos, o programa Globo News Especial vai discutir hoje, às 20H30, o Racismo no Futebol”.

Assista hoje na Globo News (canais 40 e 540 da Net) ou em dias e horários alternativos, ou em www.g1.globo.com/globo-news

.

obs: o racismo é um dos assuntos do Blog Action Day deste ano (dia 16 de outubro), que tem como tema Desigualdade (Inequality). GaiaNet discutirá sobre Guerras Religiosas, com reflexões entre Einstein e Freud apresentadas pelos dois cientistas do século XX à Liga das Nações (que precedeu a ONU), e registradas no livro Por que a Guerra?, de 1933.

.

11 de setembro de 2014

Guerras Religiosas nº 1

Sobreviventes caminham pela rua Fulton, em Nova York (EUA), a um quarteirão do World Trade Center, logo após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bdpxqq

As guerras religiosas serão o tema de GaiaNet no Blog Action Day (dia 16 de outubro), que este ano tem como tema a Desigualdade (veja mais em matéria de 06 de agosto em GaiaNet).

No Blog Action Day apresentarei reflexões entre Einstein e Freud sobre guerras e ‘conflitos de opinião’.

.

19 de agosto de 2014

30 ANOS DO PROGRAMA DE SAÚDE MENTAL DE FLORIANÓPOLIS

Em Florianópolis, no início dos anos 1980, a atenção em saúde mental era centrada basicamente nos hospitais psiquiátricos Instituto São José e Colônia Santana que, nos anos 1970, chegou a ter cerca de 1.000 leitos e cerca de 100 “leitos chão” ocupados permanentemente.

Nos anos 80, nestas circunstâncias, e sob um contexto nacional e internacional de reformas sanitárias, iniciaram-se mudanças do modelo de atenção à saúde mental no Brasil; em Florianópolis, em 1984 foi criado o Programa de Saúde Mental da Secretaria da Saúde e Desenvolvimento Social, a atual Secretaria Municipal da Saúde. Leia mais

.

03 de agosto de 2014

O Homem e a Natureza nº 8

Modernidade Neo-Primitiva nº 2

Mohammed Abed/AFP

Bombardeios de Israel sobre Gaza (Palestina), uma imagem atual do milenar conflito religioso no Oriente Médio.

.
01 de agosto de 2014

Cachorro Amigo nº 2

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/btn6vT

Em geral os cachorros são tolerantes, especialmente com os filhotes de seu atual superior hierárquico, Homo sapiens.

Mas…

Cachorros, gatos, tigres (como o do zoológico de Cascavel, no Paraná) e outros animais mais instintivos que o Homem, podem ser perigosos.

.
24 de julho de 2014

Alerta à Humanidade nº 12

Dez países com pior IDH do mundo são africanos

Pessoas vasculham lixo em um aterro a céu aberto em Conacri, capital da Guiné. A nação africana caiu uma posição no ranking de 2012 para 2013 e está no grupo dos dez países com o pior IDH [Índice de Desenvolvimento Humano] do mundo.

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bgn6P7

.
20 de julho de 2014

Dia do Amigo

Cachorro Amigo nº 1

Os Homens consideram o cachorro o “melhor amigo do homem”. Alguns consideram seus cachorros seus parentes, “da família”; outros consideram os cachorros simples brinquedos, distração ou enfeite.

31 de maio de 2014 – Cães usam roupas e acessórios com tema da Copa do Mundo, em São Paulo.

Leia e veja mais em: http://zip.net/bnnyJr.

Mas…

Os cachorros são menos racionais e mais instintivos que os humanos e, portanto, mordem mais e por diferentes razões; assim como os humanos, às vezes, mesmo sendo amigos, os cachorros não agem como amigos.

17 de junho de 2014 – A pequena Victoria Wilcher, de 3 anos, foi expulsa de uma lanchonete da rede de fast-food KFC no Mississippi (EUA) na última semana sob a acusação de estar “assustando os clientes”. Segundo o The Mirror, a menina perdeu o olho direito e acabou com cicatrizes no rosto após ter sido atacada por um cachorro da raça pitbull em abril deste ano. (…)

Leia e veja mais em: http://zip.net/bhnJ8J.

Cachorro Amigo, o novo quadro de GaiaNet, acompanhará o cumprimento das leis, normas e regras que regem a convivência dos caninos e de outras espécies animais e vegetais com a Humanidade, especialmente nos espaços públicos.

Através deste quadro, GaiaNet tentará contribuir para o controle humano e canino dos instintos e colaborar para que os cães sejam realmente amigos.

Rui Martins Iwersen, editor

.
17 de julho de 2014

Alerta à Humanidade nº 11

A Pandemia de HIV e Aids

HIV: Brasil teve alta de 11% nos casos entre 2005 e 2013

O número de novas pessoas infectadas pelo vírus da Aids cresceu 11% no Brasil entre 2005 e o ano passado, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira, 16, pela Unaids, programa da Organização das Nações Unidas voltada para HIV/Aids. (…)

Do total de pessoas com HIV no planeta, 2% moram no Brasil. Em 2013 o País concentrava quase metade (47%) da quantidade de infectados e dos novos casos na América Latina e um terço (33%) das mortes pela doença na região. A África do Sul é a nação com mais infectados do mundo, com 18%. (…)

No ano passado, de acordo com o relatório, 35 milhões de pessoas em todo o mundo conviviam com HIV/Aids. Do total, 19 milhões de pessoas não sabiam que têm o vírus.

Desde o início da epidemia, no começo da década de 1980, já são 78 milhões de pessoas se infectaram com o vírus e 39 milhões morreram em consequência de doenças relacionadas à infecção.

A expectativa, segundo o relatório da Unaids, é de controle da epidemia até 2030.

Leia mais em: http://zip.net/bmn3Tl

.
12 de julho de 2014

Desastre incidental da Seleção Brasileira de Futebol

Dia 04 de julho

Neymar leva joelhada nas costas, fratura vértebra e está fora da Copa do Mundo

.

Dia 12 de julho

Brasil e Holanda disputam o terceiro lugar da Copa no Mané Garrincha

Neymar esconde o rosto com o colete durante a partida do Brasil contra a Holanda, no Mané Garrincha, pela disputa de terceiro lugar da Copa. Leia mais

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bgn1WD

.

11 de julho de 2014

O Homem e a Natureza nº 7

Costumes neo-primitivos nº 1

Milhares de cães viram comida em polêmico festival na China

 

A chegada do verão na China reacendeu a polêmica sobre o consumo de carne de cachorro, que continua legal no país. Todos os anos, o começo da estação é celebrado com um festival gastronômico na cidade de Yulin, no norte do país, dedicado ao consumo de carne canina.

A pressão feita por ativistas no local não impediu que cerca de 10 mil cães fossem sacrificados para o evento. Grupos em defesa dos animais buscam o apoio de celebridades e especialistas para pressionar o governo a tomar medidas que restrinjam a prática. Manifestações foram organizadas em frente à prefeitura de Yulin e na capital Pequim. (…)

Fonte: BOL Notícias

.

Na Espanha, Festa de São Firmino tem protestos e celebração na rua

Homens correm enquanto touros caem durante a corrida do festival de São Firmino, em Pamplona (Espanha), nesta segunda-feira (7).

O evento é um símbolo da cultura espanhola, que atrai milhares de turista, apesar dos protestos de grupos pelos direitos dos animais.

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bpnZgn

.

04 de julho de 2014

Futebol Arte Marcial x Futebol Arte

Neymar leva joelhada nas costas, fratura vértebra e está fora da Copa do Mundo

Colombiano Zúñiga pula e acerta joelhada nas costas de Neymar. O ato foi responsável por fratura em vértebra do camisa 10 brasileiro. Leia mais

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bpnX3f

.

30 de junho de 2014

Torcida pelo Brasil e pelos brasileiros

Giovana Garcia, seis meses, de Curitiba (PR), em foto enviada pelos pais Mike e Francieli  Mais

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bqnQ3C

.

26 de junho de 2014 

Festas religiosas e aquecimento global nº 2

Fogueiras nas festas juninas, um brasil no Brasil

.

24 de junho de 2014

Imagem de Deus nº 3

A tradição religiosa ocidental diz que Deus criou o Homem à sua imagem e semelhança. Logo, através de imagens dos Homens poderíamos imaginar Deus.

Vamos imaginar Deus

Imagem digital de Jesus, filho de Deus e Deus para os cristãos

Utilizando técnicas de projeção 3 D, uma equipe de cientistas ingleses e arqueólogos israelenses reconstruíram o possível rosto de Jesus, um palestino de 33 anos 20 séculos atrás.

.

22 de junho de 2014

Cientistas explicam vínculo entre estresse e ataque cardíaco

PARIS – Cientistas afirmaram neste domingo ter descoberto como o estresse crônico leva a ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais (AVCs): provocando a superprodução de glóbulos brancos, células de defesa do organismo, que em excesso podem ser prejudiciais.O excedente de células se acumulam nas paredes das artérias, reduzindo o fluxo sanguíneo e favorecendo a formação de coágulos que bloqueiam a circulação ou a interrompe, viajando para outra parte do corpo. Os glóbulos brancos “são importantes para combater e curar infecções, mas se você os têm em excesso ou se estiverem no lugar errado, podem ser nocivos”, afirmou o coautor do estudo, Matthias Nahrendorf, da Escola de Medicina de Harvard, em Boston.Há muito tempo os médicos sabiam que o estresse crônico leva a doenças cardiovasculares, mas não entendiam o mecanismo. (…)

Leia mais em: http://zip.net/bknNCG

.

20 de junho de 2014

Dia Mundial dos Refugiados

Alerta à Humanidade nº 10

Refugiados no mundo ultrapassam marca histórica de 50 milhões, alerta ONU

Jordanien, Flüchtlingslager Saatari Ausschreitungen UNHCR 06.04.2014

Número é o maior desde a Segunda Guerra Mundial e pode aumentar com o surgimento de novos conflitos, como no Iraque, por exemplo. Somente em 2013, registraram-se quase 30 mil novos refugiados por dia.

Ao final de 2013, mais de 51 milhões de pessoas viviam como refugiadas no mundo, constatou o Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur) em seu novo relatório anual Tendências Globais, lançado nesta sexta-feira (20/06). Trata-se da primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial que o número ultrapassa os 50 milhões.

Os motivos para o abandono forçado da terra natal são conflitos, perseguições, violência ou violações dos direitos humanos. Do total de 51 milhões, mais de 33 milhões eram deslocados internos – ou seja, tiveram de deslocar-se dentro do próprio país –, enquanto quase 17 milhões tiveram de cruzar fronteiras. Mais de um milhão de pessoas pediram asilo em 2013. (…)

Fonte: BOL Notícias

.

15 de junho de 2014

Relação do Homem com a natureza nº 6

Um filhote de rinoceronte na África do Sul não dorme mais sozinho depois de presenciar a morte da mãe, assassinada por caçadores, que retiraram seu chifre.

A equipe do centro de resgate de animais em risco Hoedspruit tem se revezado para dormir perto do animal, batizado de Gertjie.

Ele foi encontrado ao lado do corpo da mãe, chorando “inconsolavelmente” e não queria deixá-la.

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bynG8M

 .

13 de junho de 2014

Imagem de Deus nº 2

A tradição religiosa ocidental diz que Deus criou os Homens à sua imagem e semelhança. Logo, através de imagens dos Homens poderíamos imaginar Deus.

Vamos imaginar Deus

Imagem europeia de Jesus, um palestino de 2.000 anos atrás, filho de Deus e Deus para os cristãos

.

07 de junho de 2014

Imagens de Deus

Imagem de Deus nº 1

A tradição religiosa ocidental diz que Deus criou o Homem à sua imagem e semelhança. Logo, através de imagens dos Homens poderíamos imaginar Deus.

Vamos imaginar Deus

Imagem do Menino Jesus, dito pelos cristãos filho de Deus e da Virgem Maria, nascido na Palestina cerca de 2.000 anos atrás

.

05 de junho de 2014

Freud explica nº 15

A agressividade nº 6; Psicologia dos grupos nº 2

Mc Dougall, citado por Freud, resumindo o comportamento de um grupo diz que: “… é excessivamente emocional, impulsivo, violento, inconstante, contraditório e extremado em sua ação, apresentando apenas as emoções rudes e os sentimentos  menos refinados; extremamente sugestionável, descuidado nas deliberações, apressado nos julgamentos, incapaz de qualquer forma que não seja a mais simples e imperfeita das formas de raciocínio; facilmente influenciado e levado, desprovido de autoconsciência, despido de autorrespeito e de senso de responsabilidade, e apto a ser conduzido pela consciência de sua própria força, de maneira que tende a produzir todas as manifestações que aprendemos a esperar de qualquer poder irresponsável e absoluto.”

Terrorismo – Psicanálise e o onze de setembro; Coleção Guias da Psicanálise – Volume 3 – Freud, página 54

Referência: Freud, Sigmund. Psicologia das Massas e Análise do Eu, Frankfurt, Fischer, 1999

Rui Martins Iwersen

.

02 de junho de 2014

Protestos em tempos de aquecimento global nº 2

Grupo espera ajuda do PCC para promover caos na Copa

Os black blocs que executaram as ações de grande repercussão do ano passado continuam fora do radar da polícia, e prometem transformar a Copa do Mundo “num caos”. Para isso, alguns deles esperam que o Primeiro Comando da Capital (PCC), a organização que domina os presídios paulistas e emite ordens para criminosos soltos, também entre em campo. (…)

A reportagem do jornal “O Estado de S.Paulo” ouviu 16 desses black blocs, em seis encontros, na última semana. (…) eles são adultos, seguem tática desenvolvida há décadas na Europa e nos Estados Unidos, não têm página no Facebook nem querem aparecer.

(…) Preocupados com sua imagem perante a opinião pública, decidiram falar, pela primeira vez. “Vamos estourar de novo agora”, promete o mais veterano deles, de 34 anos, formado em História na USP e com matrícula trancada no curso de Psicologia.

“A gente vai devolver o troco na moeda que o Estado impõe”, ameaça o ativista, que trabalha para um hospital público de São Paulo. (…)

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bvnyVm

.
.
01 de junho de 2014

Nova mania chinesa

O que você faria se fosse deixado pela sua mina, ou pelo seu carinha? Com certeza ia postar um monte de fotos na rede para mostrar que está numa boa e não precisa mais daquele traste que só atrapalhou a sua vida… Estou errado?

Se você morasse em qualquer lugar do mundo talvez sim, mas na China… Os jovens acharam uma forma muito mais “chinesa” de passar por esse período tão difícil que é o da solidão.

É simples, eles pegam um repolho ou uma alface, uma acelga e amarra eles numa coleira e sai para a rua arrastando como se fosse um bicho de estimação.

De acordo com o tabloide inglês “Metro”, por mais sem noção que isso pareça (o que aconteceu com os bons e velhos cachorros?), um psiquiatra da China apoia a novidade. Ele explica que os jovens se sentem tão sozinhos e tão simples quanto um repolho que começam a agir como um e até fazem amizade com o vegetal, facilitando sua aceitação e sendo o estopim para uma mudança. (…)

Fonte: Sacizento

.

.
26 de maio de 2014

Instinto materno

Flagras do mundo animal

 

 
 

 

Depois de cair de um penhasco íngreme, um filhote de leão pedia socorro, quando sua mãe apareceu com outras três leoas e um leão para ajudá-lo.

Sem hesitar, a mãe leoa coloca sua vida em risco para salvar o filho antes que ele caia para uma morte certa. As outras leoas chegaram a olhar sobre a borda do precipício antes de abortar a missão de resgate por causa da altura, mas a mãe foi até o fim e se arrastou para baixo do penhasco para chegar ao filhote em perigo. Depois de levá-lo na boca até um lugar a salvo, a leoa tratou de dar uma lambida para dizer ao pequeno que estava tudo bem.

O resgate dramático aconteceu no Quênia e foi flagrado pelo fotógrafo da vida selvagem Jean Francois Largot

Leia mais [e veja mais flagras] em: http://zip.net/bynv2V.

 .
.
17 de maio de 2014

Implantando com sucesso na última década, modelo adotado no Sistema Único de Saúde (SUS) prioriza rede integrada de atendimento

O Dia Nacional de Luta Antimanicomial, comemorado no próximo domingo (18), celebra também 11 anos da Política de Saúde Mental adotada pelo Sistema Único de Saúde. Neste período, foram muitos avanços na assistência aos brasileiros com transtornos mentais atendidos no SUS. Em consonância com os princípios da Reforma Psiquiátrica, instituída no país pela Lei 10.216/01, o governo federal impulsionou a construção de um modelo humanizado de atenção integral na rede pública de saúde, que mudou o foco da hospitalização como centro ou única possibilidade de tratamento aos pacientes.

(…) Atualmente, a rede conta com 2.128 Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) nas mais diversas modalidades. Juntos eles podem realizar 43,1 milhões de atendimentos por ano.

“Nossa prioridade é promover o direito ao tratamento em liberdade, com espaços coletivos de decisão e com o envolvimento de usuários, familiares, trabalhadores e da comunidade como um todo na garantia de um cuidado humanizado e em liberdade”, afirma o ministro da saúde, Arthur Chioro. (…)

Fonte Ministério da Saúde – saude.gov.br.

.
.
13 de maio de 2014

Festas religiosas e aquecimento global nº 1

13 de maio de 2014 – Portugueses veneram estátua de Nossa Senhora de Fátima durante o dia da santa, em Fátima

Rafael Marchante/Reuters

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/bmnmw6

.
.
10 de maio de 2014

Mitos e ritos religiosos nº 1

A circuncisão de Jesus

.
A circuncisão de Jesus

A circuncisão era usualmente feita pelo chefe de família. Mais tarde, passou-se a recorrer a uma pessoa especialmente preparada. Um mohel, no caso dos judeus, geralmente um médico, circuncidador, ou então uma pessoa que tenha conhecimento da cirurgia, e das rezas realizadas, no processo!

Deus instituiu este ato para distinguir o seu povo de outros povos, sendo que o homem deveria obedecer ao mandado Dele. Uma outra interpretação aponta para uma prática de higiene, para poupar o povo a doenças indesejáveis, tornando-a uma prática de .

De acordo com a Bíblia, completados os oito dias que determina a tradição judaica, Jesus Cristo foi apresentado ao templo de Jerusalém por sua família para ser circuncidado, quando então foi abençoado por Simeão e Ana.

prepúcio retirado de Jesus é conhecido como prepúcio sagrado. Considerado uma relíquia ao longo da história, sua posse foi reclamada ou contestada por diversas igrejas e catedrais. Há vários milagres e poderes atribuídos a esta relíquia, muito cobiçada no período medieval.

A circuncisão e o cristianismo

Com a fundação do Cristianismo, a circuncisão deixou de ser um requisito religioso obrigatório para os judeus cristãos, embora não fosse expressamente proibida (Atos 15:6-29).

A perspetiva da Igreja Católica é contrária à circuncisão (rito judaico) desde os primeiros dias. Conforme o Papa Eugênio IV oficializou na Bula de União com os Coptas, de 1442, a Igreja manda a todos os seus fieis que «…não pratiquem a circuncisão, seja antes ou depois do batismo, pois, ponham ou não sua esperança nela, ela não pode ser observada sem a perda da salvação eterna»7

Origem: Wikipedia, a enciclopédia livre

.

03 de maio de 2014

Darwin tinha razão nº 10

Inteligência e sentimento animal

Golfinhos são sádicos, vacas têm inimigas, gatos e cachorros são experts em dissimulação e galinhas fazem planos para o futuro.

Mas um golfinho sabe que é um golfinho. Um elefante sabe que é um elefante. Um cachorro sabe que é… gente. O incrível é que, até há pouco tempo, a ciência não aceitava isso. Dividia tolamente a vida entre “humanos” e “animais” – como se uma baleia tivesse mais a ver com uma ameba do que com você. A noção dos cientistas hoje é bem mais complexa: a diferença entre as nossas faculdades mentais e as dos gatos, chimpanzés e periquitos seria de grau, não de tipo.

O próprio Charles Darwin é um precursor da noção moderna de como a ciência vê os animais. Para o homem que descobriu a identidade do projetista de homens e animais (a seleção natural), a mente parecia seguir uma certa continuidade ao longo da evolução das espécies. Os bichos mais abaixo na escala evolutiva também teriam inteligência e sentimentos, só que em níveis distintos. E Darwin estava certo. “As evidências de hoje indicam que muitos animais sentem alegria, tristeza, pena…”, diz o biólogo Marc Bekoff, da Universidade do Colorado.

Super Interessante, edição 289, março de 2011; O que pensam os animais; páginas 47 e 48; enviada por Edite Gênero – colaboradora de GaiaNet

.

28 de abril de 2014

Alerta à Humanidade nº 7

Sinais do aquecimento global nº 2

28.abr.2014 – Uma fila de casas foi destruída em Vilonia, no Estado de Arkansas (EUA), com a passagem de um tornado pelo centro-sul do país, neste domingo (27). Ao menos 17 pessoas morreram

Leia [e veja] mais em: http://zip.net/blndq3

.

18 de abril de 2014

Freud explica nº 14

A criação da religião nº 8; O sacrifício nº 4

.
Os cerimoniais de sacrifício humano, realizados nas mais diferentes partes do globo habitado, deixam pouca dúvida de que as vítimas encontram seu fim como representantes da divindade e esses ritos sacrificatórios podem ser remontados a épocas antigas, com uma efígie ou boneco inanimado tomando o lugar do ser humano vivo. (…)
.
Smith (1894) reconhece o fato de que o objeto do ato de sacrifício sempre foi o mesmo, a saber, aquilo que é hoje adorado como Deus, ou seja, o pai. O problema da relação entre o sacrifício animal e o sacrifício humano admite assim uma solução simples. O sacrifício animal original já constituía um substituto de um sacrifício humano – a morte cerimonial do pai; assim sendo, quando o representante paterno mais uma vez reassumiu a figura humana, o sacrifício animal também podia ser retransformado num sacrifício humano. (…)
.
Sigmund Freud, Totem e Tabu, 1913; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974; páginas 174
.
Rui Martins Iwersen

.

31 de março de 2014

Alerta à Humanidade nº 5

Novo relatório da ONU reforça ameaças do aquecimento global

O aquecimento global constitui uma crescente ameaça à saúde, às perspectivas econômicas e aos recursos hídricos e alimentares de bilhões de pessoas, disseram cientistas influentes em um relatório que defende uma ação imediata para fazer frente aos efeitos das emissões de carbono.

O novo trabalho do órgão da ONU Painel Intergovernamental para a Mudança Climática (IPCC, na sigla em inglês) diz que os efeitos do aquecimento estão sendo sentidos em todo lugar, contribuindo para possíveis crises de escassez alimentar, desastres naturais e guerras. (…)

Leia mais em: http://zip.net/bxmY92

.

17 de fevereiro de 2014

Freud explica nº 13

Psicologia dos grupos nº 1

Em seu livro Psicologia das Massas e Análise do Eu, Freud faz uma análise de como se dá a relação de um individuo, seus impulsos instintuais, os motivos e os fins e até as suas ações com aqueles qulhes são mais próximos. Analisa também como tais indivíduos são influenciados, sob certas condições, a tal ponto de agir, pensar e sentir de maneira completamente diferente daquela que seria esperada. Conforme Freud, “esta condição é a inclusão deste individuo que adquiriu a característica de um ‘grupo psicológico’”.

Explicando o que é um grupo psicológico e a influência que o mesmo exerce sobre o individuo, Freud, citando Le Bon diz: “A peculiaridade mais notável apresentada por um grupo psicológico é a seguinte: sejam quem forem os indivíduos que o compõem, por semelhantes ou dessemelhantes que sejam seu modo de vida, suas ocupações, seu caráter ou sua inteligência, o fato de haverem sido transformados num grupo coloca-os na posse de uma espécie de mente coletiva que os faz sentir, pensar e agir de maneira muito diferente daquela pela qual cada membro dele, tomado individualmente, sentiria, pensaria e agiria, caso se encontrasse em estado de isolamento”.

André Contreiro Azevedo, Psicanálise e o Onze de Setembro; Freud – Coleção Guias da Psicanálise – Volume 3 – Para além da psicanálise, página 53

Rui Iwersen

.

05 de fevereiro de 2014

Aldeia global

Facebook tem 1,23 bilhão de usuários mundiais; 61,2 milhões são do Brasil

AFP

 Alguns dados sobre a influência do Facebook, que comemora na terça-feira (4) seu décimo aniversário:

O Facebook reivindica ter 1,23 bilhão de usuários ativos, que utilizam a rede social ao menos uma vez ao mês, o que equivale à população da Índia, o segundo país mais populoso do mundo depois da China. Entre os usuários, 76,8% se conecta através de um aparelho móvel, como um ‘smartphone’, e 61,5% acessam a rede todos os dias (fonte: Facebook).

Nos Estados Unidos, a faixa etária de 35 a 54 anos é atualmente a mais representada (31,1%), seguida pelo grupo de entre 25 e 34 anos (24,4%), o de 18 a 24 anos (23,3%), o de mais de 55 anos (15,6%) e o de 13-17 anos (5,4%), segundo um estudo da iStrategyLbas, que estima que em três anos o site perdeu três milhões de usuários adolescentes.

Os Estados Unidos é o país com o maior número de usuários (146,8 milhões no final de 2013), seguido por Índia (84,9 milhões), Brasil (61,2 milhões) e Indonésia (60,5 milhões), de acordo com a consultoria eMarketer. Outras estimativas para os Estados Unidos falam de até 180 milhões de usuários.

Em 2013, o Facebook era utilizado por 46,6% dos americanos, 35,7% da população da Europa ocidental, 29,9% da América Latina, 24,9% da Europa central e oriental, 11% do Oriente Médio e 7,1% da Ásia-Pacífico. (…)

Leia mais em: http://zip.net/bxmjyD

.

23 de janeiro de 2014

Alerta à Humanidade nº 1

Entre as várias informações ecológicas editadas em GaiaNet desde 2009, muitas são alertas a pessoas, a comunidades, a profissionais, a povos, a países, a regiões, a continentes e, de modo geral ou específico, à Humanidade.

Infelizmente, novos alertas serão editados. Portanto, a partir de hoje, ao lado dos quadros ‘Freud explica’ (atualmente no nº 12), ‘Darwin tinha razão’ (no nº 9) e ‘Mensagens quixotescas’ (no nº 2), editados em algumas páginas de GaiaNet, editaremos também o quadro “Alerta à Humanidade”.

Inicio o quadro ‘Alerta à Humanidade’ de GaiaNet com um alerta da ONU, através do IPCC, sobre as possibilidades do processo de aquecimento global no século XXI.

Alerta à Humanidade nº 1

Alerta da Organização das Nações Unidas (ONU)

Para IPCC, é necessário agir antes de 2030 para manter meta de 2º C

AFP

PARIS – A meta de limitar o aquecimento global a 2ºC será mais difícil de conseguir caso não sejam tomadas medidas necessárias em larga escala até 2030 para conter a concentração de gases de efeito estufa na atmosfera, informou o IPCC. Os membros do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, em inglês) mostram, em uma versão final de um relatório com publicação prevista para abril os diferentes cenários, segundo as médias tomadas para atenuar o aquecimento. (…)

Os cientistas consideram que só os cenários que preveem uma concentração média de gases de efeito estufa entre 430 e 480 ppm (partes por milhão) em 2100 podem realmente limitar o aumento da temperatura média do planeta a 2ºC. Acima de 530 ppm, é improvável que se consiga.

Mas as emissões de gases de efeito estufa para a atmosfera não param de aumentar (2,2% ao ano entre 2000 e 2010) e, se a tendência se mantiver, a concentração poderá alcançar as 450 ppm em 2030 e aumentar entre 750 e 1.300 ppm em 2100, segundo o IPCC. ”Limitar os níveis de concentração na atmosfera (dos gases de efeito estufa) a 530 ppm ou menos será um desafio mais difícil de alcançar e as opções de alcançá-lo serão mais reduzidas, se as medidas de redução de emissões forem adiadas para além de 2030″, diz o texto. (…)

.

18 de janeiro de 2014

Darwin tinha razão nº 9

Macaco “em férias” parece posar para a foto, na Indonésia. Os macacos aproveitam o clima ensolarado na região para descansar. Dailymail/BOL Fotos

“Aquele que observar um cão preparando-se para atacar outro cão ou um homem, e o mesmo animal acariciando seu dono, ou a expressão de um macaco quando provocado e quando afagado pelo seu tratador, será forçado a admitir que os movimentos de seus traços e gestos são quase tão expressivos quanto os dos humanos.”

Charles Darwin, 1872, A expressão das emoções no homem e nos animais; Companhia das Letras, São Paulo, 2000, página 139

Rui Iwersen

.

13 de janeiro de 2014

Pais e filhos

Mother-Daughter-gaianet
CARTA DE UMA MÃE PARA UMA FILHA
.
“Minha querida menina, no dia que você perceber que estou envelhecendo, eu peço a você para ser paciente, mas acima de tudo, tentar entender pelo o que estarei passando. Se quando conversarmos, eu repetir a mesma coisa dezenas de vezes, não me interrompa dizendo: “Você disse a mesma coisa um minuto atrás”. Apenas ouça, por favor. Tente se lembrar das vezes quando você era uma criança e eu li a mesma história noite após noite até você dormir. Quando eu não quiser tomar banho, não se zangue e não me encabule. Lembra de quando você era criança eu tinha que correr atrás de você dando desculpas e tentando colocar você no banho?
.
Quando você perceber que tenho dificuldades com novas tecnologias, me dê tempo para aprender e não me olhe daquele jeito…lembre-se, querida, de como eu pacientemente ensinei a você muitas coisas, como comer direito, vestir-se, arrumar seu cabelo e lidar com os problemas da vida todos os dias…o dia que você ver que estou envelhecendo, eu lhe peço para ser paciente, mas acima de tudo, tentar entender pelo o que estarei passando. Se eu ocasionalmente me perder em uma conversa, dê-me tempo para lembrar e se eu não conseguir, não fique nervosa, impaciente ou arrogante.
.
Apenas lembre-se, em seu coração, que a coisa mais importante para mim é estar com você. E quando eu envelhecer e minhas pernas não me permitirem andar tão rápido quanto antes, me dê sua mão da mesma maneira que eu lhe ofereci a minha em seus primeiros passos. Quando este dia chegar, não se sinta triste. Apenas fique comigo e me entenda, enquanto termino minha vida com amor. Eu vou adorar e agradecer pelo tempo e alegria que compartilhamos. Com um sorriso e o imenso amor que sempre tive por você, eu apenas quero dizer, eu te amo minha querida filha.”
.
Fonte: Spring in the Air; Marita Balbi via facebook

.

09 de janeiro de 2014

Para além da psicanalise

Entre as revistas que estão agora nas bancas brasileiras, duas me interessaram mais e já comecei a lê-las: da série Coleções, da Super Interessante, da Editora Abril, O guia da Filosofia – a obra, a vida e as inquietações dos 60 maiores filósofos da história; da Coleção Guias da Psicanálise, da Editora Escala – Volume 3, Freud – Para além da psicanálise – o pensamento freudiano rompe as fronteiras disciplinares e motiva debates acalorados na filosofia e nas ciências sociais. 

.

07 de janeiro de 2014

Freud explica nº 12

A agressividade nº 5

Partindo de especulações sobre o começo da vida e de paralelos biológicos, conclui que, ao lado do instinto para preservar a substância viva e para reuni-la em unidades cada vez maiores, deveria haver outro instinto, contrário àquele, buscando dissolver essas unidades e conduzi-las de volta a seu estado primevo e inorgânico. Isso equivalia a dizer que, assim como Eros, existia também um instinto de morte. Os fenômenos da vida podiam ser explicados pela ação concorrente, ou mutuamente oposta, desses dois instintos.

Não era fácil, contudo, demonstrar as atividades desse suposto instinto de morte. As manifestações de Eros eram visíveis e bastante ruidosas. Poder-se-ia presumir que o instinto de morte operava silenciosamente dentro do organismo, no sentido de sua destruição, mas isso, naturalmente, não constituía uma prova. Uma ideia mais fecunda era a de que uma parte do instinto é desviada no sentido do mundo externo e vem à luz como um instinto de agressividade e destrutividade.

Dessa maneira, o próprio instinto podia ser compelido para o serviço de Eros, no caso de o organismo destruir alguma outra coisa, inanimada ou animada, ao invés de destruir o seu próprio eu (self). Inversamente, qualquer restrição dessa agressividade dirigida para fora, estaria fadada a aumentar a autodestruição, a qual, em todo e qualquer caso, prossegue.

Sigmund Freud, 1930, O Mal-Estar na Civilização; Imago Editora Ltda, Rio de Janeiro, 1974; página 79

Rui Iwersen

.

29 de dezembro de 2013

Navegação através da Sociedade de Consumo

Num programa de televisão tecnicamente inovador e descontraído – Navegador, Globo News -, quatro amigos sentados ao redor de uma ‘mesa tablet’, como eu leigamente chamaria, navegam com os telespectadores através da realidade objetiva, subjetiva e virtual, como eu cientificamente diria. No último programa eles refletiram sobre a cultura do consumo e uma de suas antíteses, o Burning Man Festival:

“O Burning Man é um festival de uma semana no deserto dos Estados Unidos para contestar a cultura do consumo.”

“Muitos dos participantes são cientistas do Vale do Silício, descontentes com a sociedade de consumo.”

“Neste espaço não circula dinheiro; cada um leva sua água e sua comida.”

“Várias obras de arte são criadas; mas nada é guardado, depois tudo desaparece; algumas obras são queimadas.”

“Lá não há competição; todos são amigos e cordiais; todos se dão bom dia, boa tarde e boa noite”, disse a convidada, que já participou do festival.

Burning Man Festival

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre; tradução do inglês por Google; adequação do português por Rui Iwersen

Burning Man é um evento anual de uma semana realizado no deserto de Black Rock, no norte de Nevada, nos Estados Unidos. O evento começa na última segunda-feira de agosto, e termina na primeira segunda-feira de setembro, que coincide com o feriado americano do Dia do Trabalho. Ela leva o seu nome a partir da queima ritual de uma grande efígie de madeira, que é incendiada na noite de sábado. O evento é descrito como uma experiência de comunidade, arte, radical auto-expressão, e radical auto-suficiência . [ 1 ] [ 2 ] [ 3 ] [ 4 ] Burning Man é organizado pela Black Rock City, LLC . Em 2010, 51.515 pessoas compareceram Burning Man. [ 5 ] Em 2.011 o acesso foi limitado a 50.000 participantes e as entradas esgotadas em 24 de julho. [ 6 ] Em abril de 2011, Larry Harvey anunciou que a organização tinha começado o processo de transição da gestão do Burning Man Festival para uma nova organização sem fins lucrativos chamada de “Burning Man Project”.

Rui Iwersen

.

25 de dezembro de 2013

Freud explica nº 11

A criação da religião nº 7; O sacrifício nº 3

“Quando o cristianismo pela primeira vez penetrou o mundo antigo, defrontou-se com a competição da religião de Mitras e, durante algum tempo, houve dúvida em relação a qual das duas divindades alcançaria a vitória. Não obstante o halo de luz que rodeia a sua forma, o jovem deus persa continua a ser obscuro para nós.

Podemos talvez deduzir das esculturas de Mitras matando um touro que ele representava um filho sozinho no sacrifício do pai, redimindo assim os irmãos do ônus de cumplicidade no ato.

Havia um método alternativo de mitigar a culpa e ele foi adotado pela primeira vez por Cristo. Sacrificou a própria vida e assim redimiu do pecado original o conjunto de irmãos.”

Sigmund Freud, Totem e Tabu, 1913; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974; página 176

Rui Iwersen

.

14 de dezembro de 2013

Aula prática oriental de consumismo ocidental

Homem fantasiado de Papai Noel visita crianças em creche de Tóquio (Japão), nesta segunda-feira (9).

Yoshikazu Tsuno/AFP

.

09 de dezembro de 2013

A agressividade humana

Briga entre torcedores

Torcedor do Vasco parte para o ataque com objeto metálico mesmo com torcedor desacordado. Leia mais

O promotor Francisco de Paula Fernandes Neto responsabilizou, nesta segunda-feira, o Atlético-PR pela briga generalizada na arquibancada da arena Joinville, domingo, pelo Brasileirão. (…) Quatro torcedores foram internados no domingo. Dois deles receberam alta nesta segunda. O episódio de violência em Joinville terminou com três detidos para averiguação – que foram para presídio na madrugada desta segunda, de acordo com a Polícia de Santa Catarina. (…)

Leia mais em: http://zip.net/bhlLDm

.

01 de dezembro de 2013

1º de dezembro – Dia Mundial de Luta Contra a Aids

Relato de minha luta profissional contra a Aids e de outras lutas

Após 42 anos como servidor da saúde publica, 40 anos de formação em medicina, e 32 anos de exercício da medicina e da psiquiatria na Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis, em junho de 2013 encerrei oficialmente minha atividade de clínica médico-psiquiátrica na saúde pública, com dedicação especial à saúde mental e à AIDS.

Com um misto de satisfação e de preocupação, apresento aqui um relato de minhas atividades profissionais iniciadas em 1971. Leia mais

Rui Martins Iwersen

.

30 de novembro de 2013

1º de dezembro – Dia Mundial de Combate à AIDS

Dia Mundial de combate à AIDS, em Brasília

O dia 1 de dezembro foi internacionalmente instituído como o Dia Mundial de Combate à AIDS (português brasileiro) ou Dia Mundial de Luta Contra a Sida (português europeu) e é quando o mundo une forças para a conscientização sobre essa doença. Desde o final dos anos 80, tal dia vigora no calendário de milhares de pessoas ao redor do mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde, ao final de 2007, 33 milhões de pessoas conviviam com o vírus do HIV no planeta, e diariamente surgem 7.500 novos casos.

.

05 de novembro de 2013

Resíduos humanos

Apesar do mau cheiro e da água escura, o canal do Arruda é local de diversão e trabalho para os meninos do bairro homônimo, na zona norte do Recife (PE). É dentro da água suja, em meio a latas, pedaços de plástico, móveis, eletrodomésticos e restos de comida e animais mortos que as crianças do bairro brincam e ajudam a reforçar o orçamento da família. (…)

Diego Nigro/JC Imagem/Folhapress/BOL Fotos

Leia mais em: http://zip.net/bmlnrK

.

12 de outubro de 2013

Freud explica nº 10

A criação da religião nº 6; O sacrifício nº 2

“Esse pão, feito por Maria, ganho por José, alimentou o Filho de Deus; José sustentou no coração do Salvador, o sangue que Ele devia derramar por nós. Na eucaristia, nós recebemos a carne e o sangue de Cristo”.

Cassiano R. Azevedo; José – Referencial para o homem de hoje;Edições Shalom, Fortaleza, 2008, pg. 87

4

“A despeito da proibição que protegia a vida dos animais sagrados na qualidade de companheiros de clã, surgiu a necessidade de matar um deles de tempos em tempos, em comunhão solene, e de dividir sua carne e sangue entre os membros do clã. Os motivos que levaram a esse ato revelam o significado mais profundo da natureza do sacrifício.

Já sabemos como, em épocas posteriores, sempre que o alimento é comido em comum, a participação na mesma substância estabelece um laço sagrado entre aqueles que a consomem, quando o alimento penetrou em seus corpos. Nos tempos antigos, esse resultado parece só ter sido efetivado pela participação na substância de uma vítima sacrossanta. (…)

Este elo ou vínculo nada mais é que a vida do animal sacrificatório, a qual reside em sua carne e seu sangue, sendo distribuída entre todos os participantes na refeição sacrificatória.”

Sigmund Freud, Totem e Tabu, 1913; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974; página 159

Rui Iwersen

.

07 de outubro de 2013

Estudo da OMS sobre Segurança Viária

Top ten – os dez países com os piores motoristas

Top ten - os dez países com os piores motoristas

Estudo da Organização Mundial da Saúde aponta que acidentes no trânsito matam 1,2 milhão de pessoas no mundo anualmente

De acordo com a Organização Mundial de Saúde – a OMS –, os acidentes de trânsito se transformaram em uma epidemia global difícil de ser controlada. E os resultados desses desastres sobre rodas passaram a representar um problema de saúde pública em todo o planeta.
.
Por esse motivo, a OMS realizou um estudo denominado Situação Mundial de Segurança Viária 2013. A pesquisa assegura que todos os anos morrem aproximadamente 1,2 milhão de pessoas no mundo por causa de acidentes no trânsito. Além disso, algo entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas ficam feridas.
.
Acidentes de trânsito são o oitavo fator que mais mata no planeta e a primeiro entre jovens de 15 a 29 anos. A pesquisa da OMS ainda cita um dado revelador: se medidas não forem tomadas, esse acidentes podem se transformar no quinto fator até 2030.
.
A maioria destes acidentes acontece em países emergentes, que representam 48% da frota de veículos existentes no mundo.
.
O AutoCosmos.com – parceiro editorial de MotorDream na América Latina – usou a pesquisa da OMS  para levantar as principais razões que provocam tantas tragédias nos dez países que mais contribuem para os acidentes de trânsito. [o Brasil é o 5º colocado, atrás de Índia, China, Estados Unidos e Russia]
.
5) Brasil
 
.
Nos últimos anos, as autoridades brasileiras (…) se mostram mais preocupadas com a recorrência de acidentes. Segundo o Ministério da Saúde, são 42 mil mortes anuais no trânsito. E as principais causas são a falta de educação do motorista e a pouca consciência daqueles que utilizam as vias. Além das estradas e ruas em péssimo estado, é claro.
 
AutoCosmos.com e MotorDream

.

22 de setembro de 2013

Freud explica nº 9

A agressividade nº 4

“Se nos voltarmos para as restrições que só se aplicam a certas classes da sociedade, encontraremos um estado de coisas que é flagrante e que sempre foi reconhecido. É de esperar que essas classes subprivilegiadas invejem os privilégios das favorecidas e façam tudo o que podem para se liberarem de seu próprio excesso de privação. Onde isso não for possível, uma permanente parcela de descontentamento persistirá dentro da cultura interessada, o que pode conduzir a perigosas revoltas. 

(…) é compreensível que as pessoas assim oprimidas desenvolvam uma intensa hostilidade para com uma cultura cuja existência elas tornam possível pelo seu trabalho, mas de cuja riqueza não possuem mais do que uma quota mínima. Em tais condições, não é de esperar uma internalização das proibições culturais entre as pessoas oprimidas. Pelo contrário, elas não estão preparadas para reconhecer essas proibições, tem a intenção de destruir a própria cultura e, se possível, até mesmo aniquilar os postulados em que se baseia.” (página 23)

Sigmund Freud, O Futuro de uma ilusão, 1927; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974

Rui Iwersen

.

16 de setembro de 2013

Freud explica nº 8

A criação da religião nº 5; O sacrifício

“Reminiscências linguísticas comprovam que a parte do sacrifício atribuída ao deus era a princípio considerada como sendo, literalmente, o seu alimento. À medida que a natureza dos deuses tornava-se progressivamente menos material, essa concepção transformou-se num empecilho e foi evitada, atribuindo-se à deidade apenas a parte líquida da refeição. .

Posteriormente, o uso do fogo, que fez com que a carne do sacrifício sobre os altares se elevasse em fumaça, forneceu um método de lidar com o alimento humano mais apropriado à natureza divina. A oferenda de bebida consistia originalmente no sangue da vítima animal, substituído mais tarde por vinho. Nos tempos antigos, o vinho era considerado ‘o sangue da uva’ e foi assim descrito por poetas modernos.” [Robertson Smith, 1894, páginas 224, 229 e 230]

Sigmund Freud, Totem e Tabu, 1913; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974; página 155

Rui Iwersen

.

23 de agosto de 2013

Darwin tinha razão nº 8

Consciência animal

No último numero da revista Galileu (edição 265; agosto de 2013), ainda nas bancas, entre outros bons artigos, me interessou especialmente a matéria de capa sobre Consciência Animal, um recomendável artigo sobre ciência, evolução, consciência animal, emoções animais e “direito dos bichos não sofrerem”.

Porém, nesta matéria há uma informação diferente da que eu tenho sobre os estudos e as contribuições de Darwin sobre o assunto. No quadro O Caminho da Consciência Animal, na página 43, por exemplo, o autor diz que “Na visão de Darwin (…) a mente consciente seria algo dotado somente aos seres humanos”, e que “os primeiros estudos sobre consciência nos animais surgiram na década de 80 [do século XX] a partir de experimentos com o famoso teste do espelho (…) pelo psicólogo Gordon Gallup”.

Para alertar sobre esta provável falha do autor, enviei à revista Galileu as seguintes informações sobre as descobertas de Darwin sobre consciência animal na segunda metade do século XIX e, pelo que podemos ver, e no que convém crer, comprovadas nos séculos XX e XXI:

1. Em 1872 Darwin publicou seu livro A expressão das emoções no homem e nos animais, editado no Brasil pela Companhia das Letras, onde ele descreve, além de outras experiências e descobertas sobre animais e plantas, suas observações e conclusões do Teste do Espelho aplicado a macacos e a crianças;

2. O canal Curta! (canal 113 da Net) apresentou, no dia 3 de agosto, o programa No Jardim de Darwin – Sobre Macacos e Homens, e mostrou os experimentos, inclusive o Teste do Espelho, e as conclusões de Darwin sobre o grau de ‘consciência de si’ em macacos e em crianças de um e de dois anos;

3. O blog GaiaNet (gaianet.com), que eu edito desde 2009, desde junho de 2013 vem apresentando o quadro Darwin tinha razão!. O último número deste quadro, Darwin tinha razão nº 7-Sobre macacos e homens, foi editado no dia 5 de agosto em algumas páginas do blog, e, sob outra formatação, publicadas também nas suas páginas relacionadas à ecologia na mídia. Esta matéria de GaiaNet é uma síntese do programa No jardim de Darwin – Sobre Macacos e Homens do canal Curta!, que mostrou e confirmou algumas das experiências e descobertas de Darwin sobre consciência animal e sobre a evolução da vida na Terra.

Rui Iwersen

.

18 de agosto de 2013

Freud explica nº 7

A agressividade nº 3

“Evidentemente, não é fácil aos homens abandonar a satisfação dessa inclinação para a agressão. Sem ela, eles não se sentem confortáveis. A vantagem que um grupo cultural, comparativamente pequeno, oferece, concedendo a esse instinto um escoadouro sob a forma de hostilidade contra intrusos, não é nada desprezível. É sempre possível unir um considerável número de pessoas no amor, enquanto sobrarem outras pessoas para receberem as manifestações de sua agressividade.”

“Quando, outrora, o Apóstolo Paulo postulou o amor universal entre os homens como o fundamento de sua comunidade cristã, uma extrema intolerância por parte da cristandade para com os que estavam fora dela tornou-se uma consequência inevitável. Para os romanos, que não fundaram no amor sua vida comunal como Estado, a intolerância religiosa era algo estranho, embora, entre eles, a religião fosse do interesse do Estado e este se achasse impregnado dela. Tampouco constitui uma possibilidade inexequível que o sonho de um domínio mundial germânico exigisse o anti-semitismo como seu complemento…”

Sigmund Freud, 1930, O Mal-Estar na Civilização; Imago Editora Ltda, Rio de Janeiro, 1974; páginas 74 e 75

Rui Iwersen

.

08 de agosto de 2013

Mensagem Quixotesca nº 2

Mensagem ao prefeito da cidade do Rio de Janeiro

Digníssimo Senhor Prefeito da Cidade Maravilhosa!

Estou acostumado a aconselhar governador de ilha. Confesso humildemente que nunca aconselhei o prefeito de alguma grande cidade moderna. Mas, embora eu não saiba tudo do seu município e da sua cidade, o Rio de Janeiro, estou percebendo que o senhor está numa situação delicada, e acho que eu sou a pessoa mais indicada para aconselhá-lo sobre administração existencial

Entre outros problemas e dificuldades enfrentados na Jornada Mundial da Juventude, realizada pela Igreja Católica no Rio de Janeiro em julho, em Guaratiba, na região oeste da cidade, uma área de mangue de 1,7 milhão de metros quadrados foi aterrada para construir um templo religioso para o evento. A ação foi nitidamente anticonstitucional e, certamente ilegal frente ao Instituto de Planejamento Urbano e à Vigilância Sanitária e Ambiental do município do Rio de Janeiro. Com as chuvas daquela semana, a área do templo, uma área de preservação permanente, conforme a Constituição Federal de 1988, ficou inutilizável para fins cerimoniais, e as atividades religiosas daquela área foram transferidas para Copacabana. Com as reclamações dos moradores da região de Guaratiba, que pensavam ter melhorias permanentes no bairro e lucrar com hospedagem e alimentação dos peregrinos, o senhor prometeu, sem perceptíveis reflexões técnicas, éticas e ecológicas, construir naquele terreno um bairro popular, a Comunidade da Fé, ou coisa parecida.

No passado, eu aconselhei o governador de uma ilha. Mas, o senhor é o prefeito de uma das maiores cidades do Brasil, uma cidade conhecida em todo o mundo por seu povo, por sua beleza e por sua natureza. Aconselhá-lo me parece mais difícil, porém não mais importante.

O senhor, que me parece um cristiano viejo, eu diria mesmo um cristão primitivo, daqueles que oferecem ovos para Santa Clara parar a chuva, não se deixe levar por opiniões místicas, especulativas ou eleitoreiras. Tenha as suas próprias opiniões, e assessore-se para que elas sejam as melhores para tudo e para todos. Além da devida atenção às minhas recomendações, recomendo-lhe também que esteja atento às suas naturais assessorias. O conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Rio de Janeiro (Crea-RJ), por exemplo, reforça tecnicamente minha humilde opinião social, cultural e ambiental. Veja se eu não tenho razão, analisando a matéria Crea aponta riscos de construção de bairro no Campo da Fé, da Agência Brasil:

“A construção de um bairro popular no terreno de Guaratiba, na zona oeste da cidade, onde estava sendo preparado o Campo da Fé (Campus Fidei), que abrigaria eventos da Jornada Mundial da Juventude, pode gerar graves riscos para a população, alertou o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ). Em nota à imprensa, o Crea ressaltou que o terreno, de 1,7 milhão de metros quadrados, que o prefeito do Rio, Eduardo Paes, pretende transformar em bairro, está situado em uma área de mangue e, por isso, fica sujeito a alagamentos (…) Segundo o conselho, o que ocorreu com o terreno com as chuvas da semana passada foi “apenas uma amostra” do que poderá ocorrer no futuro.”

Senhor Prefeito: um dia o movimento das ruas pode passar a lutar também pela natureza e decidir defender o que resta de animais, de florestas e de mangues. Logo, assumir uma atitude complacente e permissiva com interesses místicos ou ilegais não será bom para o prefeito de uma importante cidade de um país laico, democrático e cosmopolita como o Brasil.

Além disso, como nós conhecemos a relação dos nossos conterrâneos contemporâneos com a natureza, nós sabemos que se hoje o senhor der o mangue, amanhã terá que dar o rio que margeia o mangue, e terá que dar outros mangues, outros rios; terá que dar as matas ciliares, as nascentes dos rios e as encostas de morros. Depois terá que dar os morros. Um dia lhe exigirão a Floresta da Tijuca, e o senhor terá que dar. Um dia o senhor não terá mais nada para dar e eles tomarão o seu cargo, senhor Prefeito da cidade do Rio de Janeiro. E, pelo que eu imagino, não haverá ninguém para oferecer alguma coisa para Santa Clara ou para algum outro santo para ajuda-lo. E nós sabemos que não ajudaria mesmo!

Ao contrário, se o senhor ajudar a preservar e recuperar estes 1,7 milhões de metros quadrados do mangue de Guaratiba, ajudará a preservar este mangue e seu rio, e fará bem à cidade do Rio, que não é só de janeiro, fevereiro e março e dos cariocas; o Rio de Janeiro é de todos o ano todo!

Além de inconstitucional, uma atitude permissiva frente a ocupação religiosa ou urbana de um mangue poderá ser vista como populista. Ao contrário, uma atitude de proteção e de recuperação do Mangue de Guaratiba seria interpretada, ao menos pelos homens menos místicos e mais realistas da sociedade e, portanto, formadores de opinião, como um ato politica, social e ecologicamente correto. Lembre-se que Dom João VI, o último imperador português do Brasil, recuperou a Floresta da Tijuca na cidade do Rio de Janeiro e, duzentos anos depois, é lembrado com simpatia e gratidão pela maior floresta urbana do planeta Terra. Mas lembre-se: das outras florestas é que resta menos!

Se o senhor decidir poupar e recuperar o Mangue de Guaratiba, conte comigo nessa aventura!

O Sancho pediu para lembrar o senhor que “quem mata tudo mata a galinha dos ovos de ouro”.

Rui Iwersen

.

05 de agosto de 2013

Darwin tinha razão nº 7

Sobre macacos e homens

Na Exposição de 1815 em Londres, as pessoas se aglomeravam para ver os modelos de dinossauros feitos a partir de esqueletos preservados; eles achavam que eram animais que não conseguiram entrar na arca de Noé e se afogaram na lama.

Curta! O canal independente; No Jardim de Darwin; O Grande Debate; 03 de agosto de 2013

Nós refizemos algumas pesquisas que Darwin fez. Seus seres preferidos eram a minhoca e as plantas. (…) Darwin provou que as minhocas tem, sim, inteligência; é uma questão de nível.

Os seus estudos sobre as emoções dos animais ele publicou em 1872 em seu livro sobre a expressão das emoções nos animais [A expressão das emoções nos homens e nos animais; Companhia das Letras].

A curiosidade e o medo são as expressões que mais identificam os primatas.

No caso da curiosidade de olhar uma cobra [uma falsa coral colocada em uma caixa], animal que tanto os amedronta, eu diria que a curiosidade dos macacos é maior ainda que a dos humanos.

Darwin foi o primeiro a pesquisar a consciência em crianças e em primatas. No Teste do Batom, em que uma bochecha da criança é pintada com batom vermelho, as crianças de um ano não reconhecem sua imagem e vão olhar atrás do espelho, como os macacos fazem. As crianças de dois anos reconhecem a sua imagem no espelho, como os chimpanzés, gorilas e orangotangos.

Nos testes de olhar-se no espelho, gorilas e orangotangos mostram-se mais conscientes de si que crianças.

Na época de Darwin não havia nenhum fóssil humano intermediário entre o homem e o macaco, mas ele seguiu confiante que um dia seria encontrado.

Curta! O canal independente; No Jardim de Darwin; Sobre Macacos e Homens; 03 de agosto de 2013

Rui Iwersen

.

03 de agosto de 2013

Deputados uruguaios legalizam cultivo da maconha; projeto vai ao Senado

A Câmara dos Deputados do Uruguai aprovou nesta quarta-feira (1º) um projeto de lei impulsionado pelo presidente José Mujica e que defende a legalização do cultivo, da distribuição e do comércio da maconha sob a regulação do Estado, o qual ainda depende de uma aprovação do Senado para se tornar realidade.

Após uma longa sessão, o projeto foi aprovado com 50 votos a favor de 96 presentes (do total de 99 representantes) devido à maioria exigida que o partido governista FA (Frente Ampla) possui na câmara baixa, já que a oposição rejeitou a proposta em bloco. A votação foi recebida com aplausos por cerca de 100 defensores da legalização da maconha que acompanharam a sessão. (…)

Plano pretende legalizar compra, venda e cultivo

O polêmico plano governista pretende legalizar a compra e venda e o cultivo de maconha, estabelecendo a criação de um órgão estatal regulador, o qual se encarregaria de emitir licenças e controlar a produção e a distribuição da droga. (…) Os consumidores previamente registrados poderão comprar até 40 gramas de maconha por mês em farmácias ou cultivar até seis plantas em casa, desde que as mesmas não produzam mais que 480 gramas por colheita. A proposta surgiu há um ano por iniciativa Mujica como um esforço para lutar contra o tráfico de drogas, entendido pelo governo uruguaio como uma praga pior que a dependência química. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2013/08/01/deputados-uruguaios-aprovam-legalizacao-de-cultivo-e-comercio-de-maconha-projeto-segue-ao-senado.htm

.

31 de julho de 2013

Freud explica nº 6

A criação da religião nº 4

Os ovos de Santa Clara que o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, encaminhou para as Irmãs Clarissas do Mosteiro da Gávea. Mais cedo o papa Francisco havia recomendado que ele colocasse ovos aos pés de Santa Clara para que a chuva parasse. Divulgação/BOL Fotos

“Nestes últimos exemplos, como em tantos outros do funcionamento da magia, o elemento da distância é desprezado; em outras palavras, a telepatia é admitida como certa.”

“Se desejo que chova, tenho apenas de efetuar algo que se assemelhe à chuva ou faça lembra-la. Numa fase posterior da civilização, em vez dessa chuva mágica, serão feitas procissões até um templo e preces pedindo chuva serão dirigidas à divindade que nele habita.”

“Enquanto a magia ainda reserva a onipotência apenas para os pensamentos, o animismo transmite um pouco dela para os espíritos, preparando assim o caminho para a criação de uma religião.”

Sigmund Freud, Totem e Tabu, 1913; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974; páginas 96, 97 e 109

Rui Martins Iwersen

.

28 de julho de 2013

Mensagens Quixotescas

Mensagem Quixotesca nº 1

Mensagem ao Papa Francisco

Sua Santidade!

Quando eu soube que o senhor escolheu seu nome de Papa pensando em Francisco de Assis, eu fiquei contente e esperançoso de que os seus atos e palavras iriam ser importantes para aumentar a consciência social e ecológica do seu rebanho.

Enquanto Sua Santidade esteve como Papa no Rio de Janeiro, durante a Jornada Mundial da Juventude, além das óbvias mensagens evangelizadoras, esperei ouvir do Senhor algumas palavras de preocupação social e ambiental.

Felizmente eu ouvi algumas considerações suas a favor dos pobres, pela inclusão social e contra a corrupção, que são também algumas das bandeiras atuais dos brasileiros. Entretanto, embora eu não tenha ouvido e nem lido tudo o que o Senhor disse ou escreveu, eu nada ouvi, e nada li em favor da natureza. Seria isto porque vocês consideram a natureza uma criação divina, uma criação de Vosso Criador, de Vosso Deus?

Como eu desejo que Sua Santidade siga o caminho de Francisco de Assis, e mostre-se amante do homem, dos outros animais, e das plantas, e que seja exemplo e divulgador de atitudes ecológicas para Vossos fiéis. Sua Santidade poderia ajudá-los a participar de uma religião milenar com algumas cerimônias medievais e ecologicamente incorretas, como a representação, por milhões de pessoas portando ramos de plantas, no dito Domingo de Ramos, que representa o dia da ‘entrada de Jesus na cidade’.

Um outro exemplo que humildemente gostaria de dar-lhe, usei informação de um dicionário, pois eu não leio somente sobre cavaleiros e aventuras! Trata-se, caro Senhor, da enorme queima diária de velas em templos ou cerimônias. Como o Senhor deve saber, as velas são feitas com espermacete, uma “substância branca e oleosa que se extrai do cérebro dos cachalotes e com que se fabricam velas” segundo o Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa.

Recomendo, portanto, que o Senhor oriente os seus seguidores a abandonarem alguns hábitos nocivos ao meio ambiente, como a queima diária ou ocasional cerimonial de velas, as tochas de fogo em procissões, as fogueiras e balões nas festas juninas, os fogos de artifício nas festas juninas, no natal, no reveillon e em outras festas religiosas, os tapetes feitos com flores, serragem e sal nas ruas para procissões.

Recomendo também não mais estimular oferenda de ‘uma duzia de ovos para Santa Clara melhorar o tempo’. Desestimule  as oferendas ao mar, aos rios e aos lagos, as imagens de madeira retiradas de árvores abatidas pelo homem, e mais alguns rituais religiosos ecologicamente nocivos que eu não me lembro agora.

Aconselhando Vossos cordeiros a serem mais ecológicos, mais realistas e menos místicos no trato das questões sociais e ecológicas, o senhor certamente representará mais e melhor o nome que escolheu, o nome de Francisco, um italiano religioso, eremita e amante dos pobres e da natureza do século XIII.

Boa sorte e bom reinado, Papa Francisco! Embora eu não seja um de seus seguidores, se Sua Santidade decidir trabalhar também ecologicamente, conte comigo nesta aventura!

O Sancho pediu-me para dizer à Sua Santidade que “antes tarde do que nunca”.

Rui Martins Iwersen

.

25 de julho de 2013

Darwin tinha razão nº 6

Devoção religiosa

Como a devoção se relaciona em certa medida com a afeição, apesar de apoiada principalmente na reverência, muitas vezes combinada com o medo, a expressão desse estado de espírito pode ser brevemente descrita aqui. (página 205)

A devoção se exprime principalmente dirigindo-se o rosto em direção aos céus, com os olhos voltados para cima. (…) Como durante as preces os olhos frequentemente estão voltados para cima, sem que a mente esteja tão absorvida a ponto de se aproximar do estado de inconsciência do sono, o movimento é provavelmente convencional – resultado da crença comum de que o Céu, a fonte do poder Divino para o qual rezamos, está situado acima de nós. (página 206)

Um ajoelhar-se humilde, com as mãos juntas e viradas para o alto, parece-nos, pela força do hábito, um gesto tão apropriado para a devoção que poderíamos pensar que é inato. Mas não encontrei nenhuma evidência desse fato nas inúmeras raças humanas fora da Europa. (página 206)

O sr. Heinsleigh Wedgwood aparentemente deu a explicação certa, supondo mesmo que a atitude seja uma submissão semelhante à do escravo: “Quando o suplicante se ajoelha e levanta suas mãos com as palmas unidas, ele age como o prisioneiro provando a totalidade de sua submissão ao oferecer suas mãos para o vitorioso amarrar. É a representação pictórica do dare manus latino significando submissão”. Portanto, é pouco provável que elevar os olhos e juntar as mãos espalmadas sejam gestos inatos ou verdadeiramente expressivos; e dificilmente poderíamos pensar que o fossem, já que é duvidoso que sentimentos, como os de devoção, pudessem afetar o coração do homem ainda não civilizado do passado. (página 206)

Charles Darwin, A expressão das emoções no homem e nos animais, 1872, São Paulo, Companhia das Letras, 2000

Rui Iwersen

.

23 de julho de 2013

Jornada Mundial da Juventude 2013

Confessionódromo 

23 de julho de 2013 – Jovens peregrinos confessam em “confessionódromo” montado no parque Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, para o JMJ (Jornada Mundial da Juventude) 2013. Em cada baia de confessionário há placas que indicam o (s) idioma (s) que os padres ouvintes falam. Mais

Vanderlei Almeida/AFP/BOL Fotos

.

23 de julho de 2013

Freud explica nº 5

A agressividade nº 2

“Acho que se tem de levar em conta o fato de estarem presentes em todos os homens tendências destrutivas e, portanto, anti-sociais e anticulturais, e que, num grande número de pessoas, essas tendências são suficientemente fortes para determinar o comportamento delas na sociedade humana.” (página 17)

“Provavelmente uma certa percentagem da humanidade (devido a uma disposição patológica ou a um excesso de força instintual) permanecerá sempre associal; se, porém, fosse viável simplesmente reduzir a uma minoria a maioria que hoje é hostil à civilização, já muito teria sido realizado – talvez tudo o que pode ser realizado.” (página 19)

Sigmund Freud, O Futuro de uma ilusão, 1927; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974

Rui Iwersen

.

22 de julho de 2013

 

Darwin tinha razão nº 5

Criação ou evolução?

“Apesar de negar enfaticamente que qualquer músculo tenha sido desenvolvido unicamente para exprimir emoções, Gratiolet parece nunca ter refletido sobre o princípio da evolução. Aparentemente, vê cada espécie como uma criação isolada. Assim também pensam os outros autores que escreveram sobre a Expressão.

Por exemplo, o dr. Duchenne, depois de falar sobre os movimentos das pernas, refere-se aos que formam as expressões do rosto e observa: ‘O Criador não teve, portanto, de preocupar-se com as necessidades da mecânica nesse caso; ele pôde, seguindo sua sabedoria, ou – perdoem-me o modo de falar – por uma fantasia divina, por em ação este ou aquele músculo, somente um ou vários ao mesmo tempo, para que os sinais característicos das paixões, mesmo as mais fugazes, se inscrevessem passageiramente na face dos homens.

Uma vez criada essa linguagem da fisionomia, bastou-lhe, para torná-la universal e imutável, dar a todo ser humano a faculdade instintiva de sempre exprimir seus sentimentos pela contração dos mesmos músculos’.” (página 21)

“Sem dúvida, enquanto considerarmos o homem e todos os outros animais como criações independentes, não avançaremos em nosso desejo natural de investigar até onde for possível as causas da Expressão. De acordo com essa doutrina, toda e qualquer coisa pode ser igualmente bem explicada; e isso se provou tão pernicioso com respeito à Expressão quanto com respeito a qualquer outro ramo da história natural.” (página 21 e 22)

“Aquele que admitir que, no geral, a estrutura e os hábitos de todos os animais evoluíram gradualmente, abordará toda a questão da Expressão a partir de uma perspectiva nova e interessante.” (página 22)

Charles Darwin, A expressão das emoções no homem e nos animais, 1872, São Paulo, Companhia das Letras, 2000

Rui Iwersen

.

21 de julho de 2013

Freud explica nº 4

A criação da religião nº 3

“Não é de se supor que os homens foram inspirados a criar seu primeiro sistema do universo por pura curiosidade especulativa. A necessidade prática de controlar o mundo que os rodeava deve ter desempenhado seu papel.” (página 94)

“É fácil perceber os motivos que conduziram os homens a praticar a magia: são os desejos humanos. Tudo o que precisamos admitir é que o homem primitivo tinha uma crença imensa no poder de seus desejos. A razão básica porque o que ele começa a fazer por meios mágicos vem a acontecer é, em última análise, simplesmente que o deseja. De início, portanto, a ênfase é colocada apenas no seu desejo.” (página 100)

“Para resumir, pode-se dizer, então, que o princípio que dirige a magia, a técnica da modalidade animista de pensamento, é o princípio da ‘onipotência de pensamentos’.” (página 102)

“Se estivermos dispostos a aceitar a explicação oferecida da evolução da maneira do homem visualizar o universo – uma fase animista seguida de uma fase religiosa e esta, por sua vez, de uma fase científica – não será difícil acompanhar as vicissitudes da ‘onipotência de pensamentos’ através dessas diferentes fases. Na fase animista, os homens atribuem a onipotência a si mesmos. Na fase religiosa, transferem-na para os deuses, mas eles próprios não desistem dela totalmente, porque se reservam o poder de influenciar os deuses através de uma variedade de maneiras, de acordo com os seus desejos.

A visão científica do universo já não dá lugar à onipotência humana; os homens reconheceram a sua pequenez e submeteram-se resignadamente à morte e às outras necessidades da natureza.” (página 105)

Sigmund Freud, Totem e Tabu, 1913; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974

Rui Iwersen

.

18 de julho de 2013

Freud explica nº 3

A criação da religião nº 2

“O animismo [a doutrina de seres espirituais em geral] é um sistema de pensamento. Ele não fornece simplesmente uma explicação de um fenômeno específico, mas permite-me apreender todo o universo como uma unidade isolada, de um ponto de vista único. A raça humana, se seguirmos as autoridades no assunto, desenvolveu, no decurso das eras, três desses sistemas de pensamento – três grandes representações do universo: animista (ou mitológica), religiosa e científica.” (página 93)

“Ao examinar o fato de as mesmas idéias animistas haverem surgido entre os povos mais variados e em todos os períodos, Wundt declara que ‘elas constituem o produto psicológico necessário de uma consciência mitocriadora (…) e assim, neste sentido, o animismo primitivo deve ser encarado como a expressão espiritual do estado natural do homem’.” (página 93)

“Com esses três estágios em mente [animismo, religião e ciência], pode-se dizer que o animismo em si mesmo não é ainda uma religião, mas contém os fundamentos sobre os quais as religiões posteriormente foram criadas.” (página 94)

Sigmund Freud, Totem e Tabu, 1913; Rio de Janeiro, Imago Editora, 1974

Rui Iwersen

.

16 de julho de 2013

Freud explica nº 2

A criação da religião nº 1

“Wundt descreve o tabu como o código de leis não escrito mais antigo do homem. É suposição geral que o tabu é mais antigo que os deuses e remonta a um período anterior à existência de qualquer espécie de religião.” (página 32)

“A punição pela violação de um tabu era, sem dúvida, originalmente deixada a um agente interno automático: o próprio tabu violado se vingava. Quando, numa fase posterior, surgiram as idéias de deuses e espíritos, com os quais os tabus se associaram, esperava-se que a penalidade proviesse automaticamente do poder divino.” (página 34)

“Nem o medo nem os demônios podem ser considerados  pela psicologia como as coisas mais primitivas, impenetráveis a qualquer tentativa de descobrimento de seus antecedentes. A coisa seria diferente se os demônios realmente existissem. Mas sabemos que, como os deuses, eles são criações da mente humana: foram feitos por algo e de algo.” (página 38)

Sigmund Freud, Totem e Tabu, 1913; Imago Editora, Rio de Janeiro, 1974

Rui Iwersen

.

08 de julho de 2013

Darwin tinha razão nº 4

“Finalmente, a respeito de minhas próprias observações [sobre a expressão das emoções nos animais], posso dizer que as iniciei no ano de 1838; e, daquela época até hoje [1872], dediquei-me ocasionalmente ao assunto. Naquela data, já me encontrava inclinado a acreditar no princípio da evolução, ou da origem das espécies a partir de outras formas inferiores.” (página 28)

gaianet_macaco-e-tigre

“A partilha de certas expressões por espécies diferentes ainda que próximas, como na contração dos mesmos músculos faciais durante o riso pelo homem e por vários grupos de macacos, torna-se mais inteligível se acreditarmos que ambos descendem de um ancestral comum.” (página 22)

Charles Darwin, A expressão das emoções no homem e nos animais, 1872, São Paulo, Companhia das Letras, 2000

Rui Iwersen

.

05 de julho de 2013

Descriminalização das drogas

“Usuário não é criminoso”, diz FHC sobre usuários de drogas

do UOL

  • Fernando Henrique Cardoso com Fernanda Montenegro e Pedro Bial no
  • Fernando Henrique Cardoso com Fernanda Montenegro e Pedro Bial no “Na Moral”

Fernando Henrique Cardoso foi o convidado da noite desta quinta (4) na estreia da nova temporada no “Na Moral”, na rede Globo. O programa liderado por Pedro Bial também contou com a participação da atriz Fernanda Montenegro e do rapper Marcelo D2.

“Me rendi à realidade”, disse o sociólogo e ex-presidente sobre o fato da luta às drogas ter sido intensificada durante sua gestão. “É obvio que o usuário não é um criminoso. Ou mudamos de paradigma ou perdemos a guerra”.

Fernando Henrique, que recentemente foi eleito imortal da Academia Brasileira de Letras, é atualmente presidente da Comissão Global de Política sobre Drogas. “Uma questão é descriminalizar e outra é legalizar, não é a mesma coisa”, disse. “Descriminalizar é não colocar na cadeia o usuário. Todas as drogas fazem mal: o álcool faz, o tabaco faz. Mas proibir resolve? Eu acho que não resolve”, defendeu FHC. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/entretenimento/2013/07/05/usuario-nao-e-criminoso-diz-fhc-sobre-usuarios-drogas-no-na-moral.htm

.

02 de julho de 2013

Resultados das manifestações pelo Brasil

Câmara dos Deputados aprova arquivamento da ‘cura gay’

do UOL

Brasilia – A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (2) o requerimento do deputado federal e pastor evangélico João Campos (PSDB-GO) para retirar da pauta a proposta que ficou conhecida como “cura gay”, de autoria do próprio parlamentar. Com isso, o projeto foi arquivado e só poderá voltar a ser votado em 2014, segundo explicou o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Campos apresentou o requerimento após o PSDB se posicionar contra a medida depois da onda de manifestações que se espalhou pelo país, algumas delas contra a cura gay –o partido chegou a dizer, em nota, que o projeto era um “retrocesso”.

Deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP) participa de reunião da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, onde seria votado o projeto de “cura gay”. Mas o pedido de vista do deputado Simplício Araújo (PPS-MA) adia mais uma vez a votação. Leia mais Antônio Araújo/Câmara dos Deputados

Parlamentares favoráveis à proposta, contudo, já se mobilizam para retomar o debate com um novo projeto. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2013/07/02/camara-aprova-requerimento-de-autor-da-cura-gay-e-retira-proposta-da-pauta.htm

.

23 de junho de 2013

Freud explica nº 1

A agressividade nº 1

“O elemento de verdade por trás disso tudo, elemento que as pessoas estão tão dispostas a repudiar, é que os homens não são criaturas gentis que desejam ser amadas e que, no máximo, podem defender-se quando atacadas; pelo contrário, são criaturas entre cujos dotes instintivos deve-se levar em conta uma poderosa quota de agressividade.

Em resultado disso, o seu próximo é, para eles, não apenas um ajudante potencial ou um objeto sexual, mas também alguém que os tenta a satisfazer sobre ele a sua agressividade, a explorar sua capacidade de trabalho sem compensação, utilizá-lo sexualmente sem o seu consentimento, apoderar-se de suas posses, humilhá-lo, causar-lhe sofrimento, tortura-lo e mata-lo. Homo homini lupus [O homem é o lobo do homem].

 Quem, em face de toda sua experiência da vida e da história, terá a coragem de discutir essa asserção? Via de regra, essa cruel  agressividade espera por alguma provocação, ou se coloca a serviço de algum outro intuito, cujo objetivo também poderia ter sido alcançado  por medidas mais brandas. Em circunstâncias que lhe são favoráveis, quando as forças mentais contrárias que normalmente a inibem se encontram fora de ação, ela também se manifesta espontaneamente e revela o homem como uma besta selvagem, a quem a consideração para com sua própria espécie é algo estranho.” (página 71)

“A existência da inclinação para a agressão, que podemos detectar em nós mesmos e supor com justiça que ela está presente nos outros, constitui o fator que perturba nossos relacionamentos com o nosso próximo e força a civilização a um tão elevado dispêndio de energia. Em consequência dessa mútua hostilidade primária dos seres humanos, a sociedade civilizada se vê permanentemente ameaçada de desintegração.” (página 72)

Freud, 1930, O Mal-Estar na Civilização; Imago Editora Ltda, Rio de Janeiro, 1974

Rui Iwersen

.

19 de junho de 2013

Mais contradições nos protestos pelo Brasil

Pobres cidades, pobre Planeta

19 de junho de 2013 – Policial usa extintor para apagar o fogo em ônibus queimado por manifestantes durante protesto pela redução da tarifa de ônibus em Niterói. O ato de vandalismo ocorre horas depois de anunciada a revogação do aumento pela prefeitura. Mais

Fabiano Rocha/Agência O Globo/BOL

.

18 de junho de 2013

Protestos pelo Brasil 

18 de junho de 2013 – Veículo da TV Record estacionado em frente à Prefeitura de São Paulo é incendiado nesta terça-feira (18), sexto dia dos protestos que começaram contra o aumento da tarifa do transporte coletivo. Um grupo tentou invadir o local, e houve confronto com a Guarda Civil Metropolitana. Mais

Eduardo Knapp/Folhapress/BOL

.

09 de junho de 2013

A Excomunhão de Spinoza

A 27 de julho de 1656 [Spinosa; 24 anos] foi solenemente excomungado de acordo com o rito hebreu. “Durante a leitura da excomunhão o gemer duma grande tuba esmorecia a espaços, e as luzes, muito intensas no começo da cerimônia, iam-se extinguindo uma a uma até apagarem todas – símbolo da extinção da vida espiritual no excomungado”.

Van Vloten nos dá a formula usada nessa excomunhão: ‘Os chefes do Conselho Eclesiástico fazem público que, já bem convencidos dos atos e opiniões erradas de Baruch de Spinosa, procuraram por todos os meios e com várias promessas desviá-lo do mau caminho. Mas não conseguiram fazê-lo mudar de idéia’.

‘Com assentimento dos anjos e santos nós anatematizamos, execramos, amaldiçoamos e expulsamos Baruch de Spinoza com audiência da comunidade sagrada em presença dos sagrados livros onde os 613 preceitos estão escritos pronunciando contra ele a maldição que Elisha amaldiçoou os filhos e mais todas as maldições do Livro da Lei’.

‘Amaldiçoado seja de dia e amaldiçoado seja de noite; dormindo e acordado; indo e vindo. O Senhor que nunca o perdoe ou receba; e que a ira do Senhor não cesse contra este homem e o carregue de todas as maldições do Livro da Lei e apague seu nome debaixo do céu e o afaste de todas as tribos de Israel, sobrecarregando com todas as maldições do Livro da Lei – e possam todos que são obedientes ao Senhor ser salvo neste dia’.

História da Filosofia – Vida e Idéias dos Grandes Filósofos- Spinoza; Will Durant, Companhia Editora Nacional, São Paulo, 1956, pg. 159 e 160; 08/06/13

Rui Iwersen, editor

.

04 de junho de 2013

A Educação de Spinoza

Spinoza senhoreou-se do latim e penetrou dasassombrado no acervo do pensamento medieval europeu. Parece ter estudado Sócrates, Platão e Aristóteles; mas pendeu para os grandes atomistas, Demócrito, Epicuro e Lucrecio; os estoicos deixaram nele indelevel marca. (pg. 157)

(Spinoza) Estudou Bruno (1548-1600) o magnifico rebelde … que a Inquisição condenou a ser morto ‘o mais misericordiosamente possível e sem derrame de sangue’ – isto é, queimado vivo. (pg. 157)

Finalmente, foi ele influenciado por Descartes (1596-1650), pai, na moderna filosofia, da tradição subjetiva e idealista (como Bacon foi da tradição objetiva e realista). (pg. 158)

A excomunhão de Spinoza

Foram estes os antecedentes mentais do, na aparência calmo, mas internamente agitado moço que em 1556 (ele nascera em 1632) se viu intimado a comparecer perante os velhos da sinagoga para defender-se de heresias. (pg. 159)

Sabemos que lhe foi oferecida uma unidade correspondente a 500 dólares em troca de manter-se, pelo menos na aparência, leal à sinagoga e à velha fé. Spinoza recusou a oferta – e a 27 de julho de 1656 foi solenemente excomungado de acordo com o rito hebreu. (pg. 159)

História da Filosofia – Vida e Idéias dos Grandes Filósofos; Spinoza; Will Durant, Companhia Editora Nacional, São Paulo, 1956

Rui Iwersen, editor

.

13 de maio de 2013

Potenciais humanos

Menino autista gênio da física cotado para um dia levar prêmio Nobel

BBC

  • Jacob Barnett, 14, diagnosticado com autismo aos dois anos de idade, hoje estuda para obter seu mestrado em física quântica
  • Jacob Barnett, 14, diagnosticado com autismo aos dois anos de idade, hoje estuda para obter seu mestrado em física quântica

Aos dois anos de idade, o jovem americano Jacob Barnett foi diagnosticado com autismo, e o prognóstico era ruim: especialistas diziam a sua mãe que ele provavelmente não conseguiria aprender a ler ou sequer a amarrar seus sapatos. Mas Jacob acabou indo muito além. Aos 14 anos, o adolescente estuda para obter seu mestrado em física quântica, e seus trabalhos em astrofísica foram vistos por um acadêmico da Universidade de Princeton como potenciais ganhadores de futuros prêmios Nobel.

O caminho trilhado, no entanto, nem sempre foi fácil. Kristine Barnett, mãe de Jacob, diz à BBC que, quando criança, ele quase não falava e ela tinha muitas dúvidas sobre a melhor forma de educá-lo. “(Após ser diagnosticado), Jacob foi colocado em um programa especial (de aprendizagem). Com quase 4 anos, ele fazia horas de terapia para tentar desenvolver suas habilidades e voltar a falar”, relembra. “Mas percebi que, fora da terapia, ele fazia coisas extraordinárias. Criava mapas no chão da sala, com cotonetes, de lugares em que havíamos estado. Recitava o alfabeto de trás para frente e falava quatro línguas.” (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/ciencia/2013/05/13/menino-autista-genio-da-fisica-cotado-para-um-dia-levar-nobel.htm

.

01 de maio de 2013

Curiosidades Ecológicas de GaiaNet

Curiosidades sobre misticismo, animismo, religião e ateísmo.

Espírito. 1.  A parte imaterial do ser humano; alma. 2. Entidade sobrenatural ou imaginária, como os anjos, o Diabo, os duendes.

EspiritualismoS. m. Filos. Doutrina que admite, quer quanto aos fenômenos naturais, quer quanto aos valores morais, a independência e o primado do espírito [humano] com relação às condições materiais…

Espiritualista. 1. Relativo ao espírito, ou ao espiritualismo. 2, Diz-se do seguidor do espiritualismo. 3. Seguidor do espiritualismo.

Espiritismo. Doutrina baseada na crença da sobrevivência da alma e da existência de comunicações, por meio da mediunidade, entre vivos e mortos, entre os espíritos encarnados e os desencarnados...

Espírita. 1. Relativo ou pertencente ao espiritismo. 2. Que é partidário ou cultor do espiritismo.

Novo Dicionário Aurélio; 1ª edição; 15ª impressão; Editora Nova Fronteira; páginas 569 e 570; 01 de maio de 2013;

Rui Iwersen, editor

.

20 de março de 2013

Humano, demasiadamente humano

Em imagem liberada por Shawn Moore, seu filho Josh, 10, empunha um rifle de assalto que ganhou de presente pelo 11º aniversário, na casa da família em Nova Jersey (EUA). Segundo os Moore, a foto, postada no Facebook, levou o equivalente americano do Conselho Tutelar a exigir a entrada na casa, para inspecionar as armas da residência Shawn Moore/AP/BOL Fotos

.

14 de março de 2013

Resíduos humanos 

Na porta do apartamento de uma vizinha que jogou no lixo uma samambaia viva, saudável e bonita está escrito Feliz Páscoa.

A samambaia que eu achei hoje no lixo do meu prédio está viva, bela e saudável no apartamento de um ateu.

GaiaNet; Curiosidades Ecológicas; Rui Iwersen; Observações e reflexões; 14 de março de 2013

.

06 de março de 2013

Capacidades mentais humanas

O Jornal da Band apresentou hoje uma análise das capacidades de memorização dos seres humanos.

Amanhã o Jornal da Band analisará a capacidade humana de inteligência e de cognição. Como exemplo do que o programa discutirá amanhã, a emissora refere-se a uma menina que aprendeu a ler sozinha com um ano e meio e que, aos três anos, conhece as bandeiras de duzentos países.

Rui Iwersen, editor

.

03 de março de 2013

Colapso urbano

Usuários circulam com dificuldade na estação Luz da CPTM, na região central de São Paulo. Um reparo na subestação Engenheiro São Paulo, no Brás, região central da cidade, fez os trens das linhas 11 (Luz-Estudantes) e 12 (Brás-Calmon Viana) circularem com velocidade reduzida Marcelo Alves/Estadão Conteúdo/BOL Fotos/28/02/2013

.

23 de fevereiro de 2013

TOC

“O Doutor Dráusio Varela mostrará amanhã, no Fantástico, aspectos do transtorno obsessivo compulsivo, o TOC”.

TV Globo; Jornal Nacional; 23 de fevereiro de 2013

Rui Iwersen, editor 

.

07 de fevereiro de 2013

Envenenamento de elefantes; filhote angustiado

O filhote de elefante-pigmeu-de-Bornéu, espécie ameaçada de extinção, nomeado Joe, perdeu a mãe em um envenenamento misterioso que, até agora, sabe-se que matou 14 elefantes, na reserva florestal Gunung Rara, em Sabah, na Malásia, no dia 29 de janeiro. A tentativa do elefantinho de acordar sua mãe, angustiado, emocionou os funcionários da reserva florestal.

Efe/BOL Fotos

.

03 de fevereiro de 2013

Futebol para esquecer a guerra

23 de abril de 2003 – Garoto iraquiano ‘bate bola’ sob fumaça de petróleo queimado em Bagdá, no Iraque; 2003 marcou o início da guerra do Iraque contra os EUA, que só terminou no final de 2011 Gleb Garanich/REUTERS/BOL Fotos

.

29 de janeiro de 2013

Opção sexual e sociedade

Gays que saem do armário são menos estressados, mostra estudo

Montreal – Gays e lésbicas que assumem sua orientação sexual são menos estressados em relação aos que não saem do armário e frequentemente mais relaxados que os heterossexuais, segundo estudo divulgado nesta terça-feira (29).

Pesquisadores do Hospital Louis H. Lafontaine, afiliado à Universidade de Montreal, no Canadá, testaram os níveis de cortisol – um hormônio do estresse – e outros indicadores de tensão em homossexuais, bissexuais e heterossexuais. “Contrariando nossas expectativas, homens gays e bissexuais têm menos sintomas depressivos e níveis menores de carga alostática [medida do estresse do corpo] do que homens heterossexuais”, afirmou Robert-Paul Juster, autor principal do estudo. “Lésbicas, gays e bissexuais que se assumiram para suas famílias e seus amigos tinham níveis menores de sintomas psiquiátricos e menores níveis de cortisol pela manhã em relação aos que ainda estavam no armário”, acrescentou. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ciencia/2013/01/29/gays-que-saem-do-armario-sao-menos-estressados-mostra-estudo.jhtm

.

14 de janeiro de 2013

Anorexia e hiperatividade têm mecanismo molecular comum, mostra estudo

Paris  – A anorexia nervosa, um distúrbio alimentar grave, e a hiperatividade física estão ligadas por um mecanismo molecular comum, uma descoberta que pode levar a um tratamento desta doença que afeta principalmente as adolescentes, segundo um recente estudo de instituições da França.

Participaram da pesquisa o Instituto Nacional da Saúde e da Pesquisa Médica (Inserm, na sigla em francês), o Centro Nacional de Pesquisas Científicas (CNRS, na sigla em francês) e as universidades Montpellier e Nîmes. Enquanto acreditava-se que a hiperatividade dos anoréxicos era intencional e tinha como objetivo a perda de mais peso com a queima de calorias, a equipe de pesquisadores descobriu um mecanismo comum que explica o elo entre os dois comportamentos. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ciencia/2013/01/11/anorexia-e-hiperatividade-tem-mecanismo-molecular-comum-mostra-estudo.jhtm

.R

31 de dezembro de 2012

Pensando em nós e nos outros animais, alguns mais sensíveis que nós

Barulho da queima de fogos pode prejudicar a audição do bebê

O aparelho auditivo de uma criança se forma ainda na vida intrauterina. Apesar disso, as conexões do ouvido com o cérebro vão se estabelecendo gradualmente. Assim, mesmo ouvindo bem, uma criança com cerca de um ano ainda não sabe interpretar os sons que chegam até ela. Por isso mesmo, às vezes, toma sustos com ruídos que nem são tão altos assim. (…)
Veja situações que geram estresse no fim do ano e saiba como lidar E se isso acontece quando um copo se quebra ou um cachorro late, é muito natural que a criança também se mostre irritada ou com medo ao ouvir sons repentinos e altos, como os que resultam da queima de fogos típica das festas de fim de ano.
“O máximo que o ouvido humano pode suportar é 80 decibéis. E uma queima de fogos pode produzir sons de até 140 decibéis”, afirma Moises Chencinski, pediatra pela Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo)..
.
Mais do que assustar, um ruído desse tipo pode lesionar os ouvidos, prejudicando a audição em diferentes níveis, dependendo do quanto seu filho estiver próximo da fonte geradora do som. “Além da perda auditiva, a criança pode permanecer escutando um zumbido  por um longo tempo se for exposta a um som intenso”, diz o pediatra.
.
Sendo assim, o melhor mesmo é resistir à vontade de levar a criança para curtir a comemoração com os adultos, na beira da praia ou em local próximo onde vai acontecer a queima. Até porque, para seu filho, a celebração ainda não faz nenhum sentido. (…)
Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2012/12/29/barulho-da-queima-de-fogos-pode-prejudicar-audicao-do-bebe.jhtm
.
Rui Iwersen, editor

.

12 de 12 de 2012

A árvore boa produz  bons frutos e a árvore má produz maus frutos. A má será cortada e lançada no fogo e a boa permanece no reino de Deus e de Cristo. (Mateus 3:7-12)

Hoje, o amigo Jesus te convida para a salvação eterna. Amanhã o juiz Jesus Cristo enviará seus inimigos para a condenação eterna. (Mateus 25:31-46)

Inscrições em 2 bancos da Praça Don Jaime Câmara, São José, Santa Catarina; 12 de 12 de 2012

 Rui Iwersen, editor

.

04 de dezembro de 2012

Medicina Tradicional Chinesa

Terça feira, dia 11 de dezembro, às 21H30, a TV Globo News, canal 40 da Net, apresentará uma análise de aspectos da Medicina Tradicional Chinesa em seu programa Globo News Saúde.

Rui Iwersen, editor

.

22 de novembro de 2012

Avanços e atrasos

Um homem de 57 anos se acorrentou a um altar de mármore, junto à imagem de Nossa Senhora, dentro da catedral de Joinville (SC). Ele alega não acreditar na Justiça e também afirma que ficará acorrentado e, em greve de fome, até que um representante do ministro Joaquim Barbosa do STF (Supremo Tribunal Federal) viesse falar com ele a respeito de uma série de reivindicações. (…)

 Pena Filho/Agência RBS/BOL Fotos

.

13 de novembro de 2012

As crenças religiosas do presidente do Senado

Sarney diz que tirar menção a Deus de cédulas é ‘falta do que fazer’

do UOL Economia

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB), criticou nesta terça-feira (13) a intenção do Ministério Público Federal de retirar a frase “Deus seja louvado” das cédulas de dinheiro. A expressão foi introduzida em 1986, quando Sarney era o presidente da República.

Para Sarney, a polêmica é fruto da “falta do que fazer”. Ele disse ainda ter “pena” dos ateus. “Eu acho que é uma falta do que fazer, porque, na realidade, precisamos cada vez mais ter a consciência da nossa gratidão a Deus por tudo o que ele fez por todos nós humanos e pela criação do universo. Nós não podemos jamais perder o dado espiritual. Eu tenho pena do homem que na face da terra não acredita em Deus”, afirmou. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/economia/2012/11/13/sarney-diz-que-polemica-sobre-mencao-a-deus-e-falta-do-que-fazer.jhtm

.

12 de novembro de 2012

Hipermodernidade

Milênio: Gilles Lipovetsky fala sobre conceito de hipermodernidade.

O filósofo francês fala sobre a cultura do vazio. Quando ressalta a necessidade de um modelo sustentável de produção e consumo, o pensador lembra que a comunicação abriu um caminho sem volta, que deixou quase tudo ao alcance de quase todos.

Les voyages et le tourisme, par exemple, sont des phénomenes en explosion.

Un des nos problemes actuels est la diversification du mode de consommation.

Dans notre societé, la consommation est devenue une sorte de thérapie.

Il faut faire quelque chose que ne soit que consommer!

L’ hipermodernité nous montre qu’il y a une harmonie possible entre l’individualisation et la socialisation dans notre societée actuelle.

TV Globo News; Milênio; Gilles Lipovetsky; Hipermodernidade; 12 de novembro de 2012

.

09 de novembro de 2012

SUS oferece medicamentos fitoterápicos em 14 Estados

O Ministério da Saúde informa que o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece em 14 Estados 12 medicamentos fitoterápicos, entre eles a Aloe vera (Babosa) para o tratamento de psoríase e queimaduras, o Salix Alba (Salgueiro) contra dores lombares e a Rhamnus purshiana (Cáscara-sagrada) para prisão de ventre.

O página do ministério na internet esclarece que, financiados com recursos da União, Estados e municípios, os medicamentos podem ser manipulados ou industrializados, e devem possuir registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os produtos são oferecidos no Acre, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo, Tocantins e Distrito Federal. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ciencia/2012/11/09/sus-oferece-medicamentos-fitoterapicos-em-14-estados.jhtm

.

07 de novembro de 2012

Colorado e Washington legalizam uso recreativo da maconha

do UOL Notícias e Reuters

DENVER/SEATLE – Colorado e Washington se tornaram os primeiros Estados norte-americanos a legalizar a posse e a venda de maconha para uso recreativo, na terça-feira, desafiando a legislação federal e provavelmente abrindo caminho para um confronto com o governo de Barack Obama. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/internacional/2012/11/07/colorado-e-washington-legalizam-uso-recreativo-da-maconha.jhtm

.

01 de novembro de 2012

Workshop

Redimensionamento do Ser

“Um caminho para a consciência da Nova Era”

WORKSHOP
Redimensionamento do Ser
Um Caminho para a Consciência da Nova Era
Com o fechamento iminente dos grandes ciclos cósmicos em Dezembro de 2012, e com aprogressiva e crescente mudança planetária e da humanidade, a vinda das Novas Energiasvem trazendo uma grande mudança na consciência e no cotidiano do ser humano.
No sentido desta nova consciência será realizado em Urubici o Workshop”Redimensionamento do Ser – Um Caminho para a Consciência da Nova Era”.Urubici se insere de uma maneira muito particular na rede energética de nosso Planeta,e isto tem se traduzido na convergência de idéias e de pessoas em busca de um mesmo objetivo.
Desta forma, o Workshop se propõe a mostrar um caminho para a tomada de consciênciada Nova Era. A entrada é franca.
Organização e Realização: Apoio:

Gabriela Abraham; Gerente de Vendas
 +55 [49] 3278-5481 / 8809-8086 (Claro)
eventos@kiririete.com
SITE DO EVENTO: www.kiririete.com/eventos/workshop2012.html
SITE DA POUSADA KIRIRI-ETÊ: www.kiririete.com

.

28 de outubro de 2012

Yellowstone, nos Estados Unidos, é um supervulcão.

O vulcão de Yellowstone entra em atividade a cada 600 a 800 milhões de anos.

A última erupção de Yellowstone foi há 640 milhões de anos.

100 milhões de americanos morrerão imediatamente numa erupção de Yellowstone.

Dezenas de cidades americanas serão cobertas por uma espessa camada de terra e cinza superaquecidas que se deslocará a cerca de 500 km/h e cobrirá todo o planeta.

A erupção do supervulcão Yellowstone não será maléfica somente para os americanos; o planeta todo sofrerá como sofreu há 65 milhões de anos com o desastre que extinguiu os dinossauros.

Discovery Channel; Curiosidades; Como será o fim do mundo; 26 de outubro de 2012

.

25 de outubro de 2012

Agressividade humana

Professora chinesa é demitida após pendurar crianças da pré-escola pelas orelhas

Na China, uma professora da pré-escola foi demitida após compartilhar fotos na internet em que aparece abusando fisicamente de crianças. As informações são do jornal inglês “The Sun”.

O caso aconteceu na província chinesa Zhejiang. Uma das fotos mostra a professora Yan Yanhong, 20, levantando um aluno pelas orelhas, enquanto a criança grita. Segundo o jornal inglês, a jovem disse em entrevista à imprensa local que ela e os alunos estavam “apenas se divertindo”. Yan foi demitida após reclamação dos pais dos estudantes. Mais

Reprodução/The Sun/BOL Fotos

.

13 de outubro de 2012

É mais difícil resistir ao Facebook do que a cigarros e bebida, diz estudo

da Folha.com e F5

Um novo estudo sugere que é mais difícil resistir a redes sociais, como Facebook e Twitter, do que a cigarros e álcool. Um grupo de pesquisadores da faculdade de administração da Universidade de Chicago fez um experimento com 250 pessoas que vivem em Wurtzburg, Alemanha, para analisar o componente viciante das redes sociais em comparação a outros vícios.

Ver essa telinha te deixa descontrolado?

Os participantes receberam um “smartphone” durante uma semana. A cada meia hora, os pesquisadores entravam em contato com os participantes para saber quais eram os principais desejos de cada um –e qual a intensidade deles, entre tolerável e “irresistível”. No total, das 10.558 respostas 7.827 eram “episódios de desejos”. Segundo o jornal britânico “The Guardian” a maior taxa de “descontrole” foram em relação às redes sociais. Mais do que cigarros, bebida e sexo. (…)

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2012/10/13/e-mais-dificil-resitir-ao-facebook-do-que-a-cigarros-e-bebida-diz-estudo.jhtm

Rui Iwersen, editor de GaiaNet, de Medellín – Colômbia

.

10 de outubro de 2012

Dia Mundial da Saúde Mental

Mais de 350 milhões de pessoas sofrem de depressão no mundo, afirma OMS

Genebra – Mais de 350 milhões de pessoas no mundo sofrem de depressão ou problemas mentais, segundo as últimas cifras da Organização Mundial da Saúde (OMS), publicadas por ocasião do Dia Mundial da Saúde Mental, que será celebrado nesta quarta-feira (10).

Segundo estimativas da OMS, a depressão é comum em todas as regiões do mundo. (…) A depressão, segundo a OMS, é diferente das mudanças de humor mais comuns. Ela se manifesta por um sentimento de tristeza que dura, ao menos, duas semanas, e que impede a pessoa de levar uma vida normal. É fruto da interação de fatores sociais, psicológicos e biológicos. Em muitas ocasiões, está relacionada com a saúde física. Uma doença cardiovascular pode, por exemplo, desencadear a depressão no enfermo. Além disso, em circunstâncias particulares, como as dificuldades econômicas, o desemprego, as catástrofes naturais e os conflitos podem aumentar o risco de a pessoa sofrer com a depressão. (…)

Fonte: UOL Notícias; 09/10/2012

Rui Iwersen; de Bogotá

.

01 de outubro de 2012

Dia Mundial do Idoso

Idosos passarão de 1 bilhão na próxima década

Genebra – A população mundial maior de 60 anos superará 1 bilhão de pessoas dentro de 10 anos devido ao ritmo de envelhecimento dos países emergentes, segundo um relatório divulgado nesta segunda-feira pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Esse segmento da população é o que cresce mais rapidamente, o que pede sérias mudanças nas políticas sociais, de saúde e econômicas, destaca o documento intitulado “Envelhecer no século XXI: uma celebração e um desafio”.
O trabalho, feito com colaboração da ONG HelpAge, destaca que há motivos para celebrar que as sociedades estejam conseguindo prolongar a vida de seus cidadãos, mas pede para buscar no mesmo ritmo novos enfoques em relação aos cuidados médicos, a aposentadoria, as condições de vida e as relações entre gerações. Em 2000, pela primeira vez na história, foram contabilizadas mais pessoas de 60 anos que crianças abaixo dos 5 anos, e a projeção do Fundo de População da ONU é que, em 2050, a geração idosa supere também a de menores de 15 anos. (…)
Fonte: EFE e UOL Notícias

.

27 de agosto de 2012

27 de agosto – Dia do Psicólogo

2012 – 50 anos da Profissão de Psicólogo no Brasil

Hoje, dia 27 de agosto de 2012, alem de comemorarmos o Dia do Psicólogo, comemoramos tambem 50 anos da Regulamentação da Profissão de Psicólogo no Brasil. Em Florianópolis, os psicólogos e seus colegas e amigos estarão comemorando festivamente no sábado, dia primeiro de setembro, no Ponto de Cultura Baiacú, em Santo Antônio de Lisboa. Parabens e obrigado colegas.

Rui Iwersen, médico psiquiatra

.

02 de agosto de 2012

Humanos conterrâneos contemporâneos

Após ter a casa assaltada em bairro nobre de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, uma mulher pichou os muros da própria residência e deixou um recado para os ladrões. “Caríssimo ladrão, nesta casa não tem mais nada pra roubar!! Já levaram tudo. Parabéns pela eficiência”, escreveu.

Edson Silva/Folhapress/BOL Fotos

.

30 de julho de 2012

Consumismo + sedentarismo > obesidade > aposentadoria 

Depressão e obesidade dão aposentadoria na Justiça

 BOL e Agora SP

Doenças da “vida moderna”, a obesidade e a depressão dificilmente dão direito à aposentadoria por invalidez no posto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), mas na Justiça já são consideradas como motivos para a incapacidade total para o mercado de trabalho.

O advogado previdenciário Flávio Brito Brás afirma que as doenças psiquiátricas, principalmente, têm índice alto de negativa de aposentadoria por invalidez no posto.Ele explica que os sintomas nem sempre são visíveis e não faltam [sic] exames laboratoriais que comprovem a existência do problema.

O STJ (Superior Tribunal de Justiça), no entanto, já mandou o INSS conceder o benefício à segurada que tinha um histórico de crises de depressão profunda e síndrome do pânico. Em outro caso, a aposentadoria foi concedida a uma segurada diagnosticada com quadro neurótico grave e transtorno de ansiedade e de depressão.

.

.

Informações sobre Saúde Mental e Meio Ambiente de 2009 a junho de 2012

.

Editorial

As emoções são úteis, do ponto de vista psicológico, sociológico e ecológico. Ansiedade, angústia, tristeza, preocupação, medo, e todas as outras emoções e sentimentos humanos, são importantes instrumentos de preservação do individuo e da espécie.

Com esta ideia sobre as emoções e as sensações humanas, como médico psiquiatra, eu trabalho, estudo e especulo há quase quatro décadas sobre o ser humano, a mente humana e os transtornos mentais e comportamentais humanos, individuais e coletivos, passados, presentes e futuros. Os outros animais, os insetos, as larvas, os micróbios, os fungos e os vegetais também me interessam; hoje, infelizmente, mais para protegê-los da ação predatória de uma das espécies animais do Planeta: Homo sapiens sapiens.

Nesta página editaremos matérias sobre as emoções e os transtornos emocionais e mentais humanos relacionados com as questões ambientais atuais, passadas e futuras.

Rui Iwersen, editor

.

01 de novembro de 2008

As emoções são úteis, do ponto de vista psicológico, sociológico e ecológico. Ansiedade, angústia, tristeza, preocupação, medo, e todas as outras emoções e sentimentos humanos, são importantes instrumentos de preservação do individuo e da espécie.

Com esta idéia sobre as emoções e as sensações humanas, como médico psiquiatra, eu trabalho, estudo e especulo há quase quatro décadas sobre o ser humano, a mente humana e os transtornos mentais e comportamentais humanos, individuais e coletivos, passados, presentes e futuros. Os outros animais, os insetos, as larvas, os micróbios, os fungos e os vegetais também me interessam; hoje, infelizmente, mais para protegê-los da ação de uma das espécies animais do Planeta: Homo sapiens sapiens.

“Vamos começar pelo final. Quando você terminar de ler esta reportagem, terá descoberto que ansiedade é o sentimento típico de quem vive no futuro, se preocupando com as coisas que ainda vão acontecer. E que, se estamos vivos hoje, é a ela que devemos agradecer, porque nos fez ser mais cautelosos durante séculos e séculos de evolução”. Assim começa Ansiedade, o artigo de capa da revista Super Interessante, edição 258, de novembro de 2008, já nas bancas e no site www.superinteressante.com.br .

Numa matéria de oito páginas, Karin Hueck demonstra, com argumentação científica, que “quando todas as coisas boas da vida – amor, dinheiro, sexo e diversão – se tornam motivo de preocupação, é sinal de que algo está errado”. E completa o editor: “Entenda o que é a ansiedade e aprenda a conviver com esse sentimento, que é mais comum e antigo do que você imagina”. “Escolhas demais, informação demais, expectativas demais e tempo de menos. Entenda o que está por trás da maior epidemia moderna”, diz o editor da revista Super Interessante de novembro de 2008.

Para completar a compreensão do quadro ansiogênico de nosso meio ambiente atual, a Aldeia Global – entendida e explicada por Marshall McLuhan a partir dos anos 1960 -, leia também na mesma revista: na página 86, “O Mundo à Beira do Colapso” e seus subtítulos: O que explica a crise dos mercadosComo isso muda o planeta; A psicologia da bolsa de valores. ‘Medo, euforia, pânico. A crise mundial também é coisa da sua cabeça’, diz o editor. Na página 50, uma importante matéria sobre as tristezas e ansiedades de uma guerra – esse resquício de nosso primitivismo: “Dentro de uma Emboscada no Iraque – Veja e entenda a principal causa de morte dos soldados americanos no Iraque, as emboscadas dos rebeldes”.

“Não nos angustiemos se não soubermos tudo sobre tudo, não é mais possível; nós vivemos na Era da Informação e sofremos uma saturação de informação”, disse, talvez em outras palavras, Marshall McLuhan nos anos 1960. Tempos Modernos, dizia Charles Chaplin em um de seus filmes da primeira metade do século XX, e Jean-Paul Sartre na revista filosófica que ele organizou com Simone de Beauvoir, e outros companheiros existencialistas, na metade do século passado, numa época e num palco de guerra. Nesta revista, Sarte nos falava, como em alguns de seus livros, da “angustia existencial”. O Mal-Estar na Civilização, disse Freud em um importantíssimo livro com este título em 1930, na Áustria, entre as duas guerras mundiais, isto é, européias. Vale à pena ler e reler, até entender, este livro, este pensador, este cientista, Sigmund Freud!

Rui Iwersen, editor

.

29 de julho de 2009

Boletim Informativo do VIII Encontro Catarinense de Saúde Mental

3ª edição – 29 de julho de 2009; http://www.ccs.ufsc.br/spb/saudemental/index.htm

PAULO DELGADO confirma presença no Encontro – autor do projeto de lei que deu origem à Lei 10.216/01, conhecida como a Lei da Reforma Psiquiátrica, proferirá a conferência de abertura do VIII ECSM, Com o título Reforma psiquiátrica: processo social e promoção da Cidadania?. Coordenação de Saúde Mental do Ministério da Saúde, CAPES, FAPESC, CRP-12ª Região, Secretaria Estadual de Saúde/SC e Prefeitura Municipal de Florianópolis confirmam parcerias para a realização do Encontro. Estas entidades estarão apoiando diretamente o VIII ECSM, confirmando a importância do evento na construção da rede de saúde mental no estado.

Rui Iwersen, Florianópolis, editor

.

24 de agosto de 2009

A Comissão Organizadora do VIII Encontro Catarinense de Saúde Mental,em sua reunião ordinária de 20 de agosto de 2009, deliberou por uma nova data para a realização do Encontro. Em negociação com o Centro de Cultura e Eventos da UFSC foram-nos oferecidas como única opção as datas de 03 e 04 de novembro.

Emilene Reisdorfer; Mestranda do Programa de Pós Graduação em Saúde Pública – UFSC; MSN: mi.enf@pop.com.br; Skype: emilene.reisdorfer

Cel: (48) 8801-9954 ou (41) 8885-2444

.

26 de agosto de 2009

COMUNICADO VIII ENCONTRO CATARINENSE DE SAÚDE MENTAL

Aos participantes do VIII ECSM,

A Comissão Organizadora do VIII Encontro Catarinense de Saúde Mental está empenhada em buscar uma nova data para a realização do Encontro, ainda este ano. No Centro de Cultura e Eventos da UFSC a única data vaga é de 03 a 04 de novembro. Esta data choca-se com o Congresso de Saúde Coletiva, da Abrasco, que se realizará de 31 de outubro a 04 de novembro. A Comissão continuará tentando nova data e em breve teremos uma resposta definitiva. Continuamos acompanhando a epidemia de Gripe A, que nos obrigou ao adiamento do evento e permaneceremos atentos a quaisquer medidas necessárias à segurança sanitária dos participantes.

Acompanhe as atualizações sobre a preparação do evento na página www.ccs.ufsc.br/spb/saudemental

Contamos com a compreensão de todos e colocamo-nos à disposição para esclarecimentos que se façam necessários.

ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS:

Participantes com inscrição paga: Solicitamos que aqueles que pagaram a taxa e ainda não enviaram o comprovante o façam o quanto antes para que seu pagamento seja registrado. Os inscritos que não tiverem possibilidade de participar do evento em nova data terão a restituição do valor da inscrição. Neste caso, solicitamos aguardar divulgação de nova data para procedimentos de restituição.

Inscritos sem inscrição paga: Caso você esteja inscrito e ainda não tenha realizado o pagamento, solicitamos que aguarde a confirmação da nova data para fazê-lo.

Autores de Trabalho: Assim que tivermos uma nova data faremos um comunicado com novas orientações para todos os autores de trabalho.

Rui Iwersen, Florianópolis, editor

.

27 de agosto de 2009

Informação, desinformação e má informação

A repórter do Jornal do Almoço, da TV RBS, afiliada da TV Globo em Florianópolis, anunciou hoje a informação do Ministro Temporão de que o Brasil é o pais com o maior número de mortes por gripe A.

Analisando a informação, o repórter Luiz Carlos Prates, desconsiderando que se trata de número absoluto, que o Brasil tem quase duzentos milhões de habitantes, que é inverno no hemisfério sul e que o Brasil é o sétimo em números relativos (atrás de Argentina, Chile, Costa Rica, Uruguai, Austrália e Paraguai), deu seu parecer nitidamente crítico, aparentemente tendencioso e certamente alarmista: “Essa liderança tem a cara dos nossos governantes”.

.

Transtornos mentais modernos

O programa Globo Reporter (TV Globo – WWW.g1.com.br) do dia 28 de agosto, 6ª feira, abordará os modernos transtornos mentais, decorrentes de nosso atual modelo social: transtorno de pânico, fobia social e transtornos paranoides.

Rui Iwersen, Florianópolis, editor.

10 de setembro de 2009

Jornada Catarinense de Psiquiatria

Crises, Desastres e a Psiquiatria – Podemos evitar o Adoecimento Mental em Situações Extremas?

A Jornada Catarinense de Psiquiatria tem se consolidado como o grande evento de aprimoramento e confraternização dos psiquiatras e outros profissionais de saúde mental do Estado. Neste ano optamos pela realização em 02 e 03 de outubro (…). O tema deste ano, no entanto, é da maior seriedade. “Crises, Desastres e a Psiquiatria, Podemos evitar o Adoecimento Mental em Situações Extremas?

Como é de conhecimento de todos, Santa Catarina é um dos Estados onde fatores climáticos e geográficos favorecem o acontecimento de enchentes, ciclones extratropicais, deslizamentos de terra e outros desastres naturais, que podem atingir grandes proporções, com danos humanos e materiais significativos.

O psiquiatra precisa estar familiarizado com as conseqüências psicológicas e sociais destes eventos, pois as repercussões se estendem para além do socorro imediato, podendo aparecer muito tempo depois do evento. Desde as enchentes de novembro de 2008, em Santa Catarina, a Associação Brasileira de Psiquiatria, através do programa ABP – Comunidade e a Secretaria de Estado da Saúde vem realizando um trabalho que segue orientação da Associação Mundial de Psiquiatria e da Organização das Nações Unidas para intervenções em situações de catástrofes.

Trata-se em muitos aspectos de um trabalho pioneiro no Brasil, que vem somar a outras ações institucionais nestas ocorrências. Como forma de reconhecer o imprescindível trabalho realizado e colaborar para a sua continuidade, com o envolvimento de outros setores da sociedade, a ACP resolveu franquear a Jornada para estes profissionais que tanto tem realizado pelos catarinenses afetados por este desastre. Ampliar o que vem sendo feito no Vale do Itajaí para todo o Estado, nos pareceu importantíssimo. Despertar os profissionais de saúde mental para o fato de que muito além do socorro e da solidariedade, existem procedimentos técnicos, cuidados específicos e que isto é objeto de estudo e constante aprimoramento, criando a possibilidade de uma atuação em sintonia com o que é preconizado em todo o mundo.

Por fim, agradecemos imensamente a vinda de autoridades de renome internacional e que estão à frente da condução destas intervenções nestas novas abordagens para enfrentar situações de grande impacto psicológico. Esperamos que sua vinda sensibilize os diversos setores envolvidos para que Santa Catarina se torne referência em prevenir, socorrer e reconstruir a saúde mental em crises e desastres.

Comissão Organizadora; ACP – Associação Catarinense de Psiquiatriawww.acp.med.br

.

11 de setembro de 2009

“Onze de setembro de 2001” nos Estados Unidos

11/9: Bush pregava vingança, e Obama, cautela “apesar da raiva”

Do UOL Notícias; www.noticias.uol.com.br
“Hoje nossos prezados cidadãos, nosso modo de vida, nossa própria liberdade foi atacada em uma série de atos terroristas deliberados e mortais”. Assim começava o discurso em rede nacional do então presidente dos Estados Unidos George W. Bush na noite de 11 de setembro de 2001, lançando as bases para a resposta militar norte-americana no Afeganistão e no Iraque no contexto da “guerra contra o terror” que se iniciava.
Entre as poucas vozes que pediam moderação naquele momento, um desconhecido político do Senado de Illinois alertava: “apesar de nossa raiva, precisamos ter certeza de que nenhuma ação militar dos EUA tire a vida de civis no exterior”. A afirmação, que foi publicada em um jornal local, era de Barack Obama. (…)

Brad Rickerby/Reuters - 11.set.2001

Rui Iwersen, Florianópolis, editor

.

11 de setembro de 2009

Programação da VIII Jornada Catarinense de Psiquiatria sobre Crises, Desastres e a Psiquiatria.

Crises, Desastres e a Psiquiatria: “É possível prevenir o adoecimento mental em situações extremas?”

Florianópolis, 02 e 03 de outubro de 2009

Local: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina

PROGRAMAÇÃO

02/10 – Sexta-feira

12h Abertura secretaria

13h15min Boas Vindas

13h30min Conferência 1: Desastres, Crises e Luto; Fabio Firmino Lopes – SC

14h30min Conferência 2: Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) e Patologias Desruptivas

Moty Benyakar – Buenos Aires

16h Coffee-break

16h30min Mesa Redonda 1: Ansiedade e Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT)

Ana Maria Maykot Prates Michels – SC; Ana Paula Werneck de Castro – SC

18h30min Abertura

03/10 – Sábado

08h30min Conferência 3: Transtorno de Ajustamento, Tristeza e Depressão; Letícia Maria Furlanetto – SC

09h45min Coffee-break

10h15min Mesa Redonda 2: Desastres em Santa Catarina – Intervenções Institucionais.

José Toufic Thomé – SP; Marco Aurélio Cigognini – SC; Márcio Luiz Alves – Diretor Estadual de Defesa Civil SC

12h30min Intervalo

13h30min Mesa Redonda 3: Programa de Fatores Humanos em Prevenção, Intervenção e Reconstrução em Desastres e Crises

Moty Benyakar – Buenos Aires; Andrea Altman – Buenos Aires

16h Coffee-break

16h30min Mesa Redonda 4: Estratégias de Tratamento Carlos Collazo – Buenos Aires; Palestrante 2 – a definir

Convidados:

Prof. Dr. Moty Benyakar, M.D; Ph.D. (Buenos Aires) Presidente da ‘Rede Ibero-americana de Eco – Bioética para Educação, Ciência e Tecnologia’. Representante da Unesco para Eco – Bioética. Presidente da Seção de Intervenção em Desastres da WPA (Associação Mundial de Psiquiatria)

Prof. Dr. José Toufic Thomé (São Paulo) Representante para o Brasil da Seção de Intervenção em Desastres WPA (Associação Mundial de Psiquiatria) Coordenador do Programa da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP-Comunidade) e Secretaria do Estado da Saúde para as Enchentes em Santa Catarina

ACP – Associação Catarinense de Psiquiatria; www.acp.med.br

Rui Iwersen, médico psiquiatra

.

27 de setembro de 2009

Vendaval e granizo causam estragos em 13 cidades de Santa Catarina.

Já chega a 13 o número de cidades de Santa Catarina que sofreram estragos devido ao vendaval e à queda de granizo ocorridos entre a noite de sábado (26) e a madrugada deste domingo, informou a Defesa Civil do Estado no final da tarde de hoje. Segundo o órgão e o governo do Estado, mais de 3.000 pessoas tiveram de deixar suas casas – entre desalojados e desabrigados- (…) A Defesa Civil catarinense estima que o número de pessoas afetadas já chegue a 6.000 no Estado, já que o temporal causou estragos em mais de 1.500 casas em Santa Catarina. (…)

Tempestade tropical deixa 80 mortos em passagem pelas Filipinas.

Manila, 27 set (EFE).- Pelo menos 80 pessoas morreram, outras 23 estão desaparecidas e quase 300 mil se viram deslocadas pela passagem da tempestade tropical “Ketsana” pelo terço norte das Filipinas, onde suas chuvas torrenciais causaram as piores inundações em quatro décadas, informaram hoje fontes oficiais. O Governo declarou o estado de catástrofe na capital e outras 25 províncias afetadas pelo temporal na ilha de Luzon, anunciou o ministro da Defesa e presidente do Conselho Nacional de Coordenação de Desastres. (…)

Fonte: UOL Notícias; WWW.noticias.uol.com.br; 27/09/2009

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

30 de setembro de 2009

Chuvas e ventos tiram 16 mil de casa no Sul e deixam 66 cidades em emergência.

O número de desalojados e desabrigados em razão dos temporais, chuvas de granizo e vendavais que atingiram o Sul do país no último final de semana continua a subir e já soma 16.014 pessoas nos três Estados da região, segundo dados das defesas civis estaduais. O número de cidades em situação de emergência, por conta dos fenômenos climáticos dos últimos dias, subiu para 66 na manhã desta quarta-feira (30). (…)

Fonte: UOL Notícias; www.noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, Florianópolis, editor

.

01 de outubro de 2009

Chuva recorde em setembro pode ser indício de mudança climática.

Chuvas frequentes e intensas, vendavais, ocorrência de temporais com granizo e até ação de tornados. Parte da população das regiões Sul e Sudeste foi duramente castigada pelo clima no mês de setembro, o mais chuvoso dos últimos anos. Para Lincoln Alves, meteorologista do Cptec/Inpe (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), esses fenômenos extremos podem indicar que o clima está sofrendo mudanças causadas pela ação humana. (…)

Fonte: UOL Notícias; WWW.noticias.uol.com.br

Em alguns municípios de Santa Catarina não choveu tanto desde que se começou a medir o índice pluviométrico, há 70 anos. Em Porto alegre não choveu tanto nos últimos 43 anos.

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

2 de outubro de 2009

Recorde de venda de automóveis em setembro.

No último mês de isenção de IPI a indústria automobilística brasileira bateu recorde de vendas: 296.000 unidades, um aumento de 20% em relação ao mês de agosto. De janeiro a setembro o setor cresceu 5,6%. Neste período, a atmosfera de Gaia e as ruas das grandes cidades brasileiras tiveram crescimento zero!

Rui Iwersen, Florianópolis, editor

.

5 de outubro de 2009

Tempestades e enchentes no sul do Brasil.

Ventos, temporais e chuvas de granizo atingiram hoje o Estado do Rio Grande do Sul, produzindo enchentes, destruição e desalojados. Chuvas e enchentes na Índia deixam 1 milhão de desalojados.

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

10 de outubro de 2009

Dia Mundial da Saude Mental

25 ANOS DO PROGRAMA DE SAUDE MENTAL DE FLORIANÓPOLIS

No início dos anos 1980, no cenário internacional da atenção à saude mental, destacavam-se as experiências inglesa, francesa, americana e italiana, esta última centrada na desativação dos hospitais psiquiátricos. Durante muitos anos, a experiência italiana foi modelo para os sanitaristas brasileiros que desejavam uma alternativa ao modelo hospitalocêntrico de atenção à saude mental, vigente no Brasil desde a primeira metade do século XX.

Nos anos 1980, a atenção à saude mental, em Florianópolis e região, era centrada no Instituto São José e no Hospital Colônia Santana (hoje chamado Instituto de Psiquiatria – IPQ) que, nos anos 1970, chegou a ter cerca de 1.000 leitos e cerca de 100 “leitos chão”. Nos anos 80, sob esse contexto internacional e nacional, iniciavam-se as mudanças do modelo de atenção à saude mental no Brasil.

Em Florianópolis, em julho de 1984, iniciou-se o Programa de Saúde Mental da Secretaria da Saúde e Desenvolvimento Social, hoje Secretaria Municipal da Saude. A junção inicial destes dois setores facilitou a ação interdisciplinar, que sempre caracterizou o Programa de Saude Mental de Florianópolis, e facilitou, também, o processo local de construção do Sistema Único de Saude (SUS) após a promulgação da Constituição Federal em 1988: Ações Integradas de Saúde (AIS); Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde (SUDS); e Sistema Único de Saude (SUS).

O Projeto inicial do Programa de Saude Mental de Florianópolis, concluído e apresentado em junho de 1984, tinha, portanto, como Objetivo Geral a “organização de uma rede de serviços básicos de saúde mental no município de Florianópolis” e, como Objetivos Específicos: “promoção da saúde mental da população do município”; “prevenção das doenças e perturbações mentais”; “tratamento das doenças e perturbações mentais da população”; e “prevenção do confinamento, da iatrogênese, da segregação e da estigmatização dos doentes e perturbados mentais pela sociedade”.

Na Metodologia do Projeto destacava-se: “Sistema de complexidade crescente, sendo os Postos de Saúde a porta de entrada do sistema e os hospitais psiquiátricos ou enfermarias psiquiátricas de hospitais gerais o fim do sistema”; “Critérios de hospitalização; estímulo à desospitalização do Sistema; esgotamento prioritário dos recursos extra-hospitalares”; “Estímulo à transformação dos hospitais psiquiátricos objetivando sua humanização e eficácia e posterior substituição no Sistema por enfermarias psiquiátricas em hospitais gerais e/ou, preferencialmente, por sistema ambulatorial”; “Capacitação em Saúde Mental dos médicos e demais ‘Agentes de Saúde’ dos Postos de Saúde da Prefeitura Municipal”. (Rui Iwersen; Programa de Saúde Mental – Ante-Projeto número 2; junho de 1984).

Há 25 anos, em julho de 1984, sob a coordenação do psiquiatra Rui Iwersen, e com estes objetivos e metodologias, iniciou-se o Programa de Saude Mental da Secretaria Municipal da Saude de Florianópolis. Inicialmente, por contar unicamente com um psiquiatra, o Programa investiu prioritariamente no treinamento em saude mental dos médicos e demais profissionais dos “34 Postos de Saúde” da rede municipal de saúde.

Em 1992, com a necessidade de atenção especializada, juntamente com a inauguração do Centro de Saude II Centro (CS II Centro), organizamos o Ambulatório de Saúde Mental, com um psiquiatra e duas psicólogas, e o serviço de Saúde Mental e AIDS do Ambulatório de DST/AIDS (com o mesmo psiquiatra e com uma psicóloga). Também no CS II Centro, em 1995, estando agora o Programa de Saude Mental sob a coordenação da psicóloga Tânia Grigolo, organizamos o primeiro Núcleo de Atenção Psicossocial (NAPS) de Florianópolis e 36º do Brasil, o atual CAPS II Ponta do Coral.

Em 2004 o Programa de Saude Mental passou a contar com outros psiquiatras e com mais profissionais das outras categorias ligadas à Saude Mental. Entre 2004 e 2005, sob a coordenação da enfermeira Lilian Pagliuca, foram criados dois novos CAPS, ambos com equipes multiprofissionais, seguindo as normas e recomendações do Ministério da Saude – o CAPSi (para crianças e adolescentes) e o CAPSad, para usuários de álcool e outras drogas. Em 2006 assume a coordenação a psiquiatra Evelyn Cremonese, com a colaboração técnica da psiquiatra Sonia Saraiva. Durante essa coordenação, foi reorganizada a rede de atenção em saude mental do município com a implantação do modelo de apoio matricial. Houve a territorialização das equipes regionais de saude mental, que passaram a ocupar um lugar de apoio às equipes de saude da família, e a co-responsabilização dessas equipes pela demanda, com a desconstrução da lógica da referência e contra-referência. O atendimento em saude mental passa a atuar com as equipes de saude da família a partir da rede básica, integrando a saude mental a toda a rede. Os CAPS passaram também a atuar dentro da lógica de matriciamento, o que fortaleceu seu papel de referência para os casos mais graves ou que necessitem de cuidado mais intensivo e/ou de reinserção psicossocial, ultrapassando as possibilidades de intervenção conjunta das equipes de Saude da Família e Saude Mental regional. Este Trabalho foi apresentado em agosto de 2008 na III Mostra Nacional de Experiências Exitosas em Saude da Família, organizado pelo Ministério da Saude, obtendo o terceiro lugar.

25 anos depois de sua implantação, o Programa de Saude Mental de Florianópolis, que começou com um psiquiatra, hoje conta com 18 psiquiatras, 38 psicólogos, e com profissionais de outras áreas como enfermeiros, assistentes sociais, farmacêuticos, médicos e técnicos de enfermagem. Integrados ao Programa atuam também 93 equipes da Saude da Família treinadas e supervisionadas em saude mental, dentro da estratégia de Matriciamento em Saude Mental. Atualmente, sob a coordenação da psiquiatra Sonia Saraiva, o Programa de Saude Mental (Gerência de CAPS) conta também com a colaboração técnica do assistente social Deidvid de Abreu, do médico de família Marcelo Coltro e da psicóloga Renata Campos. Esta gerência articula a criação de mais um CAPSad para este ano, a criação de um serviço de emergência psiquiátrica no município, a incorporação dos profissionais de saude mental nas equipes dos Núcleos de Apoio à Saude da Família – NASF e a instituição de políticas intersetoriais que possibilitem a ampliação dos dispositivos necessários para a efetiva implantação da Reforma Psiquiátrica.

No Brasil, segundo dados do Ministério da Saude (www.saude.gov.br – Saúde Mental em Dados), existem hoje 1.394 CAPS, 533 Residências Terapêuticas, 2.568 leitos em Hospitais Gerais e 3.346 pessoas atendidas pelo programa De Volta Para Casa (um estímulo à reinserção familiar e social de ex-internos crônicos de hospitais psiquiátricos), possibilitando uma diminuição importante de internações psiquiátricas em todo pais. Segundo o mesmo site, “a OMS (Organização Mundial da Saúde) usará a reforma psiquiátrica brasileira como modelo internacional para a saude mental (…) dentro da estratégia global de melhoria do acesso ao tratamento para transtornos mentais”. Estes dados locais e nacionaissão resultado, entre outras coisas, de 20 anos do SUS no Brasil e de 25 anos do Programa de Saude Mental de Florianópolis.

Rui Iwersen e Sonia Saraiva, psiquiatras da Secretaria Municipal de Saude de Florianópolis

.

12 de outubro de 2009

VIII Jornada Catarinense de Psiquiatria discutiu sobre crises e desastres

Nos dias 2 e 3 de outubro realizou-se em Florianópolis a VIII Jornada Catarinense de Psiquiatria. O evento, que contou com cerca de 100 psiquiatras e profissionais de outras áreas da saude mental, discutiu sobre o tema Crises, Desastres e a Psiquiatria. A Jornada contou com a participação de palestrantes, do representante da Defesa Civil, da representante da Secretaria Estadual de Saude e de assessores do Programa para as Enchentes em Santa Catarina, especialmente o Dr José Touflic Thomé – São Paulo (Coordenador do Programa ABP – Comunidade da Associação Brasileira de Psiquiatria e da Secretaria do Estado da Saúde para as Enchentes em Santa Catarina) e o Dr Moty Benyakar – Buenos Aires (Representante da Unesco para Eco-Bioética e Presidente da Seção de Intervenção em Desastres da Associação Mundial de Psiquiatria – WPA).

Alem de discussões teóricas, especialmente sobre Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) e Patologias Desruptivas, os participantes da Jornada discutiram tambem sobre ações práticas, especialmente sobre treinamento para assistência em situações desruptivas e aos afetados por desastres, sobre transdisciplinaridade, intermunicipalidade, assessoria nacional e internacional e sobre o uso da informática para registro e uso rápido de informações sobre locais e pessoas em situação de risco ou afetados, e sobre profissionais treinados e disponíveis. Discutiu-se também sobre prevenção e/ou mitigação de desastres, especialmente os desastres ambientais relacionados às mudanças climáticas.

Estas ações assistenciais e preventivas são necessárias, pois, como disse Andrea Altman, de Buenos Aires, representante da Associação Iberoamericana de Eco-Bioética e como vemos acontecer nas últimas décadas, “de 1985 a 1994 registrou-se 174 milhões de pessoas afetadas por desastres no Planeta e, de 1995 a 2004 foram registradas 254 milhões de pessoas”. A continuidade e o aprimoramento destas ações também são necessários. Em Santa Catarina, por exemplo, segundo o coordenador da Defesa Civil do Estado, Major Marcio Luiz Alves, “a Defesa Civil está se transformando em Política Pública, passando a ser política de Estado e não de Governo, com mais garantia de continuidade”.

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

19 de outubro de 2009

Temporais atingem mais de 160 mil pessoas no Paraná desde setembro

As chuvas que atingem o Paraná desde setembro afetaram 166 mil pessoas em todo o Estado até hoje (19), de acordo com levantamento divulgado pela Defesa Civil. Ao todo, são 37 municípios atingidos. (…) No total, 1.400 pessoas foram afetadas em Londrina e cerca de 20 mil, em Ibiporã. Chove forte, com muitos raios, em Loanda, Nova Londrina, Guairaca até Paraíso do Norte. O serviço de meteorologia explica que o calor vindo do Centro-Oeste do país, da Bolívia e do Paraguai, aliado à umidade abundante nessas áreas, favorece a ocorrência de chuvas em todas as regiões paranaenses. (…)A Defesa Civil está pedindo doações de telhas, colchões e alimentos para atender a população dos municípios que sofreram mais danos. Também há necessidade de doações de roupas. (…)

Fonte: Agência Brasil e UOL Notícias; Em Curitiba

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

24 de outubro de 2009

Boletim Informativo do VIII Encontro Catarinense de Saúde Mental

A nova data do VIII Encontro Catarinense de Saúde Mental se aproxima. Em breve estaremos juntos com um objetivo partilhado, discutir o processo de desinstitucionalização e a forma como este tem acontecido em Santa Catarina. Para saber mais sobre a programação viste: http://www.ccs.ufsc.br/spb/saudemental/programacao.htm

DESTAQUE

Conferência de Abertura “Reforma psiquiátrica: processo social e promoção da Cidadania” com o Deputado Paulo Delgado, autor da Lei 10.216

MOSTRA: DOCUMENTÁRIOS DE SAÚDE MENTAL

No dia 29 de outubro vai acontecer a Mostra de documentários e filme sobre Saúde Mental no Auditório do CED. Para saber mais visite a página do VIII Encontro Catarinense de Saúde Mental.

FESTA DAS MÁSCARAS

Entre as atividades de integração previstas no VIII Encontro Catarinense de Saúde Mental está a Festa das Máscaras. Os ingressos serão vendidos no Evento pela Associação dos Usuários do CAPS Ponta do Coral. O local de encontro será o Bar Budo – Antiga Creperia da Lagoa.

Secretaria Executiva do VIII Encontro Catarinense de Saúde Mental; encontrodesaudemental@yahoo.com.br;
http://www.ccs.ufsc.br/spb/saudemental

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

19 de novembro de 2009

ONU pede atenção a refugiados do clima

O aquecimento global aumentará o número de migrantes em todo o mundo e exigirá de todos os países que estejam preparados para dar condições de vida dignas a essas populações. O alerta consta do relatório mundial do UNFPA (Fundo de População das Nações Unidas), divulgado nesta quarta-feira (18). O documento também defende mais investimentos em saúde reprodutiva, para que cada família tenha melhores condições de planejar, livremente, o número de filhos desejados. Uma população crescendo em ritmo menor é um dos fatores que podem contribuir para desacelerar o aquecimento global. (…) Nas duas últimas décadas, diz o texto, os registros de desastres naturais passaram de cerca de 200 por ano para mais de 400. Sete em cada dez dessas tragédias foram, de alguma maneira, relacionadas com o clima. Elas afetam por ano cerca de 211 milhões de pessoas, número que só tende a crescer. (…)
Outro alerta que o relatório faz é para o aumento de doenças causadas pelo aquecimento global. Um dos exemplos citados –e que afeta o Brasil– é o provável aumento da população vulnerável a doenças transmitidas por mosquitos. Como as temperaturas vão se elevar, epidemias como as de dengue afetarão cidades que, por estarem em altitudes mais elevadas ou em climas mais frios, antes não sofriam os efeitos dessas doenças.

Fonte: UOL Notícias – WWW.noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

8 de dezembro de 2009

Mudanças Climáticas no Sul do Brasil.

RS [Rio Grande do Sul] já tem 168 municípios em situação de emergência

Porto alegre – Um levantamento da Defesa Civil indica que 168 municípios do Rio Grande do Sul já decretaram situação de emergência desde o início de novembro por motivos como vendavais, tornados, enxurradas e alagamentos. (…) Hoje, entraram na lista as prefeituras de Porto Vera Cruz, Santa Cruz do Sul, Tapes, Novo Cabrais e Formigueiro. (…) Em todas as demais regiões do Estado, os rios estão baixando. Mesmo assim, o boletim mais recente da Defesa Civil, emitido na tarde de hoje, indica que 7,8 mil pessoas permanecem desalojadas, morando temporariamente em casas de amigos e parentes, e outros 4,5 mil seguem desabrigadas, em ginásios de esportes, salões comunitários e escolas disponibilizados pelas prefeituras. Os temporais de novembro também deixaram um saldo de oito mortos. (…)

Fonte: UOL Notícias; WWW.noticias.uol.com.br; 08/12/2009 – 19h52

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

14 de dezembro de 2009

Greenpeace faz ‘cavalgada apocalíptica’ em Copenhague.

Copenhague, 14 dez. – Ativistas da organização ambientalista Greenpeace organizaram nesta segunda-feira uma “cavalgada apocalíptica” em Copenhague para lembrar aos políticos o que eles acreditam que pode acontecer em menos de cinquenta anos se não for assinado um tratado vinculativo na conferência sobre alterações climáticas. (…) Quatro ativistas montados a cavalo, mascarados de Cavaleiros do Apocalipse, partiram do navio da Greenpeace Artic Sunrise em direção ao Ministério do Meio-Ambiente, terminando o protesto em frente ao Edifício do Parlamento Dinamarquês. Um grupo de ativistas com estandartes juntou-se a passeata, hasteando mensagens de anúncio de peste, guerra, fome e morte. (…) O Greenpeace indica que estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que doenças como a malária e o dengue podem alastrar-se para partes da Europa e América do Norte em 2030. Além disso, cientistas da Universidade de Copenhague fizeram estudos que atestam que uma subida da temperatura em 2ºC na China pode afetar milhares de pessoas, devido a ampliação em duas vezes da zona de schistosomiase (doença provocada pelo parasita schistosoma). “Estes são alguns exemplos da peste que pode atingir o globo”, acrescenta a ativista.

Os ambientalistas acreditam ainda que os conflitos de guerra possam multiplicar-se devido aos efeitos das alterações climáticas. Citando estudos do organismo britânico RUSI (Royal United Services Intitute), o Greenpeace salienta que “podem surgir conflitos com magnitude similar à das duas grandes guerras, mas desta vez ao longo de séculos”. “A fome poderá aparecer por causa da destruição das colheitas nas zonas tropicais devido a períodos de cheias e de secas prolongados”, (…)

Fonte: UOL NotíciasWWW.noticias.uol.com.br e Agência Lusa

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

14 de dezembro de 2009

180 cidades declaram situação de emergência no RS; mais de 6.000 estão fora de casa

O ciclone que atingiu o Rio Grande do Sul na noite do último sábado (12) deixou destruição em muitas cidades gaúchas, já bastante castigadas pela época de chuvas nos últimos meses. De acordo com a Defesa Civil do Estado, 180 cidades estão em situação de emergência e mais de 6.000 pessoas estão fora de suas casas. O fenômeno natural que passou pelo Estado trouxe ventos de até 121 quilômetros por hora. (…) Cerca de 61 mil famílias ficaram sem energia elétrica depois da passagem do ciclone, no sábado. (…) Ao todo, desde o dia 13 de novembro, oito pessoas morreram em decorrência das chuvas e 15.580 casas foram danificadas.

Nesta segunda-feira (14), embora o ciclone extratropical já tenha se afastado do Estado, ele ainda provoca uma grande agitação marítima do litoral do RS até o Rio de Janeiro. Segundo o Tempo Agora, ondas altas podem provocar ressaca no litoral desses cinco Estados.

Fonte: UOL Notícias – WWW.noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

19 de dezembro de 2009

Cúpula do clima de Copenhague termina sem acordo unânime

Terminou em completo desacordo a conferência mundial do clima, em Copenhague. Depois de horas de discussão, os 193 países encerraram a fracassada negociação ao “tomar nota” do acordo que havia sido aprovado, ontem (18), por Estados Unidos, China, Índia, Brasil e a África do Sul. Isso significa, segundo especialistas, que o acordo não teve a unanimidade de que precisava para vigorar, mas que, ainda assim, pode ser aplicado. Pelas regras da ONU (Organização das Nações Unidas), um acordo precisa de unanimidade para vigorar. Neste caso, no entanto, essa unanimidade exigia a conciliação de interesses de países exportadores de petróleo com os de ilhas tropicais preocupadas com as elevações do nível do mar –o que, afinal, se mostrou impossível. (…) O desacordo levou algumas delegações a afirmar que o impasse na cúpula do clima estava próximo do da rodada Doha. Um integrante da delegação sudanesa comparou políticas dos países desenvolvidos ao Holocausto, dizendo que o aquecimento global está matando gente na África. Já ontem, diante do inevitável fiasco de Copenhague, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, convocou uma nova reunião para Bonn, na Alemanha, em junho. A próxima COP está marcada para dezembro de 2010 no México.

Fonte: Uol Notícias – WWW.noticias.uol.com.br – com Folha de S.Paulo – WWW.folha.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

19 de dezembro de 2009

Córrego transborda e alaga ruas de Osasco; temporal deixou regiões de SP em atenção

O temporal que atingiu São Paulo e municípios da região metropolitana na tarde desta quarta-feira provocou o transbordamento de um córrego em Osasco (Grande São Paulo), deixando praticamente toda a cidade debaixo d’água, segundo a Defesa Civil Municipal. À noite, a chuva perdeu intensidade, porém, diversas vias permaneciam alagadas até as 22h. Ainda segundo a Defesa Civil, o centro da cidade ficou inundado, e houve registros de deslizamentos de terra na região conhecida como morro do Socó, mas não há informações sobre feridos ou desabrigados.

Além de Osasco, choveu forte em São Paulo e nos municípios de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, Cotia, Itapevi, Juquitiba, e Barueri. (…) Em São Paulo, as chuvas chegaram a causar 11 pontos de alagamento, sendo cinco deles intransitáveis. Em Barueri, os alagamentos deixaram pessoas ilhadas –que tiveram de ser resgatadas por helicóptero da Polícia Militar. (…) De acordo com a Defesa Civil de Barueri, apesar da diminuição da chuva, a avenida Piracema, no bairro Tamboré, e a alameda Araguaia, na região de Alphaville, permaneciam alagadas até a noite desta quarta. (…)

Fonte: UOL Notícias – WWW.noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

28 de dezembro de 2009

Chuvas, enchentes e ventos em São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Após alguns dias sem chuvas importantes, ontem voltou a chover e ventar forte em alguns estados do sul e sudeste do Brasil. No Rio Grande do Sul, o município de Alagoão sofreu com a passagem de um temporal com ventos fortes que destelharam dezenas de casas e estabalecimentos comerciais. No dia 27 voltou também a chover forte na cidade do Rio de Janeiro, em Guarulhos, no estado de são Paulo, onde 3 bairros ficaram alagados e na cidade de São Paulo, onde o Jardim Romano ficou novamente alagado. Neste bairro fica a Vila Pantanal que ficou 2 semanas alagada neste mês. Neste bairro, feito sobre uma várzea (como provavelmente o município de Alagoão no Rio Grande do sul), moradores fizeram protestos contra as enchentes realizando fogueiras nas ruas. Segundo uma moradora, os protestantes “querem sair do bairro, mas querem que eles indenizem a gente pelo valor que a casa vale”. Estes conflitos são uma lição para nós e para nossos administradores populistas, permissivos e corruptos e para os futuros administradores.

Enquanto isso, ocorrem incêndios florestais no Chile (talvez criminoso) e enchentes na Austrália.

Fonte: TV GloboNews – WWW.g1.com.br/globonews, Edição das Dez.

Rui Iwersen, Florianópolis, editor de GaiaNet

.

29 de dezembro de 2009

Verão será mais chuvoso nas regiões Sul e Sudeste por causa do El Niño

O verão no Brasil será mais chuvoso nas regiões Sul e Sudeste por causa do El Niño, fenômeno climático ocasionado pelo aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico Equatorial, que continuará no período de janeiro a março de 2010.

Além da maior parte do Sudeste (com exceção do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo) e toda a Região Sul, o volume de chuvas ficará acima do normal no sul de Goiás e em Mato Grosso do Sul. No norte do Amazonas e do Pará e no centro do Maranhão até a Paraíba choverá menos, segundo as previsões climáticas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). No restante do país, as chuvas ficarão dentro do normal. (…)

Fonte: UOL NotíciasWWW.noticias.uol.com.br e Agência Brasil – WWW.agenciabrasil.gov.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

30 de dezembro de 2009

Chuvas causam deslizamentos e deixam três feridos em Guaratinguetá (SP)

Três pessoas ficaram feridas na madrugada desta quarta-feira em dois deslizamentos de terra na cidade de Guaratinguetá (187 km de São Paulo). Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos oito bairros registraram danos e alagamentos. (…) Na segunda-feira (27), um homem morreu em decorrência das chuvas na cidade de Guarulhos (Grande São Paulo). Já no município de Capivari (137 km de SP) as chuvas afetaram cerca de 3.500 pessoas e provocaram prejuízos em torno dos R$ 2 milhões.

Fonte: UOL Notícias – WWW.noticias.uol.com.br e FolhaOnLine – WWW.folha.com.br

.

Chuvas afetam 30 mil pessoas em Capivari (SP); 3.500 deixam casas

A Prefeitura de Capivari (137 km de São Paulo) estima que as chuvas que atingem a cidade já afetou cerca de 30 mil pessoas por diversos motivos, como falta de água, estradas danificadas, pontes caídas ou casas destruídas. A prefeitura estima que o total de pessoas fora de casa devido as chuvas na cidade seja em torno dos 3.500. O nível do rio, que chegou a baixar para 2,75 metros ontem, voltou a subir e estava em 3,22 metros por volta das 11h de hoje. Às 13h, o nível recuou um pouco e baixou para 3,14 metros.

Os temporais prejudicaram o abastecimento de água na cidade devido a inundação da estação elevatória do Caraça. (…) Segundo a assessoria da prefeitura, 13 bairros estão alagados e o prefeito Luís Donisete Compaci (PMDB) estuda decretar situação de emergência. (…) A Defesa Civil de Capivari recomenda que as pessoas não retornem para suas casas, pois há previsão de mais chuva até o dia 31 de dezembro. Com isso, a água de toda a região deve chegar ao rio Capivari até o dia 2 de janeiro de 2010.

Fonte: UOL Notícias – WWW.noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

31 de dezembro de 2009

Sobe para 15 o número de mortes causadas pelas chuvas no Rio, diz Defesa Civil

A Defesa Civil Estadual confirmou no início da tarde desta quinta-feira que subiu para 15 o número de mortes causadas pelas chuvas na região metropolitana do Rio. O órgão informou ainda que há nove pessoas feridas e, até as 12h, foram registradas 264 chamadas de socorro devido a alagamentos, inundações, deslizamentos e rolamento de pedras.

“A cidade toda está sendo afetada. Já são quase 24h ininterruptas de chuva. A grande recomendação é que as pessoas que moram em áreas de risco, em encostas, deixem suas casas imediatamente. A quantidade de chuva é muito forte e isso preocupa”, afirmou à Folha Online o subsecretário de Defesa Civil Municipal, coronel Sérgio Simões. De acordo com Simões, a chuva está distribuída em toda a cidade, mas as regiões que devem receber mais atenção são as encostas. (…)

Fonte: UOL Notícias – WWW.noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

..

18 de março de 2010

Mudanças climáticas e ambientais da Terra – água.

A região sul da China passa pela pior seca dos últimos 60 anos.

Fonte: Globo News – http://www.g1.com.br/globonews -, Em cima da hora, 12 horas.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

21 de março de 2010

22 de março – Dia Mundial da Água.

Grandes peixes em extinção.

Em sua programação especial dedicada ao Dia da Água, o canal National Geographic – http://www.natgeotv.com – canal 33 da Net, discutiu, no dia de hoje, alguns aspectos ecologicamente significativos deste importante elemento do planeta Terra – a água.

“A Terra é o único planeta do nosso sistema solar com água em estado líquido e, comprovadamente, contendo vida. Logo, informar-se, refletir e discutir sobre a água é mais do que importante. É vital. Uma das citações do NatGeo no Dia da Água mostra a importância vital de discutir sobre este elemento vital de Gaia: “90% dos peixes grandes já foram extintos. Se continuar neste ritmo, em 2048 não haverá mais pesca”.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

22 de março de 2010

22 de março – Dia Mundial da Água.

Assim como os índios, as mulheres e a Terra, a água também tem ainda um dia que lhe resta, em que pensamos mais nela, em que zelamos por ela, em que cuidamos dela!

No Dia da Água, ONU defende urgência de preservação

Hoje, data em que se comemora do Dia Mundial da Água, a Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou um comunicado sobre a qualidade do recurso, vital para a vida na Terra. No documento, a entidade lembra que a qualidade da água em todo o mundo é ameaçada pelo crescimento populacional e pela expansão das atividades industrial e agrícola. O texto afirma também que as mudanças climáticas ameaçam alterar o ciclo global hídrico e que há a necessidade urgente que os setores público e privado de todo o mundo se unam para assumir o desafio de proteger e melhorar a qualidade de rios, lagos e aquíferos. (…) Além da questão humana, o relatório fala sobre as perdas econômicas decorrentes, lembrando que a falta de água e de instalações sanitárias, apenas na África, são estimadas em US$ 28,4 bilhões, o que significa cerca de 5% de seu Produto Interno Bruto (PIB).A boa notícia, lembra a ONU, é que soluções são implementadas em vários lugares. Mas a entidade diz que atitudes corajosas precisam ser tomadas nos âmbitos internacional, nacional e local, já que o assunto precisa ser tratado como prioridade global, pois a vida humana depende de nossas ações tomadas hoje. O documento é encerrado com a frase “água é vida”.Fonte: UOL NotíciasWWW.noticias.uol.com.br e Reuters

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

22 de março – Dia Mundial da Água.

A ONU tem razão em defender a preservação da qualidade da água porque, por enquanto …

Água contaminada mata mais do que guerras, diz ONU

Nairóbi, Quênia – Mais pessoas morrem por causa de água poluída a cada ano do que por todas as formas de violência, inclusive guerras, diz um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado hoje, no Dia Mundial da Água. Segundo o “Água Doente”, relatório do Programa de Meio Ambiente da ONU, 3,7% de todas as mortes são atribuídas a doenças relacionadas à água, o que resulta em milhões de mortes. Mais de metade dos leitos hospitalares do mundo são ocupados por pessoas que sofrem com doenças relacionadas à água, informa o documento. O relatório também enfatiza a necessidade de se fornecer água limpa em todos os países e lembra que cerca de 2 bilhões de toneladas de resíduos líquidos – incluindo esgoto e lixo industrial – são despejados diariamente nos ecossistemas, ajudando a espalhar doenças (…)

Fonte: UOL NotíciasWWW.noticias.uol.com.br e Agência Estado – WWW.estadao.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

23 de março de 2010

Aquecimento causará aumento de alergias e doenças, adverte agência

As mudanças climáticas terão efeitos indiscutíveis na saúde, como o aumento das alergias e doenças transmitidas por mosquitos, e o aumento de problemas intestinais ligados à falta de água, advertiram nesta sexta-feira (19) em Paris especialistas em clima e saúde. “Em 2050, um em cada dois verões (hemisfério norte) se assemelhará à onda de calor de 2003”, que na França causou a morte de milhares de pessoas, indicou o diretor da Agência Sanitária do Meio Ambiente e do Trabalho (AFSSET), Dominique Gombert. Segundo ele, já é possível prever que o aumento das temperaturas durante o verão provocará um forte avanço da mortalidade entre as pessoas mais velhas, ou frágeis. Além disso, as ondas de frio serão mais intensas, inclusive mais mortíferas, acrescentou o diretor. Alguns poluentes –como as partículas finas–, também aumentarão, devido ao aquecimento global, acrescentou. “Serão mais precoces e permanecerão por mais tempo”, explicou Gombert. “Esta poluição terá os mesmos efeitos dos picos de poluição atuais, que geram um aumento das doenças respiratórias (bronquite, asma) e problemas cardiovasculares, assim como uma sensibilidade maior às infecções causadas por micróbios”, advertiu.

O aquecimento global provocará uma redistribuição da vegetação no território: por exemplo, a oliveira terá uma tendência de crescer melhor no norte. Além disso, acrescentou, os períodos com muito pólen vão aumentar, o que provocará mais casos de alergias, indicou. São previstos também outros problemas de saúde, como cânceres de pele, devido à intensificação dos raios solares, e o aumento das doenças como a febre tifóide ou a cólera, porque a água será mais escassa e mais contaminada, alertou. (…) Segundo ele, as mudanças climáticas não são “um risco a mais”, entre outros, e sim “uma mudança de escala do risco”, dada a quantidade de pessoas expostas.

O Observatório Nacional sobre os Efeitos do Aquecimento Global (Onerc) sugere algumas maneiras de combater esses efeitos das mudanças climáticas na saúde, entre elas uma supervisão maior dos agentes infecciosos e da qualidade da água e do ar.

Fonte: UOL Notícias – WWW.noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

15 de abril de 2010

Preparando a Conferência Nacional, profissionais de saúde, gestores, usuários do SUS e população em geral discutem sobre política de saude mental.

Conferência Municipal de Saúde Mental de Florianópolis.

Convidamos Vossa Senhoria para participar da Conferência Municipal de Saúde Mental de Florianópolis, a ser realizada no dia 17 de abril de 2010, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h, no auditório da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL), localizado na Rua Padre Roma, n°. 404, Centro, Florianópolis/SC.

Secretaria Municipal de Saude

As Conferências de Saúde são espaços destinados a analisar os avanços e retrocessos do SUS e a propor diretrizes para a formulação das políticas de saúde. Segundo a Lei 8142/90 As Conferências de Saúde são espaços que contam com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes, convocada pelo Poder Executivo ou, extraordinariamente, por esta ou pelo Conselho de Saúde. Espero a participação de todos para contribuir na formulação da política de saúde mental de Florianópolis.

Sonia Saraiva; Coordenação de Saude Mental de Florianópolis.

A ACP [Associação Catarinense de Psiquiatria] reitera o convite da Coordenação de Saúde Mental de Florianópolis para a participação dos psiquiatras na Conferência de Saúde Mental do município, no dia 17 de abril de 2010, 08h30, no auditório da Unisul. A participação dos médicos nestes fóruns é muito importante para a melhor representação de pleitos da categoria.

Flávio Vicente, Presidente da ACP, www.acp.med.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

13 de maio de 2010

Chuvas em SC causam estragos em 33 cidades; 240 mil pessoas são afetadas

Balanço divulgado nesta manhã (13) pela Defesa Civil de Santa Catarina mostra que os temporais que atingiram o Estado nesta semana já deixaram estragos em 33 cidades e afetaram mais de 240 mil pessoas. No total, são 2.952 desalojados, 575 desabrigados, 22 feridos e 1 desaparecido. Ao todo, 1.843 residências e 72 prédios públicos sofreram algum tipo de dano. (…) As consequências das fortes chuvas também atrapalham o tráfego de veículos em alguns trechos da rodovia BR-101. (…)

Mesmo com a diminuição das chuvas, persiste em atenção a costa sul do país, pois o sistema de baixa pressão sobre o oceano ainda deixará o mar agitado, com condição de ressaca principalmente na costa do Estado catarinense. (…)

Fonte: UOL Notíciashttp://noticias.uol.com.br/

.

Chuvas deixam 3.500 fora de casa e fazem sete cidades decretarem emergência em SC [Santa Catarina]

As fortes chuvas que atinge o Estado de Santa Catarina desde o início da semana já fizeram sete cidades decretarem situação de emergência e deixaram cerca de 3.500 fora de suas casas. (…) O balanço divulgado na manhã desta quinta-feira aponta mais de 240 mil pessoas afetadas pelos temporais que começaram na terça-feira (11). Dessas, 2.952 estão desalojadas –estão em casas de amigos e parentes– e 575 estão desabrigadas, ou seja, dependem de abrigos públicos. As chuvas deixaram ainda 22 pessoas feridas. Ao todo, são registrados 32 municípios afetados, sendo que sete decretaram situação de emergência. (…)

No decorrer do dia, o ciclone extratropical que age na região deve se afastar e o sol pode voltar a predominar. As temperaturas devem ficar em elevação. Apesar disso, o ciclone ainda provoca ventos fortes e ressaca no mar, o que mantém a região em alerta.

Fonte:Folha OnlineWWW.folha.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

14 de maio de 2010

Sobe para dez o total de cidades em emergência em SC; BR 101 é parcialmente liberada

Já chega a dez o número de cidades em situação de emergência em Santa Catarina por causa da chuva dos últimos dias. (…) Entre as 35 cidades atingidas pelos temporais dos últimos dias, Anitápolis, Braço do Norte, Criciúma, Garopaba, Lauro Muller, Meleiro, Morro da Fumaça, Orleans, São Martinho e Siderópolis estão em emergência.

No total, 257.968 pessoas foram afetadas pelas chuvas, que desabrigaram 415 pessoas – aquelas que perderam tudo e precisam de abrigos públicos – e deixaram outras 3.712 desalojadas – aquelas que podem contar com a ajuda de vizinhos e familiares. (…)

Fonte: UOL Notíciashttp://noticias.uol.com.br/

.

Número de cidades em situação de emergência dobra em um dia em SC [Santa Catarina]

O número de cidades em situação de emergência por causa das chuvas no Estado de Santa Catarina dobrou de dez para 20 de ontem (13) para hoje (14). A informação é do último balanço da Defesa Civil estadual, publicado nesta tarde de sexta-feira. Outro número que sofreu modificação foi o de cidades afetadas pelas chuvas no Estado: agora são 42 .

No total, as chuvas no Estado deixam 3.742 desalojados (acomodados em casas de amigos e parentes), 415 desabrigados (encaminhados a abrigos públicos), 26 feridos e um desaparecido. Ao todo, 2.081 residências e 78 prédios públicos sofreram algum tipo de dano. (…)

Fonte: UOL Notíciashttp://noticias.uol.com.br/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

14 de junho de 2010

Bahia, Ilhéus e Golfo do México

Em 2007, quando viajei pela última vez pela Bahia, uma das imagens que mais me marcou foi uma vista de uma bela área de Mata Atlântica, com coqueiros, praia e mar ao fundo, nos arredores de Ilhéus. Hoje, quando tive notícias da Bahia pela última vez, uma das imagens que mais me marcou foi ver aquela mesma praia de Ilhéus, aquele mesmo mar e aquela mesma floresta ameaçados pelo projeto de construção de um porto e de uma ferrovia.

Em defesa do meio ambiente, e contra os explícitos interesses mercantilistas, especialmente do comércio e da hotelaria, os ambientalistas de Ilhéus e da Bahia estão mobilizados e lutando para evitar este projeto e seus possiveis danos ecológicos para a região, para Ilhéus, para a Bahia, para a Mata Atlântica e para o Oceâno Atlântico.

Para ilustrar uma possibilidade futura para a região de Ilhéus, além do dano ambiental imediato para a fauna, para a flora, para o turismo, para a sustentabilidade regional em geral, uma notícia da América do Norte, mais especificamente, do Golfo do México: o Presidente dos Estados Unidos classificou o atual desastre ambiental no Golfo do México de “o 11 de setembro do meio ambiente”.

Felizmente, o Presidente dos Estados Unidos aproveitou a situação para intensificar sua luta por energia limpa e renovavel em seu país.

Rui Iwersen, editor

.

18 de junho de 2010

Mudanças Globais e Desastres Naturais em pauta na UFRJ

2ª conferência Internacional de Países de Língua Portuguesa: Mudanças Globais e Desastres Naturais

Rio de Janeiro – RJ, 21 a 23 de Junho de 2010.

Em outubro de 2008 a Universidade de Coimbra (em Portugal) realizou a I Conferência Internacional de Países de Língua Portuguesa. O evento realizou-se no contexto do Ano do Planeta Terra, e o tema discutido foram as mudanças climáticas. Neste ano, o Instituto de Geociências (Igeo) da UFRJ realiza a segunda edição da Conferência, continuando com o tema, que agora leva o nome de “Mudanças Globais e Desastres Naturais”. (…)

Fonte: Boletim Olhar Vital – www.olharvitalufrj.br – UFRJ, edição 220, 17/06/10

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

19 de junho de 2010

Brasil seguirá usando agrotóxico banido

Agrotóxicos proibidos em vários países e já vetados no Brasil pelo Ministério da Saúde devem continuar a ser usados em alimentos comuns da mesa do brasileiro, como arroz, feijão e tomate. No final de 2009, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu banir cinco agrotóxicos ligados a problemas como câncer e má-formação fetal: triclorfom, cihexatina, acefato, endossulfam e metamidofós, estes três últimos encontrados em alimentos no país.

Pela indicação do órgão do Ministério da Saúde, o uso seria diminuído gradativamente até que as substâncias fossem totalmente eliminadas no final do ano que vem. Em março deste ano, no entanto, o Ministério da Agricultura publicou uma portaria na qual mantém o uso desses compostos, por meio do Plano Nacional de Manejo do Risco de Agrotóxicos.

A ideia da pasta é só restringir a venda e impor mais limites na aplicação, em vez de eliminar as substâncias. A medida é polêmica porque, pela lei, a palavra final sobre o tema é das pastas da Saúde e do Meio Ambiente, e não da pasta da Agricultura. (…)

DOENÇAS NEUROLÓGICAS

Pesquisas recentes mostram a relação da exposição a essas substâncias com doenças do sistema nervoso. Em 2008, um estudo de uma universidade americana mostrou que 61% dos pacientes com mal de Parkinson relataram contato com a aplicação desses produtos tóxicos. Neste ano, a Academia Americana de Pediatria fez uma pesquisa com 1.100 crianças e constatou que as 119 que apresentaram transtorno de deficit de atenção tinham resíduo de organofosforado (molécula usada em agrotóxicos) na urina acima da média de outras crianças. Em 2009, foi usado 1 milhão de toneladas de agrotóxicos em lavouras do país. Ou seja, 5 kg por brasileiro. (…)

Fonte: Folha.comhttp://www.folha.uol.com.br/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

2 de julho de 2010

Brasil 1, Holanda 2: uma derrota anunciada pelo “descontrole”

Analisando os últimos jogos do Brasil, os cartões amarelos recebidos, as faltas desleais, os cartões vermelhos, o sorriso de Kaká durante sua expulsão, os murros do técnico da equipe sobre o gramado ou na marquise de seus reservas, podia-se ver que a seleção brasileira não estava bem e que poderia se dar mal, o que aconteceu.

Para vermos como os aspectos emocionais prejudicaram a seleção brasileira durante a Copa do Mundo na África do Sul, lembremo-nos, por exemplo, do jogo contra Portugal: jogo de inimigos no primeiro tempo, jogo de compadres no segundo, e comparemos com o jogo contra a Holanda hoje: jogo de mestres no primeiro tempo, jogo de “destemperados” no segundo. Infelizmente, esta política da violência não é só dos jogadores e do atual técnico da seleção brasileira de futebol. Além de nosso “temperamento sul americano, que não sabe perder”, como disse ontem um jogador da Alemanha durante uma entrevista à imprensa, em seu duelo preliminar, de palavras, com a Argentina, tambem a imprensa tem sua parte de culpa. Comecemos a analíse da derrota brasileira para a seleção da Holanda e suas causas por algumas reflexões minhas, por um diálogo entre locutores da SporTV durante o jogo e de algumas cenas do técnico da Seleção:

1º tempo

– 10 minutos de jogo – “pra que tanta agressividade num jogo”? (reflexão minha);

– Durante todo o 1º tempo: “o que eu sempre pensei que fosse desagrado com os jogadores, o locutor da TV esclareceu: ‘Dunga briga com os juises'”. (mais uma reflexão)

– 40 minutos de jogo, Brasi 1 a 0 – “que bom que o futebol arte está prevalecendo”. (outra reflexão);

2º tempo

– Diálogo entre locutores sobre a agressividade do Kaká ao fazer uma falta:

“Não houve nada”. (locutor da SporTV)

“Olha a mão do Kaká empurrando as costas dele”. (segundo locutor)

“Ah! Em câmera lenta” … (primeiro locutor).

– Com aquela qualidade toda no 1º tempo, pra que tanta agressividade”? (reflexão)

– A Holanda empata o jogo e o Brasil se desorganiza, aumentando ainda mais sua violência.

– O jogador Felipe Melo, transtornado emocionalmente, como durante o jogo contra Portugal, agride intencional e maldosamente um jogador holandes e é expulso. O Brasil se desespera e perde por 2 a 1 para a Holanda.

O papel do psiquismo nos fenômenos sociais humanos, como uma Copa do Mundo, por exemplo, podem ser ilustradas por algumas frases dos locutores da SporTV (canal 39 da Net) sobre o transtorno emocional da seleção brasileira durante e após o jogo de hoje contra a Holanda, uma seleção tão “previsivel” no 1º tempo, tão superior ao Brasil no 2º:“Faltou controle emocional no 2º tempo”; “O Felipe Melo, nos últimos 45 minutos, jogou sua atuação do 1º tempo no lixo”; “Não foram os representantes da raça e da alegria do povo brasileiro”; “A seleção perdeu onde ela sempre foi forte, na cabeça, na calma, na técnica, na arte”; “O Dunga achou que ele iria desenvolver o lado bom dele [Felipe Melo]”; “O time todo mostrou ser um time desequelibrado”; “Faltou equilibrio emocional”; “Acho que nós perdemos por descontrole emocional” (SporTV; Papo de Torcida).

3 horas da tarde; 15 minutos após um jogo da Seleção Brasileira numa Copa do Mundo.

Não ouço buzinas, nem foguetes, nem vuvuzelas; à esquerda ouço um avião; à direita um cachorro late; ao fundo escuto o mar, o vento e um Bem-Te-Vi.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

13 de julho de 2010

Desmitificando o Homem e entendendo os outros animais

Tartaruga rejeitada faz amizade com brinquedo

Uma tartaruga do santuário de Tortoise Gardens, na região da Cornualha (sul da Inglaterra), fez amizade com uma tartaruga de plástico. Timid Timmy (“Tímida Timmy” em tradução livre) foi mantida em um viveiro separado depois que outras tartarugas a rejeitaram e a excluíram do grupo. Para ela não se sentir só Joy Bloors, a dona do santuário, colocou uma tartaruga de plástico em seu viveiro e desde então os dois são inseparáveis. Timmy aparenta demonstrar afeto e traz até comida para Tanya, a tartaruga de brinquedo. Segundo a dona do santuário, para que Timmy vá dormir, ela tem que colocar Tanya dentro de sua casinha primeiro.

O Tortoise Gardens cuida de mais de 400 tartarugas abandonadas, feridas ou importadas ilegalmente. Timmy foi levada ao santuário depois que seus donos, que a tiveram por 20 anos, se mudaram para a Nova Zelândia.

Fonte: UOL Notíciashttp://noticias.uol.com.br/e BBC Brasilhttp://noticias.uol.com.br/bbc/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

15 de agosto de 2010

20% dos soropositivos morrem sem diagnóstico

Mesmo garantindo tratamento da Aids gratuito e universal desde meados dos anos 90, o Brasil tem cerca de 20% dos diagnósticos da doença feitos só depois que o paciente morre. A constatação é da pesquisadora Monica Malta, da Fiocruz, que analisou os 386.209 casos registrados no país entre 1998 e 2008 _no total, 141.004 pessoas morreram em decorrência da doença. “Sem o diagnóstico, essas pessoas deixam de receber o tratamento que poderia fazer com que vivessem mais”, diz. “Se a pessoa morreu sem saber que tinha HIV, pode ter tido comportamento de risco sem saber que poderia estar transmitindo a doença”. O estudo, apresentado na 18ª Conferência Internacional de Aids, em julho, é o primeiro com informações nacionais, com base em quatro bancos de dados do governo. (…)

Fonte: Folha.com – http://www.uol.com.br/folha/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

16 de agosto de 2010

Doenças de enchentes ameaçam 3,5 milhões de crianças no Paquistão, diz ONU

A ONU alertou nesta segunda-feira que até 3,5 milhões de crianças paquistanesas que sobreviveram às enchentes no país correm agora o risco de contrair doenças associadas às águas, como diarreia, disenteria e cólera. A estimativa, baseada em cálculos do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), foi revelada à BBC Brasil por Stacey Winston, representante do escritório da ONU para a coordenação de assuntos humanitários da ONU em Islamabad. (…)

A OMS (Organização Mundial de Saúde) já está se preparando para uma possível epidemia de cólera no país. No fim de semana, a ONU confirmou ter identificado o primeiro caso da doença, embora o governo paquistanês não tenha notificado a entidade sobre casos confirmados. (…) Segundo o governo paquistanês, cerca de 20 milhões de pessoas foram afetadas pelas inundações e pelo menos 1,5 mil morreram. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, visitou o Paquistão e afirmou, no fim de semana, que a inundação no país é o pior desastre que já viu. Segundo ele, 20% do país está sob as águas.

Fonte: BBC Brasil – http://noticias.bol.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/bbc/ e UOL Ciência e Saúde – http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

19 de agosto de 2010.

“O Pará é, hoje, o campeão da violência no campo no Brasil”.

“No Paquistão há 20 milhões de atingidos pelas enchentes, e 4 milhões de desabrigados”.

“O dia 19 de agosto é o Dia Mundial da Ajuda Humanitária”.

Fonte: Globo News; Jornal das Dez.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

20 de agosto de 2010

ONU promove debate para tentar conter a desertificação mundial que atinge 1 bilhão de pessoas

A Organização das Nações Unidas (ONU) lançou hoje (16), em Fortaleza, a Campanha da Década dos Desertos e da Desertificação. O objetivo é atrair a atenção e a sensibilidade das autoridades e da população em defesa de medidas de proteção e gestão adequada das regiões atingidas pela seca.A degradação da terra ameaça a subsistência de mais de 1 bilhão de pessoas em cerca de 100 países. As informações são das Nações Unidas Os principais problemas são causados pela degradação contínua do solo devido às mudanças climáticas, à exploração agrícola desenfreada e à má gestão dos recursos hídricos.De acordo com especialistas, este conjunto de dificuldades provoca ameaça para a segurança alimentar e pode levar à fome das comunidades afetadas, além de gerar a degradação de solo produtivo. (…) A desertificação abrange mais de 3,5 milhões de hectares, que representam 25% do solo da Terra. (…)

Fonte: UOL Ciência e Saúde – http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ e Agência Brasil

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

22 de agosto de 2010

A utilidade das emoções

Os blogueiros russos venceram o fogo

Adeus calor, incêndios nas florestas, fumaças tóxicas! A onda de calor que dobrou a taxa de mortalidade em Moscou – 700 mortes por dia no momento em que o termômetro marcava 40 graus centígrados – terminou. Após seis semanas de seca e de incêndios, a Rússia respira. O fogo foi controlado. A meteorologia mostra temperaturas em baixa e até uma indicação de tempestade. O saldo é pesado: 200 mil hectares de florestas foram devastados, 2 mil construções foram reduzidas a cinzas, 54 pessoas morreram nas chamas, um terço da colheita de cereais virou fumaça, 25 regiões foram colocadas sob estado de emergência.

Mais uma vez, as autoridades foram pegas de surpresa. O calor e os incêndios, apesar de previstos pelo Greenpeace desde fevereiro e pela NASA desde abril, escaparam da vigilância dos serviços de previsão do ministério russo das Situações de Emergências (MTchS). A catástrofe revelou o esfacelamento da infraestrutura, a vulnerabilidade da população, e a incompetência das autoridades. Após o fim da URSS, o parque florestal, mais importante recurso do país depois do gás, do petróleo e dos metais, foi à ruína. As florestas foram privatizadas, mas não cuidadas. A adoção, em 2007, do novo código florestal não resolveu nada. (…)

Entretanto, se os incêndios acabaram sendo controlados, foi porque um formidável movimento de bombeiros voluntários surgiu por meio de redes sociais. Seminários de formação foram organizados, sem que as autoridades tenham feito nada para ajudar. A internet funcionou a todo vapor. Quer ser voluntário? Entre em http://community.livejournal.com/pozar_ru/. Quer informações sobre como dar ou receber ajuda? Entre em www.doctorliza.ru. Está procurando o mapeamento dos incêndios? Entre em http://russian-fires.ru. (…)

Fonte: LeMonde – http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/lemonde/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

08 de setembro de 2010

Mudanças climáticas preocupam e entristecem

Incêndios florestais destroem mais de 400 residências na Sibéria

Incêndios florestais atingiram diversos vilarejos na Sibéria, queimando cerca de 400 casas na quarta-feira, informou o Ministério das Emergências da Rússia, seguindo-se a uma onda de incêndios na Rússia que causou a morte de 54 pessoas entre julho e agosto.

Desta vez, não foi registrada nenhuma morte pelas chamas na região de Altai, na fronteira com o Cazaquistão. No verão, a Rússia registrou a pior onda de calor desde o início das medições, há 130 anos. (…)

Fonte: Reuters – http://noticias.bol.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/reuters/

.

Estiagem deixa 27 cidades do Amazonas em estado de alerta

A Defesa Civil do Amazonas fez hoje um alerta para 27 municípios por causa da estiagem, que castiga a região oeste do Estado.Devido ao baixo nível dos rios na vazante (descida das águas), cidades como Lábrea, banhado pelo rio Purus, Tabatinga e Atalaia do Norte, ambas no alto Solimões, e Guajará, no rio Juruá, podem ficar isolados para navegação.

A seca mais severa nos rios do Amazonas aconteceu em 2005. Mais de 60 mil famílias de 62 municípios tiveram que ser atendidas com cestas básicas, enviadas até por helicópteros do Exército, por causa do isolamento. (…)

Fonte: Folha.com – http://www.uol.com.br/folha/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

09 de setembro de 2010

Seca em rios da Amazônia já está próxima de nível recorde

Sem chuvas desde o mês de maio, a Amazônia enfrenta uma estiagem que já vem sendo considerada uma das piores dos últimos anos. Por causa da falta de chuva, os rios Javari, Juruá, Japurá, Acre, Negro, Purus, Iça, Jutaí, Solimões e Madeira estão com níveis abaixo da média. Já é possível ver bancos de areia no rio Solimões. No Pará, há cidades em que não chove há mais de 120 dias. (…)

Dados da estação telemétrica de Tabatinga (AM), por exemplo, indicam queda acentuada no nível do rio Solimões nesta cidade, o que dificulta a navegação até o município de Tefé (AM), fazendo com que, por razões de segurança, a navegação seja limitada ao período diurno. Nesta quinta-feira, um barco bateu em um banco de areia no município de Breve (PA), deixando um morto e sete feridos. No Porto de Manaus, o nível do Rio Negro estava em 20,67m no dia 08/09, mas vem baixando dia a dia. A menor cota já registrada no Porto foi de 13,64 m, em 1963. Os efeitos da seca já são sentidos pela população ribeirinha, uma vez que os rios da região têm papel fundamental principalmente para o transporte, abastecimento de alimentos, medicamentos e combustíveis. No início de setembro, a Defesa Civil do Amazonas emitiu alertas para 26 municípios do Estado. (…)

Fonte: UOL Notícias – http://noticias.uol.com.br e Agência Nacional de Águas

.

Seis cidades do Amazonas decretam situação de emergência pela seca

Seis cidades do Amazonas decretaram nesta quinta-feira situação de emergência por causa da estiagem, segundo a Defesa Civil. A seca é grave nos municípios de Tabatinga, Benjamim Constant, Atalaia do Norte (no rio Solimões), Itamarati, Ipixuna e Guajará (rio Juruá). Como o transporte na região costuma ser feito pelos rios, o baixo nível das águas prejudica o abastecimento nos municípios e comunidades.

Com os decretos de emergência fica caracterizado que a situação é anormal por causa de um desastre natural. (…) A origem do problema é a falta de chuvas na nascente do rio Solimões, localizada no Peru. O mesmo não ocorre na região banhada pelo rio Negro.

Fonte: Folha.com – http://www.uol.com.br/folha/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

13 de setembro de 2010

Com umidade em torno de 21%, São Paulo sai de estado de alerta e fica em atenção

A cidade de São Paulo saiu do estado de alerta e está em estado de atenção de acordo com a Defesa Civil, por conta da baixa umidade relativa do ar. O índice chegou a ficar em 15% durante o dia e agora está em torno de 21%, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências).

Às 18h, a cidade paulista monitorada oficialmente pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) que teve o menor índice de umidade do ar foi São Simão (278 km de São Paulo), com 15%. (…) A Defesa Civil de São Paulo informa que com a baixa umidade, a qualidade do ar piora, e isso leva ao surgimento ou aumento de doenças respiratórias, cardiovasculares e oculares. (…)

Fonte: Folha.com – http://www.uol.com.br/folha/

.

Maringá-PR registra menor umidade de ar desde 1999

Curitiba – A região de Maringá, no norte do Paraná, teve hoje o menor índice histórico de umidade relativa do ar, de acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, que instalou a estação meteorológica na cidade em 1999.

Por volta das 16 horas, o nível chegou a 10,6%, considerado como estado de emergência pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Próximo da cidade, o município de Londrina registrou 12% de umidade relativa do ar. (…)

Fonte: Agência Estado – http://noticias.uol.com.br/ultnot/agencia/ e UOL Notícias – http://noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

18 de setembro de 2010

Seca, sofrimento, incêndios, sofrimentos …

Brasília (DF) completa 115 dias sem chuva neste sábado

A cidade de Brasília (DF) completa nesta sábado (17) 115 dias sem chuva. De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), nesta sexta-feira (17), a temperatura atingiu 31,8ºC, a mesma marca da última quarta-feira (15), até então o dia mais quente do ano. (…) E o menor índice de umidade relativa do ar foi 10% nos anos de 2002 e 2004. Neste ano, o índice mais baixo foi 12%, registrado no dia 4 de setembro. “Portanto, não há motivos para alarmar a população”, afirmou.

Apesar do período de estiagem (são quase três meses), de acordo com o Inmet, o maior período sem chuvas já registrado no Distrito Federal foi em 1963, com 164 dias de seca na cidade. Nos últimos cinco anos, a maior seca já registrada foi no ano de 2007, com mais de 123 dias sem chuvas.

Fonte: Folha.com – http://www.uol.com.br/folha/ e AGÊNCIA BRASIL

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

26 de setembro de 2010

Curiosidades ecológicas, psicológicas e etc.

“Todo mundo quer viver bastante, mas depois reclama quando fica velho”.

Saber Envelhecer; Cícero, Filósofo Romano; século III antes de nossa era.

Fonte: GaiaNet – https://gaianet.wordpress.com ; Curiosidades Ecológicas.

.

24 de outubro de 2010

Austrália transforma água do mar em água potável

Apesar de caros e combatidos por ambientalistas, equipamentos de dessalinização surgem como alternativa para suprir a necessidade de 22 milhões de australianos.

A dessalinização da água do mar é uma saída para as regiões de deserto do planeta. No programa, você vai ver como é feita a transformação da água do mar em água potável na Austrália – o país mais árido do mundo e o que mais investe nessa técnica. A repórter Giovana Vitola conheceu uma usina de dessalinização e conta os detalhes dessa transformação. Nos últimos quatro anos, a mesma água usada para surfar é a que começa a chegar às casas de milhões de australianos. Desde 2006, todas as principais cidades da Austrália passaram a construir usinas de dessalinização.

Em um dos maiores projetos de infraestrutura da Austrália, as cinco maiores cidades do país estão aplicando US$ 13,2 bilhões em usinas de dessalinização, com capacidade para sugar milhões de galões de água dos oceanos por dia, removendo o sal e produzindo água potável. Hoje, 15% da água potável de Sydney vem do mar. Apesar de caros e combatidos por ambientalistas, equipamentos de dessalinização surgem como alternativa para suprir a necessidade de 22 milhões de australianos. Para os críticos, o processo vai colaborar ainda mais para as mudanças climáticas que vêm agravando a escassez de água do país.

Fonte: Globo News – WWW.g1.globo.com/globonews ; Globo News Especial; Desafio Água; 24 de outubro de 2010.

.

“Desde 2006, todas as principais cidades da Austrália passaram a construir usinas de dessalinização”.
“Hoje, 15% da água potável de Sydney vem do mar”.

“Dentro de 2 anos, 30% da água potavel da Austrália virá do mar”.

“As usinas de dessalinização australianas estão usando energia de fazendas eólicas”.

Globo News; Globo News Especial; Desafio Água; 24 de outubro de 2010.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet.

.

01 de novembro de 2010

Tecnologia ferroviária

O programa Cidades e Soluções, da TV Globo News – WWW.g1.globo.com/globonews, canal 40 da Net, apresentará nas próximas quartas feiras, dias 3 e 10 de novembro, às 23h30, reflexões sobre bondes, metrôs e trens europeus, “este meio de transporte rápido, silencioso, econômico e não poluente”, e sobre “o que podemos aprender com a tecnologia ferroviária de Berlim e Paris.

Grandes migrações animais

Domingo, dia 7 de novembro, às 21 horas, na TV National Geographic – www.natgeotv.com, canal 33 da Net, “estréia mundial” de Grandes Migrações, sobre grupos de animais que “se movimentam para viver e vivem em movimento”.

Rui Iwersen, editor.

.

09 de novembro de 2010

A Colônia

O Discovery Channel – www.discoverybrasil.com, canal 51 da Net, apresentará 4ª feira, dia 10, às 23 horas, o programa A Colônia, sobre uma tentativa de “reconstrução após o apocalipse”.

Um Mundo de Gente

No domingo, dia 14, às 21 horas, o Discovery apresentará Um Mundo de Gente, um programa sobre “a população mundial, que cresce à proporção de 2 crianças por segundo”.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

22 de novembro de 2010

Exemplo de futuras possibilidades humanas.

Projeto que obriga casais [e] divorciados a plantarem árvore é rejeitado na Câmara

Cada vez que um brasileiro se casa, se divorcia ou adquire um carro novo, o meio ambiente sofre algum impacto. Pelo menos é assim que pensa o deputado Manato (PDT-ES), cujo Projeto de Lei 2900/08, que torna obrigatório o plantio de árvores nesses casos, foi rejeitado pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. As construtoras de imóveis ainda fazem parte desta lista.

O parlamentar sustenta que todas essas situações – casamento, divórcio, aquisição de veículo e construção – contribuem para o aquecimento global, uma vez que geram aumento no consumo de água e energia. A proposta, de acordo com informações da Agência Câmara, será arquivada, pelo fato de ter sido rejeitada por todas as comissões que passou. (…)

Fonte: UOL Economia – http://economia.uol.com.br/ e InfoMoney – http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias//infomoney

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

25 de novembro de 2010

Registros de armas no Estado de SP se multiplicam por 10 em 4 anos

Os registros de armas emitidos no Estado de São Paulo foram multiplicados por dez entre 2005 e 2009. Há cinco anos, durante a campanha pelo desarmamento, a Polícia Federal registrou 4.178 armas no Estado. Em 2009, foram registradas 41.487. Os dados parciais de 2010 indicam mais 63.860 registros, oriundos, em sua maioria, de processos em que o dono da arma deu entrada no ano passado e os registros estão sendo dados este ano. De acordo com o Ministério da Justiça e a PF, a campanha de regularização de armas promovida até o final de 2009 explica os números.

A campanha criou uma espécie de anistia para donos de armas com registros vencidos ou mesmo sem nenhum tipo de registro. Foi possível para esses proprietários registrar suas armas de forma gratuita e sem realização de teste prático de tiro e exame psicológico, como prevê o Estatuto do Desarmamento. (…) “É um risco ter essas pessoas despreparadas com armas na mão, mas era um risco maior tê-las despreparadas com a arma na mão e sem registro”, diz Mizne. (…)

Fonte: Folha.com – http://www.uol.com.br/folha/

.

Frota de SP atingirá sete milhões de veículos em janeiro

“A frota de São Paulo deve ultrapassar sete milhões de veículos nos próximos 60 dias. Em média, serão três carros para cada cinco habitantes da cidade, considerando uma população de dez milhões de pessoas estimada preliminarmente pelo Censo 2010”.

“Ao longo do último ano, a cidade recebeu mais 27 mil veículos por mês. O aumento foi de 4% em relação a 2009, mas de mais de 45% desde que o rodízio municipal foi criado, em 1997″.

Fonte: Yahoo! Notícias – WWW.br.noticias.yahoo.com

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

29 de novembro de 2010

Promoção em concessionária da Flórida: um rifle por uma caminhonete

Uma concessionária de caminhonetes da Flórida, região sudeste dos Estados Unidos, triplicou suas vendas com uma promoção inusitada: um rifle AK-47 na compra de um veículo.

“Começamos na quarta-feira (11 de novembro), Dia dos Veteranos de Guerra. E em quatro dias triplicamos as vendas”, afirmou Nick Ginetta, gerente de vendas da Nation Trucks, em Sandford. A loja oferece na compra de uma caminhonete um bônus para a aquisição de um fuzil de assalto semiautomático Kalashnikov em uma loja de armas próxima. (…) Em quatro dias a concessionária entregou 21 cupons para AK-47. A ideia é manter a promoção até o fim do mês, quando o estoque de 100 rifles deve chegar ao fim. (…) A campanha provoca piadas entre os funcionários da loja. “Chefe, na linha 1, Bin Laden quer comprar uma caminhonete”, brincam os vendedores.

Fonte: Yahoo! Notícias – WWW.br.noticias.yahoo.com e AFP – WWW.afp.com/afp.com/pt

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

02 de dezembro de 2010

Ao menos 12 supostos bruxos são linchados por espalhar cólera no Haiti

Ao menos 12 pessoas foram linchadas nos últimos dias no sudoeste do Haiti por um grupo de cidadãos enfurecidos que os acusavam de ter trazido a epidemia de cólera ao país, disse uma fonte da polícia à agência France Press. Já fontes médicas ouvidas pela agência Efe falaram em ao menos 15 mortos por linchamento. (…) A epidemia de cólera já deixou mais de 1.800 mortos no país caribenho desde meados de outubro. O país ainda se recupera dos estragos após o forte terremoto de 12 de janeiro, que matou cerca de 250 mil pessoas e deixou 1,3 milhão de desabrigados vivendo em acampamentos improvisados.

“Uma dezena de pessoas acusadas de ter trazido o cólera para a região, que até o momento não o tinham, foram assassinadas a golpes de facão e a pedradas, e seus corpos foram queimados na rua”, disse um inspetor da polícia haitiana, por telefone, à France Presse. (…)

Os linchados são “pessoas acusadas de bruxaria vinculada ao cólera; segundo a multidão, tinham semeado uma substância que propaga a doença na região”, explicou Numa. “É difícil investigar, já que a população se nega a colaborar com a Justiça, porque acreditam de verdade que os bruxos matam aproveitando a epidemia de cólera”, acrescentou.

Fonte: Folha.com – http://www.uol.com.br/folha/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

10 de dezembro de 2010

SP tem ao menos 420 áreas com risco de deslizamento

A cidade de São Paulo tem hoje mapeadas cerca de 420 áreas de risco geológico, espalhadas em 26 das 31 subprefeituras – só estão de fora desse grupo Sé, Pinheiros, Vila Mariana, Santo Amaro e Mooca. São esses os primeiros dados surgidos a partir do mapeamento encomendado pela Prefeitura ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

O trabalho, em fase final de elaboração, começou a ser feito há um ano. Nesse período, uma equipe formada por quatro geólogos e geógrafos do Laboratório de Riscos Ambientais do IPT percorreu favelas, encostas e margens de córregos para inspecionar a condição dos terrenos. As áreas foram classificadas em quatro níveis – muito alto, alto, médio e baixo -, de acordo com o risco de escorregamento. Com cerca de 10 mil páginas, esse é o mais amplo relatório sobre áreas de risco já produzido no País. (…)

Fonte: Agência Estado – http://noticias.uol.com.br/ultnot/agencia/ e UOL Notícias – http://noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

15 de dezembro de 2010

Em um ano, quase 12 milhões de pessoas foram roubadas ou furtadas no país

A pesquisa “Características da Vitimização e do Acesso à Justiça no Brasil”, divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que 11,9 milhões de pessoas foram roubadas ou furtadas no país durante o período de um ano. O número representa 7,3% da população com idade a partir de 10 anos. A região com maior percentual de vítimas foi o Norte do país, onde quase 10% da população foi alvo de roubo ou furto. O menor percentual foi registrado no Sudeste, com 6,7% da população.

Os dados mostram que os roubos ou furtos atingem preferencialmente moradores de áreas urbanas e que os homens são alvos mais frequentes do que as mulheres. A análise por faixa etária mostra que o maior percentual de pessoas assaltadas foi registrado entre pessoas de 16 a 24 anos (8,9%). Nas cidades, o percentual de entrevistados que declararam ter sido alvo de algum destes eventos chega a 8,1%. Em áreas rurais, essa participação cai para 3%. (…) Os itens mais visados pelos criminosos foram telefone celular, dinheiro, cartão de crédito ou débito ou cheque. Em seguida, aparecem na lista documentos e objetos pessoais, bicicleta e carro.

Fonte: Folha.com – WWW.folha.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

16 de dezembro de 2010

Cólera leva mais sofrimento às famílias haitianas; país já registrou mais de 90 mil casos da doença

Mais que estatísticas alarmantes, a epidemia de cólera que assola o Haiti produz sofrimento. Famílias inteiras estão sendo infectadas pelo que os médicos temem ser uma nova onda da doença. Nos últimos dias, as crianças estão sendo mais afetadas. A violência da doença é tão grande que, muitas vezes, pais e filhos são internados ao mesmo tempo nos hospitais improvisados montados por organizações internacionais. Segundo últimos dados do governo haitiano, o país já registrou mais de 90 mil casos e cerca de 2.200 mortes em consequência da doença.

Na casa de Mirland, 21, o cólera foi cruel. Antes dela, outras duas crianças com quem ela vive já haviam sido infectadas. Foi cuidando de uma delas que ela contraiu a doença. Sua filha, de apenas um ano de idade, também começou a apresentar os sintomas. Casos como o de Mirlande são cada vez mais comuns e estão fazendo com que os médicos coloquem pais e filhos internados uns ao lado dos outros. (…)

Fonte: UOL Notícias – http://noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

19 de dezembro de 2010

Conhecer os outros animais para conhecer melhor o homem

“Os chimpanzés ficam muito deprimidos quando perdem um filhote”.

“Como os humanos, filhotes gêmeos de chimpanzé mostram ciume pela atenção da mãe ao outro”.

“Em geral os chimpanzés ficam com a mãe ate os 10 anos de idade”.

“Irmãos mais velhos de chimpanzés sentem ciume da atenção da mãe ao irmão caçula”.

“Chimpanzés se beijam, se abraçam e dão as mãos”.

“Os chimpanzés fazem e usam ferramentas”.

“Os chimpanzés são tão semelhantes aos humanos que estão sujeitos às mesmas doenças”.

“Para afugentar possiveis predadores, os chimpanzés ficam na posição bípede e usam algum objeto disponivel”.

“Nos anos 70 havia 1 milhão de chimpanzés na natureza; hoje não há mais do que 100 mil”.

“Os Chimpanzés estáo na lista das espécies ameaçadas de extinção”.

TV Animal Planet; Quase Humanos; 19 de dezembro de 2010

Fonte: GaiaNet; Curiosidades Ecológicas; Os Outros Animais do Planeta

.

23 de dezembro de 2010

“Com o assalto a meu apartamento há 2 meses, subiu para 60 o número de furtos, roubos, assaltos e falcatruas que já sofri desde o furto de minha bicicleta na infância, uma média aproximada de 1 violência por ano”.

“Já está quase ficando natural eu abrir com uma chave o portão de meu prédio, a porta de meu prédio, a grade de minha porta e a porta de meu apartamento para eu poder entrar em minha casa”.

Rui Iwersen; 23 de dezembro de 2010

Fonte: GaiaNet; Curiosidades Ecológicas; O Ambiente do Planeta

.

05 de janeiro de 2011

Chuva matou 473 e afetou 7,8 milhões no Brasil em 2010

As chuvas que atingiram o Brasil em 2010 provocaram a morte de 473 pessoas em 11 Estados das regiões Sul, Sudeste, Norte e Nordeste. De acordo com a Secretaria Nacional de Defesa Civil, ao todo, mais de 7,8 milhões de moradores de 1.211 municípios foram afetados de alguma forma pelas chuvas. Desses, 101.298 ficaram desabrigados – pessoas que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos – e outros 302.467 ficaram desalojados – os que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares.

O número de vítimas abrange as mortes ocorridas em Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Acre, Alagoas, Pernambuco e Bahia. O Rio é o Estado que registrou mais óbitos decorrentes dos temporais, com 316 mortes. Somente em Niterói, o município mais atingido, foram pelo menos 168 vítimas, grande parte em consequência dos desabamentos e deslizamentos de terra no Morro do Bumba, no início de abril. (…)

Fonte: UOL Notícias – http://noticias.uol.com.br e Agência Estado – http://noticias.uol.com.br/ultnot/agencia/

Rui Iwersen, editor de GaiaNet.

.

08 de janeiro de 2011

Estudo: 18 mil imóveis do RJ estão em área de alto risco

Cerca de 18 mil imóveis localizados em 117 comunidades da cidade do Rio de Janeiro estão em áreas consideradas de alto risco de deslizamentos, de acordo com estudo inédito da Fundação Geo-Rio, divulgado hoje. De acordo com a prefeitura, o mapeamento, feito antes das chuvas de abril do ano passado, chegou a computar 21 mil. Após obras de contenções feitas em encostas, pelo menos três mil imóveis saíram das áreas de risco para deslizamentos.

O mapeamento geotécnico foi feito pela primeira vez no Rio usando tecnologias modernas, como levantamento a laser do terreno e ortofotos. Ao todo, foram vistoriados 13,02 quilômetros quadrados (1.302 hectares), dos quais 30% foram considerados áreas de alto risco. (…)

Fonte: Yahoo! Notícias – WWW.br.noticias.yahoo.com

.

SP tem 17 regiões em atenção para deslizamentos

A Coordenadoria de Defesa Civil de São Paulo decretou estado de atenção para deslizamentos em 17 regiões da capital: Perus, Freguesia do Ó, Santana, Vila Prudente, Aricanduva, São Miguel Paulista, Penha, Cidade Tiradentes, Itaim Paulista, Ermelino Matarazzo, Guaianases, Itaquera, Capela do Socorro, Jabaquara, Santo Amaro, Cidade Ademar e Parelheiros.

As regiões de São Mateus, Jaçanã, Casa Verde, Pirituba, Butantã, Ipiranga, M’Boi Mirim e Lapa estão em estado de alerta para deslizamento. (…)

Fonte: Yahoo! Notícias – WWW.br.noticias.yahoo.com.

.

Brasil vai ganhar centro de prevenções de catástrofes

A criação de um centro de prevenção de catástrofes é um dos primeiros projetos que o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, quer colocar em execução no governo da presidenta Dilma Rousseff. Preocupado com os danos que as chuvas têm causado pelo país, o ministro quer integrar as previsões meteorológicas e os dados geográficos para minimizar os riscos de quem vive em áreas inadequadas.

Mercadante disse neste sábado que a ideia é investir em radares capazes de mapear com precisão as áreas de risco do país. Segundo ele, elas são aproximadamente 500. Porém, não há dados confiáveis sobre todas, principalmente, as que ficam fora de São Paulo e do Rio de Janeiro. Com as áreas mapeadas, toda vez que o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) prever tempestades nessas regiões, a Defesa Civil será alertada para que tome as providências necessárias. “Vamos fazer um trabalho de previsão de catástrofes”, explicou. (…) O centro de pesquisas ficará a cerca de 500 quilômetros da costa brasileira e deve ser construído em parceria com a Petrobras e outras empresas. No laboratório, serão feitas pesquisas sobre a biodiversidade e o aquecimento global, por exemplo. (…)

Fonte: Folha.com – http://www.uol.com.br/folha/ e AGÊNCIA BRASIL

Rui Iwersen, editor de GaiaNet.

.

13 de janeiro de 2011

2011 deve ser marcado por eventos climáticos extremos, diz especialista

Furacão em Santa Catarina, secas no Rio Grande do Sul e Amazonas, chuvas no Sudeste e enchentes no Nordeste. A ocorrência de eventos climáticos extremos tem assolado o Brasil e é motivo de preocupação de moradores de praticamente todas as regiões do país. O mais preocupante é que eles devem acontecer com frequência em 2011 – como já mostra a situação em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Segundo o professor de meteorologia da Universidade Federal de Alagoas e coordenador da rede EumetCast (sistema de disseminação de dados da Organização Europeia para a Exploração de Satélites Meteorológicos) no Brasil, Humberto Barbosa, uma combinação de fatores climáticos associada a mudanças causadas pelo homem são responsáveis por eventos intensos distintos nas regiões.

(…) Segundo Barbosa, o contraste entre seca no Norte e no Sul, e chuvas no Sudeste e Nordeste, devem continuar se repetindo. “O padrão climático condicionado pelo La Niña é seca no Sul e chuvas [ou enchentes] no Nordeste. A seca no Sul já está sendo configurada; já as chuvas no Nordeste deverão ser configuradas a partir das diferentes quadras chuvosas. Este ano, os eventos extremos de secas e enchentes estão presentes, já que o La Niña traz mais vapor d’água para a região Nordeste e menos para o Sul”, afirmou. O professor explica ainda que os eventos podem ocorrer como enchentes, secas prolongadas, ondas de calor, tornados, e até mesmo furacões. “Exemplos de furacão Catarina, seca na Amazônia, chuvas no Sudeste e no Nordeste em 2010 são provas disso”, afirmou. Diante do cenário, o professor afirma que os órgãos públicos devem focar suas ações em prevenção. (…)

Fonte: UOL Notícias – http://noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

17 de janeiro de 2011.

Governo calcula que 5 mi de brasileiros vivam em áreas de risco

Brasília – O Governo brasileiro calculou nesta segunda-feira que cinco milhões de pessoas vivem em 500 áreas de risco no país, nas quais podem acontecer tragédias como a ocorrida no Rio de Janeiro, onde pelo menos 649 pessoas morreram na semana passada por deslizamentos causados pelas chuvas.

“Temos que criar um sistema de alarme, dar conhecimento à população e informar os procedimentos que ela tem que tomar em casos de risco”, disse aos jornalistas o ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante. (…) “Estimamos em aproximadamente 500 as áreas de risco no país, com cerca de 5 milhões de pessoas morando, e temos outras 300 regiões sujeitas a inundações” graves, indicou Mercadante. (…) o Governo quer que, pelo menos para o próximo verão, esse sistema possa operar nas regiões mais críticas do país. (…)

Fonte: UOL Notícias – http://noticias.uol.com.br e EFE – http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/

.

115 mil pessoas vivem em áreas de alto risco em São Paulo, diz prefeitura

A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras de São Paulo divulgou nesta segunda-feira (17) um balanço parcial de um mapeamento feito em parceria com o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) sobre as áreas de risco na cidade.

Segundo o levantamento, existem 407 áreas de risco na capital, em 26 subprefeituras. Dessas regiões, 27% das moradias estão localizadas em área de alto risco, o que equivale a 115 mil pessoas; 73% das demais regiões são consideradas de níveis de risco médio e baixo. (…)

Fonte: UOL Notícias – http://noticias.uol.com.br

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

13 de fevereiro de 2011

Sem alternativa, comunidade usa água contaminada por agrotóxicos no interior do Ceará

13/02/2011 – 07h15 | do UOL Notícias

.

Placa de alerta de que a água não é potável está instalada em uma das piscinas-reservatório do projeto de irrigação Jaguaribe-Apodi, no interior do Estado do Ceará

Incolor, inodora, insípida. Assim é a água que a comunidade de Tomé, no alto da Chapada do Apodi, em Limoeiro do Norte (a 198 km de Fortaleza), recebe nas torneiras de todas as suas casas. Contudo, ao analisar 46 amostras dessa água retiradas de diferentes pontos de distribuição, um estudo da Faculdade de Medicina da UFC (Universidade Federal do Ceará) constatou que em todas há resquícios de diferentes tipos de defensivos agrícolas, o que faz dessa água uma ameaça à saúde de todos que a ingerem. (…)

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

20 de fevereiro de 2011

Miniguerra nuclear causaria inverno global

da Folha.com

Depois de analisar explosões nucleares, climatologistas reunidos nos EUA concluíram que sentem saudades dos bons tempos da Guerra Fria, quando o mundo corria menos risco de sofrer milhões de mortes em função das consequências climáticas da guerra nuclear. Não é piada. A questão é que desde 1983, quando o grande físico americano Carl Sagan e colegas publicaram um artigo na “Science”, sabe-se bem qual seria o efeito de uma guerra atômica entre grandes potências: um grave inverno nuclear.

Mas não havia, na época, capacidade computacional para modelar direito os efeitos de brigas nucleares menores, entre países com meia dúzia de bombas cada um. Não havia nem muita preocupação em saber isso: a Índia já avançava com as suas bombas, mas o Paquistão e a Coreia do Norte, por exemplo, ainda estavam muito longe de fazer testes nucleares. Além disso, ninguém imaginava que a União Soviética fosse se desmantelar, perdendo o controle sobre parte de suas armas.

Alan Robock, da Universidade Rutgers, e Michael Mills, do Laboratório de Física Espacial e Atmosférica dos EUA, responderam agora a essa questão. Eles simularam guerras entre a Índia e o Paquistão e no Oriente Médio, onde Israel supostamente tem armas nucleares e o Irã tem pretensão de tê-las. “Usariam apenas 0,03% do poder explosivo do arsenal nuclear global”, diz Robock. Seria algo equivalente a 50 bombas de Hiroshima (cujo poder destrutivo hoje é considerado pequeno). Além dos milhões que morreriam instantaneamente, o cenário pós-guerra seria de caos, mesmo em lugares muito distantes do conflito. As bombas levantariam uns 5 milhões de toneladas de fumaça preta e densa. A circulação global do ar espalharia essa fumaça toda. Em cinco dias, o Egito já estaria “eclipsado” por ela, e a massa escura invadiria a Europa. Em nove dias, a fumaça cobriria o Brasil.

A fumaça acabaria se acomodando em regiões elevadas da atmosfera, acima das nuvens de chuva. Ficaria lá por pelo menos uma década, até começar a desaparecer. A temperatura média cairia 1,25°C. Pode parecer pouco, mas isso seria a menor temperatura nos últimos mil anos. Como o aquecimento global está mostrando, modificações de frações de grau podem ter grandes consequências, e esfriar é tão ruim quanto esquentar. Com o planeta ficando mais frio, a evaporação da água diminuiria, e menos chuva e menos luz solar criariam problemas na agricultura e na economia –e fome.

Ou seja, em vez de o mundo depender da responsabilidade de dois ou três países para evitar uma desgraça, como era nos anos 1960, agora é necessário confiar na estabilidade de nove governos. A coisa até melhorou em relação aos anos 1990, quando Belarus, Cazaquistão e Ucrânia devolveram à Rússia as armas que tinham herdado dos soviéticos. Por outro lado, há hoje 20 países enriquecendo urânio em larga escala, ainda que sem bombas. O trabalho foi apresentado durante a reunião da AAAS (Associação Americana para o Avanço da Ciência).

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

09 de março de 2011

Gentileza entra em extinção e motiva livro sobre como driblar grosserias

da Folha.com e da Livraria da Folha

Livro defende reações pacíficas para lidar com grosseiros
Livro defende reações pacíficas para lidar com grosseiros

A gentileza entrou em extinção, decreta o livro “Pessoas Gentis são Mais Felizes”. O mundo está cada vez mais bárbaro e selvagem. Sob o reino do individualismo, ninguém faz mais esforços para respeitar os outros. Sobram patadas, indelicadezas e grosserias em praça pública. Mas dá para viver sem o mínimo de civilidade? Autor de “Pessoas Gentis são Mais Felizes”, Pier Massimo Forni é professor de literatura na universidade norte-americana de Johns Hopkins. Ele estuda as relações entre bons modos, ética e qualidade de vida. Para o especialista, é possível defender-se sem precisar atacar ou desrespeitar quem comete ofensas.

A obra lista diversas situações que viram alvo da falta de educação, em lugares como restaurantes, ambiente de trabalho, transporte público ou contatos entre amigos e relacionamentos virtuais. Para quebrar o ciclo de intolerância, o autor recomenda a polidez e a boa educação como respostas aos trogloditas de plantão. Sobre o mercado de trabalho, o professor da Johns Hopkins teoriza que a competição agressiva e a pressa são componentes que ajudam a explicar a ausência da gentileza nas interações profissionais. (…)

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

16 de março de 2011

OMS [Organização Mundial da Saude] diz que não há indícios de radiação se espalhando do Japão

da Folha.com e da REUTERS, EM PEQUIM

O representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) na China disse nesta quarta-feira que não há indícios de uma dispersão internacional significativa da radiação a partir de uma usina nuclear no Japão, danificada pelo terremoto de sexta-feira.
“A Organização Mundial da Saúde gostaria de assegurar aos governos e ao público que não há indícios neste momento de qualquer dispersão internacional significativa de sua usina nuclear”, afirmou em comunicado Michael O’Leary, representante da OMS na China. (…)
Editoria de Arte/Folhapress

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

22 de março de 2011

No Dia Mundial da Água, BBC revela disparidades para obter recurso no mundo

do UOL Ciência e Saúde

Mulher caminha em média 2 km todos os dias para conseguir água em uma vila na Índia

O acesso à água potável ainda é um desafio diário para grande parte das populações do mundo. Compiladas pela BBC para o Dia Mundial da Água, nesta terça-feira, imagens mostram as diferenças entre países em que água é um bem facilmente acessível e outros em que conseguir o recurso é uma tarefa arriscada e difícil.

Apesar das inúmeras fontes naturais de água no mundo – rios e lagos, em geleiras e aquíferos, chuva e neve – a quantidade de água que diferentes países conseguem extrair para fornecer a seus cidadãos varia bastante. Um estudo da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) identificou países em que a demanda por água excede a oferta natural do recurso. Segundo a organização, os países onde isso acontece fazem maior pressão sobre as fontes de água doce. No topo da lista dos que mais utilizam o recurso está a península árabe, onde a demanda por água doce excede em 500% a disponibilidade na região.

(…) Mas, a maior pressão sobre as fontes de água doce não está necessariamente nos lugares mais secos, mas nas regiões com o maior percentual da população global. O sul da Ásia, por exemplo, consome quase 57% de sua água doce, mas abriga quase um terço da população mundial. Situação que alterem a distribuição de água nessa região – causadas por mudanças climáticas, pelo aumento do número de terras irrigadas ou pelo aumento do uso geral de água, ameaçam a vida de bilhões. (…)

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

04 de abril de 2011

Chuva faz trânsito em SP bater recorde pela manhã com 157 km

.

Trânsito congestionado na marginal Pinheiros, sentido Interlagos, na altura da ponte Cidade Universitária, em São Paulo. A capital registrou o maior índice de lentidão no período da manhã, com 157 km de vias congestionadas.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.
.
07 de abril de 2011

Dia Mundial da Saude

Sociedade está doente, diz professor

.

Livro analisa as precárias condições de segurança nas cidades
.De assaltos a acidentes de trânsito, analisa a segurança nas cidades

Na manhã desta quinta-feira, Wellington Menezes de Oliveira, 24, entrou na escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo (zona oeste do Rio), e abriu fogo contra os alunos. O autor dos disparos cometeu suicídio depois de matar 11 e ferir outras 18. Procurado pela Livraria da Folha, João Francisco Regis de Morais, professor aposentado da Unicamp e autor de “O Que É Violência Urbana” e “Stress Existencial e Sentido da Vida”, disse que o caso é um sintoma de uma sociedade doente.

Regis de Morais autor de
.Regis de Morais autor de “O Que É Violência Urbana”
.
Para ele, mesmo inusitado na América Latina, esse fenômeno social não é difícil de ser compreendido por meio de análise sociológica.
.
Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.

21 de abril de 2011

Amanhã será o Dia da Terra, porque hoje a Terra está assim

“Nos finais de semana prolongados, quando o vizinho da frente não abastece os comedouros e bebedouros de seu terreno, eu jogo comida de passarinho no terreno de meu prédio e alguns vem comer”.

“A população de pássaros está aumentando próximo à esta casa em que há comida e água”.

“Aonde encontrarão comida e água estes pássaros se este senhor que os alimenta se mudar, adoecer ou morrer?”

GaiaNet; Curiosidade Ecológicas; Cidades do Planeta; Rui Iwersen; Reflexões; 21 de abril de 2011

Rui Iwersen, editor

.

22 de abril de 2011

Dia da Terra

Notícias da Terra no Dia da Terra

Mar avança e autoridades decretam situação de emergência no litoral cearense

20/04/2011 | do UOL Notícias

Em Mundaú, litoral oeste, a destruição tem espantado turistas. Localizada na cidade de Trairi (124 quilômetros de Fortaleza), as dunas da praia são um atrativo para visitantes do mundo inteiro. Várias pousadas, casas e algumas das luxuosas casas de veraneio foram completamente ou parcialmente destruídas pelo mar. A luta agora é pela preservação do que sobrou.

“Estamos trabalhando para agilizar a construção de uma barreira, mas o município não tem condições de bancar sozinho a obra”, informa o secretário de Infraestrutura de Trairi, Carlos Holanda. (…) Na outra margem do litoral cearense, a praça de eventos da Praia da Caponga, recém-reformada, foi devastada pela força das ondas. Com o decreto da situação de emergência da cidade de Cascavel, (…) o intuito é realizar a construção de uma barreira de pedras para tentar conter o avanço do mar. Segundo o chefe da Defesa Civil da cidade, Davi Garcês, o temor é que o mar chegue a entrar na cidade. “Nos últimos 20 anos, foi o maior avanço do litoral”, opina Garcês.

Em Icapuí, Litoral Leste do Ceará, a praia da Barrinha é a mais prejudicada. O mar já avançou cerca de 200 metros e 10 casas tiveram de ser demolidas antes que fossem destruídas pelas marés altas. As construções nas faixas de praia do litoral cearense são intensas. O mar já avançou entre 150 e 300 metros, de acordo com o Departamento de Geografia da Universidade Federal do Ceará (UFC), desde a década 1990. (…)

Rui Iwersen, editor
.
.
.26 de abril de 2011

Chuvas no Rio

Cidade fica em estado de alerta

.

.

Rua do Senado, no centro do Rio, ficou alagada.

Um homem morreu e vários bairros ficaram debaixo d’água no Rio de Janeiro depois que uma forte chuva atingiu a cidade. A chuva voltou a cair com força no Rio de Janeiro na tarde desta terça-feira em vários pontos.

Rui Iwersen, editor

.

30 de abril de 2011

Tempestades atingem cidades dos Estados Unidos

..

.

Árvores caídas, carros amassados e casas destelhadas são vistos em bairro atingido pelo tornado, em Tuscalosa, Alabama (EUA). Os moradores da região estão sofrendo com os piores tornados dos EUA em quase 80 anos, pelo menos 342 pessoas morreram.

Fonte: BOL Fotos

Rui Iwersen, editor

.

03 de maio de 2011

Chuvas no Nordeste interditam BR-101 e desabrigam mais moradores em AL, BA e PE [Alagoas, Bahia e Pernambuco]

do UOL Notícias

.

Chuvas no Nordeste interditam BR-101 entre Alagoas e Pernambuco

As chuvas que atingem o Nordeste voltaram a causar transtornos nesta terça-feira (3) em pelo menos quatro Estados. As regiões norte de Alagoas e sul de Pernambuco são as mais afetadas, com milhares de famílias desabrigadas. A BR-101 está interditada entre os dois Estados. O sul da Bahia também sofre com problemas causados pelas cheias. Ilhéus e Itabuna registraram dezenas de ocorrências desde a segunda-feira (2). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a BR-101 está interditada por conta de erosões em cabeceiras de pontes e trechos alagados, entre Alagoas e Pernambuco. (…)

Na mata sul de Pernambuco, milhares de pessoas estão sendo retiradas de áreas de risco das cidades de Palmares e Barreiros, cortadas pelos rios Una e Pirangi, que estão com os níveis de água elevados. Centenas de moradores estão sendo levados para abrigos públicos desde o início da manhã. (…)

Rui Iwersen, editor

.

04 de maio de 2011

Onze meses depois, Alagoas e Pernambuco revivem enchentes; 18 mil estão fora de casa

03/05/2011 – 21h30 | do UOL Notícias

.

.
Imagem mostra região alagada na cidade de Água Preta, em Pernambuco. Sobe para 30 o número de cidades atingidas pelas chuvas no Estado
.
Onze meses após a maior enchente da história de Alagoas e Pernambuco, cidades dos dois Estados voltaram a viver, nesta terça-feira (3), o drama das cheias. Ao todo 40 cidades foram afetadas e mais de 18 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas. Diversas cidades estão sem energia elétrica e fornecimento de água. Desde a última sexta-feira, três pessoas já morreram: uma em Alagoas e duas em Pernambuco. (…) nove cidades (sete em Pernambuco e duas em Alagoas) que decretaram emergência em 2010 estão na lista das atingidas agora.

Além das cidades alagadas, a principal rodovia que liga os dois Estados, a BR-101, está interditada desde o início da manhã por conta das enchentes. Para piorar, a Polícia Rodoviária Federal informou nesta tarde que a cabeceira de uma ponte cedeu em Xexéu e o tráfego no local está suspenso por tempo indeterminado. O acesso entre os dois Estados está sendo desviado pela AL-101 e BR-104. (…)

Rui Iwersen, editor

.

07 de maio de 2011

Uma foto, um fato, uma tristeza

.

Crianças posam para foto com armas e balas expostas durante esta sexta-feira (6) em Ajdabiya, na Líbia. (…)

Rui Iwersen, editor

.

24 de maio de 2011

Recado à presidente, aos parlamentares e aos ruralistas sobre o futuro, pensando no presente, e lembrando do passado

Geoffrey Blainey, Uma Breve História do Mundo, Editora Fundamento Educacional Ltda, São Paulo, 2007

Capítulo 5

As Cidades dos Vales

Onde a Roda Rolou pela Primeira Vez.

“Passos ousados no avanço do conhecimento foram dados nesses grandes vales de rios e suas regiões mais elevadas, às vezes chamados de Crescente Fértil. Com o tempo, esses mesmos vales vieram a conhecer a decadência. (…) É um milagre que a terra verde arável da parte baixa do Rio Eufrates e do Rio Tigre tenha durado tanto assim. Em seu interior montanhoso, cada vez mais árvores eram cortadas para fornecer lenha e material de construção. Enquanto isso, o solo sofria erosão, os vales se enchiam de sedimentos e os rios tendiam a transbordar. Em partes das planícies, a irrigação constante do solo e a destruição das árvores com sua rede profunda de raízes forçavam o sal subjacente a subir até a superfície. Lagos de água doce tornaram-se salgados. Observou-se que as plantações de trigo, ao contrário das de cevada, não podiam tolerar o sal no solo e, em algumas regiões, o trigo tornou-se uma raridade. As planícies eram uma prova antecipada do que acabaria acontecendo nas zonas irrigadas de várias terras áridas, estendendo-se da Austrália à Califórnia”. (pg. 58)

Fonte: GaiaNet; Séries de GaiaNet; Blog Action Day; Água; A água e a vida no planeta Terra

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

26 de maio de 2011

Temporada atípica de tornados nos Estados Unidos

Número de mortos por tornado no Missouri chega a 125

.

.
Cidade de Joplin, no sul do Missouri.

Washington- As autoridades de Joplin, no sul do Missouri, informaram nesta quarta-feira que o número de mortos devido ao tornado do último domingo ascendeu a 125, enquanto seguem as operações de limpeza e de contagem de pessoas desaparecidas. (…) Segundo as autoridades, o tornado do último domingo, que deixou ainda mais de 900 feridos e milhões de dólares em perdas, é o mais mortífero dos últimos 61 anos na região.

Fortes tempestades na noite de terça-feira deixaram 16 mortos nos estados de Arkansas, Oklahoma e Kansas. O tornado atingiu casas e edifícios do centro da cidade, de 50 mil habitantes, entre eles um hospital, que ficou praticamente em ruínas. As autoridades federais informaram que mais de oito mil construções foram danificadas.

Fonte: UOL Notícias, EFE e AFP

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

30 de maio de 2011

Ressaca causa estrago na praia das Flechas, em Niterói (RJ)

.

.

Ressaca causa estragos na praia das Flechas, no bairro do Ingá, em Niterói (RJ). Em Maricá, um pescador morreu na madrugada de ontem (29) por conta da ressaca que atingiu o litoral fluminense no fim de semana. (…)

Fonte: BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

05 de junho de 2011

Base religiosa da cultura ocidental

“A morte (…) cumpre ou desprezá-la completamente se pensamos que ela ocasiona o desaparecimento da alma, ou desejá-la, se ela confere a essa alma sua imortalidade.” (pg. 52)

“Pitágoras proibe que abandonemos nosso posto – ou seja, a vida – sem a ordem formal do comandante-em-chefe que no-lo designou – ou seja, Deus.” (pg. 56)

“Assim descobri que Pitágoras e os pitagóricos jamais duvidaram que nossas almas fossem a emanação do espírito divino que anima o universo.” (pg. 60)

“E, se me engano sobre a imortalidade da alma, é com muito gosto. Enquanto eu viver, recusarei sempre que me privem desse ‘erro’ que me é tão doce.” (pg. 65)

“Se, como pensam certos pequenos filósofos, não há nada após a morte, então não preciso temer as zombarias dos filósofos desaparecidos.” (pg. 65)

Cícero, Marco Túlio (Roma, 103-43 a.C.), Saber Envelhecer, L&PM Editores, São Paulo, 1997; 24 de abril de 2011

Fonte: GaiaNet; Curiosidades Ecológicas; Misticismo, animismo, religião e ateismo

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

07 de junho de 2011

Em Roraima, rio continua subindo e já deixa quatro rodovias federais inundadas

.
.
Orla Taumanan, no centro de Boa Vista, é interditada pela Defesa Civil por correr risco de ter sua estrutura arrastada pela força do rio Branco

A cheia em Roraima se agravou nesta terça-feira (07). O rio Branco, que margeia a capital, Boa Vista, bateu sua marca histórica, com 10,8 metros acima do nível normal. Ontem o nível era de 10,02 metros. Roraima está em calamidade pública, com seus 15 municípios afetados pela cheia e quatro rodovias federais bloqueadas após terem sido invadidas pelas águas do rio e de igarapés afluentes.

A rodovia 174, que liga Boa Vista ao Estado do Amazonas, está com o tráfego interrompido no município de Caracaraí, a 140 quilômetros da capital e um dos mais afetados pela cheia do rio Branco. A ponte sobre o rio naquele município apresentou dilatação de 16 centímetros verificados no final de semana. (…)

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

08 de junho de 2011

Roraima-Estado tem maior cheia da história

.

.

A população de Roraima, que enfrenta a maior cheia de sua história, já começa a estocar combustível, gás e alimentos. O rio Branco, principal do Estado, está 10 metros acima do nível normal. Em 1976, o rio chegou a 9,8 metros, até então a marca histórica. Isolado via terrestre ao sul, norte e a noroeste, o Estado está apenas no início de seu período mais chuvoso. (…)

Fonte: BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

13 de junho de 2011

Revista Nature’s Best Photography promove concurso de fotografia.

1. Espécies em Risco

.

.

Foto vencedora na categoria “Espécies em Risco” no concurso anual Windland Smith Rice International Awards da revista Nature’s Best Photography. Jami Tarris/naturesbesphotography.com

.

2. Animais de Zoológicos e Aquários

.

.

Imagem vencedora na categoria “Zoológicos e Aquários” no concurso anual da revista Nature’s Best Photography.

.

3. Vida Selvagem

.

.

Imagem da fotógrafa Cristina Mitterneier no concurso anual Windland Smith Rice International Awards. Cristina Mitterneier/naturesbesphotography.com

Fonte: BOL Fotos

Rui Iwersen, editor

.

13 de junho de 2011

Modernidade neo-primitiva

Conheça histórias de mulheres que casaram com a ajuda de Santo Antônio

.

Um dos santos mais queridos do país, Santo Antônio é, em seu dia (13 de junho), alvo de inúmeros pedidos relativos ao coração. Há quem coloque o santo até de castigo para conseguir um amor.

O UOL Comportamento conversou com algumas mulheres que garantem que dá para confiar nele. Leia os depoimentos: As fiéis de Santo Antônio

Rui Iwersen, editor

.

16 de junho de 2011

Modernos neo-primitivos

Hoquei – Final acaba em violência no Canadá

.

.

Torcedores do Vancouver Canucks incendiaram carros e depredaram vários prédios após a derrota da equipe por 4-0 para o Boston Bruins na noite de quarta-feira, que deu o título da liga de hóquei no gelo (NHL) à equipe americana (15/6/11).

Fonte: BOL Fotos

Rui Iwersen, editor

.

19 de junho de 2011

Modernidades

“Os Radas, tribo coletora caçadora de uma reserva da África, sabem como é o mundo lá fora, mas querem continuar a viver como sempre viveram e como são: alegres, curiosos, flexiveis e pacíficos.”

“Para tornar Chicago uma cidade mais verde, o prefeito decidiu fazer o telhado da prefeitura um telhado verde, um jardim de cerca de 10 mil metros quadrados.”

National Geographic Channel – NatGeo; As dez melhores fotos do National Geographic; 19 de junho de 2011

.
30 de junho de 2011

Vinte e cinco anos do Programa de Controle da Aids em Florianópolis

Era junho de 1986, há vinte e cinco anos. Desde o início da década falava-se, nos meios acadêmicos, na mídia e nas conversas informais, de uma nova doença, determinada por um virus desconhecido, que produzia uma grave e debilitante síndrome, relacionada a uma forte imunodepressão, que produzia sofrimento físico e mental, que levava à morte e para a qual não se tinha tratamento ou vacina.

Desde 1980, como médico e psiquiatra da Secretaria Municipal de Saude de Florianópolis, e desde 1984 coordenando e atuando no Programa de Saúde Mental desta Secretaria, trabalhavamos observando as antigas, as novas e as possiveis enfermidades ou transtornos físicos e mentais da nossa cidade ou de outras regiões do país e do Planeta. Este Programa tinha, desde seu início, como objetivo geral a “organização de uma rede de serviços básicos de saúde mental” e, entre seus objetivos específicos, “promoção da saúde mental da população do município” e “prevenção das doenças e perturbações mentais”. Como médico, como psiquiatra social, e com estes objetivos em mente, em 1984 aprofundei os estudos sobre esta nova doença que aparecia nas grandes cidades do Brasil, especialmente em Santos, São Paulo e Rio de Janeiro – a AIDS.

Considerando as perceptiveis e as provaveis repercussões físicas, psíquicas e sociais da nova epidemia, em junho de 1986 organizei, na Prefeitura Municipal de Florianópolis, o Programa de Controle da Aids, hoje, mais abrangente, denominado Programa de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids e está ligado à Vigilância Epidemiológica.

Segundo orientação do Ministério da Saude, no final dos anos 1980 organizamos duas comissões oficiais para o combate à epidemia. Sob a direção da Secretaria Estadual da Saúde, criamos a Comissão Estadual de Aids e, sob a direção do Programa de Controle da Aids da Secretaria Municipal de Saude de Florianópolis, organizamos a Comissão Municipal de Aids, ambas envolvendo instituições públicas de saúde e organizações não governamentais (ONG). Em 1992, por ocasião da inauguração da Policlínica Centro, no alto da avenida Rio Branco, através do Programa de Controle da Aids, do Programa de Saude Mental, e com a participação de enfermeiros, de médicos infectologistas e de outros colegas com outras formações e experiências profissionais, alguns municipais, outros estaduais ou federais, a Secretaria Municipal de Saúde organizou, nesta Policlínica, o Ambulatório de Doenças Sexualmente Transmissíveis e AIDS.

Como multiplicador de Aconselhamento em AIDS do Ministério da Saude para Santa Catariana, participei da organização do treinamento dos profissionais do Ambulatório para efetuarem a solicitação e a entrega de testes anti HIV. Tambem sob orientação ministerial, após algum tempo organizamos, na região continental do município, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). Nos anos seguintes, objetivando a descentralização das ações de controle da AIDS, dentro das ações de educação continuada do então Programa de Saude da Mulher, médicos e enfermeiros da rede municipal receberam treinamento para solicitar testes anti HIV, especialmente às gestantes, prevenindo a transmissão vertical do HIV e a contaminação de seus filhos.

Graças à organização contínua do Sistema Único de Saúde (SUS) e à continuidade da organização do programa de controle da Aids, em Florianòpolis os testes laboratoriais e as medicações antivirais são fornecidos gratuitamente à população pelo SUS. Consultas e exames são prestados gratuitamente nos centros de saude e policlínicas municipais, e as medicações antivirais ou de controle das doenças oportunistas são fornecidas pelas farmácias da Secretaria Municipal de Saude. Nestes 25 anos de existência do Programa de Controle da AIDS em Florianópolis, o papel do sistema público de saúde, dos profissionais de saúde, das organizações não-governamentais, dos voluntários e da imprensa no combate à Aids foi importante, e foi e será um exemplo para o combate a futuras doenças e epidemias humanas, algumas também previsíveis e previníveis.

Rui Iwersen, médico psiquiatra da Secretaria Municipal de Saude de Florianópolis, diretor do Centro de Controle de Zoonoses

.

06 de julho de 2011
.

Modernidade: baleias, leões e cidades em perigo

.
A TV Animal Planet, canal 69 da Net, mostra hoje, às 22 horas, ‘cidades perigosas, sitiadas, ameaçadas por animais descontrolados em Perigo na Aldeia’; aos sábados, às 19 horas, o Animal Planet mostra ‘os novos aliados dos Defensores de Baleia’; em breve, ‘numa nova série, David Salmoni estará novamente Entre Leões’.
.
Rui Iwersen, editor
.
.
.07 de julho de 2011

Moradores pedem em outdoor que ladrões “mudem de bairro” em cidade do Paraná

UOL Notícias e BOL Fotos

.

.

Associação de Moradores do Bairro Ouro Verde, em Campo Largo (PR), instalou um outdoor com uma mensagem para os ladrões da região. Segundo a presidente da associação, Daniele Pessoa, essa foi a única forma encontrada de chamar atenção para um problema que se agravou desde o final do ano passado.

Rui Iwersen, editor

.

11 de julho de 2011

Adolescente é isolado em escola da Inglaterra por não fazer a barba

do UOL Notícias.

.

.
Harrison Cerami, de 15 anos

Um adolescente de 15 anos foi expulso de classe e colocado em uma sala isolada em uma escola da Inglaterra por se recusar a fazer a barba. Segundo a mãe do garoto Harrison Cerami, Kerry Cerami, ele tem um problema de pele que o impede de se barbear regularmente. Mesmo assim, a punição foi mantida.

(…) As regras para o uso de uniforme da escola, que fica na cidade de Clitheroe (a 300 km de Londres), não dizem nada sobre barba, mas afirmam que cabelos devem ser “limpos e arrumados” e que devem ser evitados “estilos e cores extremas”. Em carta à mãe de Harrisson, o diretor da unidade disse, no entanto, que os estudantes precisam estar de barba feita para poder assistir às aulas.

Rui Iwersen, editor

.

12 de julho de 2011

44% dos [medicamentos] controlados vendidos no país tratam transtornos mentais

A maior parte das 143 espécies de medicamentos controlados vendidos no país entre março de 2007 e março de 2010 é utilizada para tratar transtornos mentais e comportamentais, como ansiedade e psicose –44% das substâncias comercializadas se inserem nesta categoria de uso. Outros 16,1% deles são usados contra doenças do sistema nervoso.
Os dados estão descritos no primeiro Boletim de Farmacoepidemiologia do sistema nacional que gerencia os produtos controlados da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), divulgado ontem. (…)
.
Rui Iwersen, editor
.
.
14 de julho de 2011
.
Entre os emergentes, o país com maior proporção de mulheres que afirmam sofrer estresse é a Índia (87%), seguida por México (74%) e Rússia (69%). Já entre as nações desenvolvidas, as mais estressadas são as espanholas (66%), as francesas (65%) e as italianas (64%).
Segundo a pesquisa, o estresse é atribuído às várias funções desempenhadas pelas mulheres e à falta de tempo para o descanso. (…)
.
Rui Iwersen, editor
.
.
19 de julho de 2011

Destruição de vegetação de deserto aumenta ou gera tempestades de areia

Tempestade de poeira

Fenômeno natural atinge Phoenix (EUA) mais uma vez

.

.

Muro de poeira avança sobre a cidade de Phoenix, no Arizona (EUA), nesta segunda-feira. Esta é a segunda vez que a cidade é atingida por uma tempestade de poeira em apenas um mês.

Fonte: BOL Fotos e The Arizona Republic

Rui Iwersen, editor

.

25 de julho de 2011

Dilma anuncia construção de 750 mil cisternas no Nordeste até 2014

da Folha.com

Em discurso para os governadores do Nordeste e sete ministros, a presidente Dilma Rousseff anunciou nesta segunda-feira, em Arapiraca (120 km de Maceió, AL), a construção de 750 mil cisternas no Nordeste até o fim de 2014.

De acordo com a presidente, as obras de combate à seca fazem parte do programa Água para Todos, que complementa o plano Brasil Sem Miséria na região. (…)
.
Rui Iwersen, editor
.
.

27 de julho de 2011

Curiosidades Ecológicas de GaiaNet

“Entre as 69 cidades mais populosas do Estado de São Paulo, 27 estão acima da zona epidêmica de 10 homicídios por 100 mil habitantes, índice adotado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).”

“Três cidades da Região Metropolitana lideram o ranking de assassinatos, com taxas acima de 21 homicídios por 100 mil habitantes. Embu das Artes ocupa a primeira posição.”

e UOL Notícias; 27 cidades de SP têm assassinato como epidemia; 27 de julho de 2011

.

05 de agosto de 2011

Cheia deixa 300 pessoas fora de casa em Iguape, no Vale do Ribeira

Folha.com

Mais de 300 pessoas tiveram que deixar suas casas na cidade de Iguape (200 km de São Paulo), a última a ser atingida pela cheia do rio Ribeira de Iguape. Desde segunda-feira (1º), a cheia obrigou pelo menos 11 mil pessoas a sair de casa no Vale do Ribeira e destruiu grande parte das plantações de banana da região.A Defesa Civil municipal de Iguape informou que começou a retirar pessoas de casa na quarta-feira (3), de forma preventiva. A preocupação era a possibilidade de moradores da zona rural ficarem isolados, sem ter como sair de casa por estradas. (…) Segundo a Defesa Civil, quatro municípios da região (Eldorado, Sete Barras, Ribeira e Iporanga) decretaram estado de calamidade pública e um (Jacupiranga) decretou situação de emergência. Na maioria das cidades atingidas, a água já baixou, mas ainda há problemas relacionados a abastecimento de água e fornecimento de luz..
Chuvas inundam as ruas de Eldorado (243 km de São Paulo), no Vale do Ribeira
.Chuvas inundam as ruas da cidade de Eldorado (243 km de São Paulo), no Vale do Ribeira; veja galeria

Rui Iwersen, editor

.

08 de agosto de 2011

Consequências do desmatamento

Em Manaus, aposentado encontra jiboia de quatro metros e 55 quilos no quintal de casa

07/08/2011| do UOL Notícias.

.

.
Aposentado é surpreendido na manhã deste domingo (6) por uma cobra jiboia de quatro metros e aproximadamente 55 quilos no quintal de casa, em Manaus Mais

O aposentado Raimundo Nonato Santana, 67, foi surpreendido na manhã deste domingo (6) por uma cobra jiboia de quatro metros e aproximadamente 55 quilos no quintal de sua casa, localizada na avenida Ayrão, centro de Manaus (AM).

Rui Iwersen, editor

.

09 de agosto de 2011

Pobre Terra, pobres ecologistas

Distúrbios e violência atingem mais duas cidades na Inglaterra

do UOL Notícias e AFP

Os distúrbios que atingem Londres há três dias seguem se alastrando pela Inglaterra pelo quarto dia seguido. Nesta terça-feira, lojas foram saqueadas e carros queimados nas cidades de Wolverhampton e de West Bromwich, próximas a Birmingham, a segunda maior cidade britânica.

Os distúrbios marcam o quarto dia consecutivo da onda de violência que deixou dezenas de lojas e carros queimados, além de centenas de feridos e ao menos um morto. (…)

.
.
Loja incendiada no centro de Manchester, na Inglaterra, mais uma cidade que foi palco de distúrbios provocados por jovens Mais
.
Rui Iwersen, editor
.

10 de agosto de 2011

Ameaças às florestas, ameaças à vida, ameaças a Gaia

Eventos climáticos extremos ameaçam florestas

Eventos climáticos extremos e acidentes naturais serão uma ameaça crescente às florestas mundiais nos próximos anos, alertou esta terça-feira a Organização da ONU para Agricultura e Alimentação, FAO. No estudo “Distúrbios Abióticos e sua Influência sobre a Saúde das Florestas”, a agência pede o reforço da cooperação entre regiões e países numa parceria internacional em prol da conservação e melhoramento florestal.

Quase 4 mil eventos extremos – os chamados “distúrbios abióticos”, que incluem ciclones, enchentes, deslizamentos, tornados, terremotos, erupções vulcânicas e “mega” incêndios florestais – ocorreram entre 2000 e 2009. (…)

Rui Iwersen, editor

.

10 de agosto de 2011

Vendaval causa destruição e deixa mais de 2 mil desabrigados no Sul

Fonte: BOL Fotos

.

.

Com as chuvas na região, bombeiros de Caxias do Sul (RS) interditaram cinco casas. As residências correm risco de desabamento e ficarão interditadas por tempo indeterminado. Mais

Rui Iwersen, editor

.

16 de agosto de 2011

As secas, as guerras e a fome na África

.

.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.
.
18 de agosto de 2011

Chuva derruba palcos na Bélgica

..

Tempestade em festival na cidade de Hasselt, no nordeste da Bélgica, provoca 3 mortes e fere 60. O evento teve início nesta quinta-feira e esperava atrair um público de 60 mil pessoas por dia. Mais

Rui Iwersen, editor

.

29 de agosto de 2011

Mudanças no clima também afetam a saúde mental, alerta estudo

Folha.com e FRANCE PRESSE

Estresse nos adultos, angústia nas crianças: as mudanças climáticas também podem afetar a saúde mental das pessoas, alerta um estudo publicado nesta segunda-feira por um instituto de pesquisas australiano, para o qual este tema ainda é muito pouco estudado. “Os danos causados pelas mudanças climáticas não são só físicos. O passado recente mostra que os eventos climáticos extremos trazem também sérios riscos para a saúde pública, inclusive a saúde mental e o bem-estar das comunidades”, destacou este estudo, realizado pelo Instituto do Clima, uma entidade australiana.Ao comparar fenômenos climáticos, como secas e inundações observados nos últimos anos em algumas regiões da Austrália, o estudo constata que “a comoção e o sofrimento provocados por um evento extremo pode persistir durante anos”. Uma parte significativa das comunidades atingidas por episódios como estes –uma pessoa em cada cinco– vai sofrer os efeitos do estresse, de danos emocionais e desespero, estimou o Instituto do Clima. (…)
Rui Iwersen, editor
.
.

30 de agosto de 2011

Como a indústria do fumo enganou as pessoas

.

.

A exposição “Propagandas de cigarro – como a indústria do fumo enganou as pessoas” está no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo,a partir de segunda-feira, 29 de agosto, Dia Nacional de Combate ao Fumo. A mostra, que reúne propagandas veiculadas nos Estados Unidos entre as décadas de 1920 e 1950, quando não havia controle sobre a publicidade do produto, apresenta campanhas em que médicos, crianças e até o Papai Noel “vendiam” cigarros. Mais

Fonte: BOL Fotos

Rui Iwersen, editor

.

31 de agosto de 2011

Tempestades afetam mais de 240 mil pessoas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul

.
.
Santa Catarina amanheceu com diversos pontos de alagamento por conta das chuvas que atingem o Estado desde a madrugada de segunda-feira (29). Em Lages, a água chegou quase no teto das casas Mais
.
Rui Iwersen, editor
.
.
04 de setembro de 2011

Usina de Dessalinização na Austrália

Mega Construções T.7 Ep.5

Austrália à Prova de Seca – Foster vai a Melbourne, onde depois de 13 dias de seca extrema, parece ter o seu futuro garantido com uma usina de dessalinização que irá transformar água salgada em água doce.

Às 8:30 no DISCOVERY CHANNEL

Próximas Sessões:

09-09-2011 8:30

Fonte: Zon Multimedia – Guia TV

Barbara S. Iwersen, colaboradora de GaiaNet

.

08 de setembro de 2011
Saúde

Cuidados a serem adotados em áreas alagadas

.
.

No período em que o volume de chuvas aumenta e o risco de enchentes cresce, várias medidas de cuidados e de prevenção devem ser tomadas. Pensando nisto, a Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, elaborou no final de 2010 uma série de folders educativos para auxiliar o cidadão no retorno à suas casas depois que as águas baixam e ajudar os profissionais de saúde a darem orientações adequadas à população.

São, ao todo, 12 cartilhas ilustradas, contendo informações básicas que trazem orientações a respeito dos principais riscos decorrentes de uma enchente, como a transmissão de algumas doenças, a manipulação adequada de alimentos e higienização, entre outros pontos. Além disso, abordam os cuidados que se deve ter com os aspectos psicossociais, oferecendo dicas simples de como lidar com os medos e as angústias, sentimentos comuns em quem passou por uma situação de perigo, ou teve perdas patrimoniais ou de familiares.

Veja abaixo a relação de folders e suas descrições:

Prevenção de doenças infecciosas respiratórias (Acesse o folder clicando aqui).
O folder orienta sobre os cuidados com os ambientes de uma casa ou de um abrigo para evitar doenças infecciosas respiratórias. (…)

Tétano acidental
Explica o que é o tétano acidental, como ocorre a contaminação, quais os sintomas da doença e o que fazer quando se acidentar e tiver uma lesão na pele. (…)

Leptospirose: o que é e como prevenir
O folder explica o que é a doença e como as pessoas se contaminam. Recomenda alguns cuidados para evitar a presença dos roedores. Orienta também como fazer a limpeza da casa que foi inundada (…)

Orientações para prevenção de acidentes por animais peçonhentos pós-enchentes

Numa situação de enchente, os animais peçonhentos também buscam abrigo em locais secos. Quando as pessoas têm de sair de suas casas por causa da inundação, esses animais podem buscar abrigo nestes locais. (…)

Cuidados com a higiene pessoal em abrigos
Orienta quanto à limpeza e higiene dos banheiros, a retirada periódica do lixo, o uso de álcool gel e destaca a importância da lavagem das mãos para prevenir doenças.

Manipulação de alimentos numa cozinha de abrigo
Este folder orienta para os cuidado com os alimentos que tiveram contato com a água da enchente ou permaneceram por um período sem refrigeração; (…)

Como proteger os alimentos na falta de energia elétrica
Os alimentos prontos que ficaram por período prolongado sem refrigeração devem ser descartados. Os alimentos congelados que ficaram sem refrigeração devem ser avaliados (…)

Cuidado com os alimentos para consumo humano em situação de enchente
Durante uma situação de enchente e depois dela é possível que os alimentos não estejam em condições adequadas para serem consumidos, exigindo-se, desta forma, alguns procedimentos básicos para garantir sua qualidade. (…)

Cuidados com água para consumo humano
A ocorrência de um desastre pode interromper o abastecimento da água para consumo humano pela rede pública ou contaminar poços individuais. Esse folder orienta os procedimentos de potabilização da água (…)

Instruções para limpeza e desinfecção da caixa d’água
Esse folder dá orientações passo-a-passo de como fazer a correta limpeza e desinfecção de uma caixa d´água que tenha tido contato com água da enchente.

Recuperação emocional
Alguns sentimentos, como medo, angústia, crises de choro, são reações normais em pessoas atingidas por um desastre. Esse folder é dirigido a todas as pessoas que foram atingidas e dá algumas dicas (…)

Cuidados básicos em situação de enchentes

Contém um resumo de outros folders, lista as principais doenças decorrentes de uma enchente e orienta o que fazer caso apareça alguns sinais ou sintomas; destaca a importância da lavagem das mãos para a prevenção de doenças; os cuidados com a água e os alimentos; os cuidados pessoais durante a limpeza da casa (…)

Fonte: Secretaria Municipal de Saude de Florianópolis – http://portal.pmf.sc.gov.br/entidades/saude

Rui Iwersen, Diretor do Centro de Controle de Zoonoses de Florianópolis

.

Vale do Itajaí (SC) volta a sofrer com fortes chuvas; mais de 30 mil pessoas foram afetadas

As chuvas em Santa Catarina provocaram a cheia do rio Itajaí-Açu, em Blumenau. O nível do rio pode chegar a 10 metros acima do normal, segundo o Centro de Operação do Sistema de Alerta da Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí-Açu Mais Jadyr Nascimento/Agência RBS

O Vale do Itajaí, uma das regiões mais afetadas pela tragédia climática ocorrida em novembro de 2008 –quando 135 pessoas morreram devido às fortes chuvas–, volta a ser atingido pelos temporais que castigam Santa Catarina desde terça-feira (6).

De acordo com o último boletim da Secretaria da Defesa Civil, mais de 30 mil pessoas foram afetadas em ao menos 28 cidades com registro de algum prejuízo no Estado. De acordo com o relatório, 688 pessoas estão desalojadas (na casa de parentes ou amigos) e 615 desabrigadas (em abrigo público). Não há registro de mortos ou feridos. (…)

Rui Iwersen, editor

.

11 de setembro de 2011

10 anos do pior ataque terrorista da história dos Estados Unidos

11 de setembro

Fatos marcantes dos 10 anos da tragédia

..
.

.

Explosão de uma das torres gêmeas do World Trade Center logo após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, em Nova York Chang W. Lee/The New York Times

.

.

Vista aérea da cidade de Nova York (EUA) depois dos ataques de 11 de setembro de 2001 NYPD via ABC News/AP

Fonte: BOL Fotos

Rui Iwersen, editor

.

12 de setembro de 2011

Antropoceno

Malásia transfere uma orangotango fumante de zoo para ajudá-la a largar cigarro

e UOL Notícias

AP

.
O diretor do zoológico não considera a primata viciada, mas acredita que ela pode ter ”adquirido o hábito após copiar seres humanos”. Uma orangotango de um zoológico na Malásia que fumava cigarros dados por visitantes está sendo forçada a largar o hábito.

Funcionários do Departamento da Vida Selvagem e Parques Nacionais da Malásia disseram que a orangotango, chamada Shirley, foi transferida para um outro zoológico e será, de lá, levada para um santuário na ilha de Bornéu dentro de poucas semanas. Ahmad Azhar Mohammed, diretor do zoológico de Melaka, onde o animal se encontra, afirmou que ela não receberá mais cigarros porque ”fumar não é um comportamento normal para orangotangos”. Em entrevista à agência de notícias Associated Press, Mohammed disse que não considera a primata viciada, mas acrescentou que ela pode ter ”adquirido o hábito após copiar seres humanos”. (…) A organização de direitos dos animais britânica Nature Alert havia contactado autoridades da Malásia no início do ano, denunciando que Shirley vinha recebendo cigarros dados por visitantes do zoológico. (…) A Nature Alert afirmou que Shirley parecia sofrer oscilações de humor, às vezes parecia tonta e em outras ocasiões ”muito agitada” ou deprimida quando não fumava um cigarro. (…)

Rui Iwersen, editor

.

10 de outubro de 2011

No Dia Mundial da Saúde Mental, OMS pede mais investimentos em prevenção e tratamento

UOL Ciência e Saúde e Agência Brasil

No Dia Mundial da Saúde Mental, lembrado hoje (10), a Organização Mundial da Saúde (OMS) cobrou mais investimentos em serviços de prevenção e no tratamento de doenças mentais, neurológicas e de distúrbios associados ao uso de drogas e outras substâncias. De acordo com o órgão, a falta de recursos financeiros e de profissionais capacitados é ainda mais grave em países de baixa e média renda – a maioria deles destina menos de 2% do orçamento para a área de saúde mental.

Outro alerta é que muitos países contam com menos de um especialista em saúde mental para cada 1 milhão de habitantes, enquanto uma parte considerável dos recursos alocados no setor são destinados apenas a hospitais psiquiátricos e não a serviços oferecidos, por exemplo, na saúde primária. “Precisamos aumentar o investimento em s aúde mental e destinar os recursos disponíveis para formas mais eficazes e mais humanitárias de serviços”, reforçou a OMS. A estimativa é que mais de 450 milhões de pessoas sofram de distúrbios mentais em todo o mundo.

Na semana passada, durante reunião do Conselho Nacional de Saúde (CNS), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, destacou os avanços obtidos no Brasil por meio da reforma psiquiátrica, instituída por lei em 2001. Segundo ele, a quantidade de procedimentos ambulatoriais em saúde mental passou de 423 mil em 2002 para 21 milhões no ano passado. (…)

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

16 de outubro de 2011

Blog Action Day 2011 – #BAD11 – Alimentação

.

.

As secas, as guerras e a fome na África

.
.
Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.
.
19 de outubro de 2011

Ibope: violência atingiu 30% da população no último ano

UOL Notícias

A pesquisa “Retratos da Sociedade Brasileira: Segurança Pública” feita pelo Ibope e divulgada hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que 9% dos brasileiros entrevistados foram furtados, assaltados ou agredidos nos últimos 12 meses, 19% sabem de parentes que sofreram algum desses crimes e 2% relataram violência tanto contra si como contra um familiar. Assim, 30% da população sofreu diretamente com a violência no período de um ano. Uma das consequências desse dado é que 80% dos brasileiros mudaram algum hábito por conta da criminalidade, principalmente evitar andar com dinheiro.

As maiores incidências foram registradas nas Regiões Norte/Centro-Oeste e Nordeste, onde, respectivamente, 43% e 33% os entrevistados relataram terem sofrido ele próprio ou um parente furto, assalto ou agressão nos últimos 12 meses. O porcentual também é elevado entre os residentes nas capitais (42%) e nas cidades com mais de 100 mil habitantes (38%). O levantamento ainda revela que a violência restringe a circulação da população pela cidade – 54% dos consultados evitam sair à noite, 48% deixaram de circular por alguns bairros ou ruas e 36% mudaram o trajeto entre a residência e o trabalho ou a escola. Além disso, 79% presenciaram violência nos últimos 12 meses, sendo que a ocorrência mais comum é o uso de drogas na rua, crime relatado por 67% da população. (…) No geral, 51% dos brasileiros consideram a situação da segurança pública no País ruim ou péssima e 36%, regular. Apenas 12% a avaliam como ótima ou boa. Além disso, só 15% da população percebeu alguma melhora na situação da segurança pública nos últimos três anos. Já para 37% o quadro piorou. Para tentar reverter essa situação, 84% defendem o uso das Forças Armadas no combate à criminalidade.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

01 de novembro de 2011

Humanidade é [está] mais inteligente e menos violenta, diz estudo

19/10/2011 – do UOL Notícias

Londres, 19 out (EFE).- A história da humanidade representa uma evolução na qual as pessoas são cada vez mais inteligentes, e em consequência disso, menos violentas, diz estudo publicado nesta quarta-feira no último número da revista “Nature”. O psicólogo canadense Steven Pinker argumenta que o aumento da inteligência, que se reflete em pontuações médias cada vez mais altas nos teste de raciocínio abstrato, e também o desenvolvimento da empatia entre os seres humanos, propiciaram um declive da barbárie nos últimos séculos.Além disso, a alfabetização e o cosmopolitismo favoreceram uma troca de ideias em nível global que “possibilita a compreensão do mundo e facilita os acordos” entre distintas sociedades.”Apesar de atualmente nos sentirmos constantemente rodeados pela violência, em séculos anteriores a situação era muito pior. Impérios em colapso, conquistadores maníacos e invasões tribais” eram comuns, afirma Pin ker. (…) A barbárie diminuiu comparada a épocas anteriores não só com relação a conflitos armados, mas também a comportamentos sociais, diz o pesquisador. No século XIV, 40 em cada 100 mil pessoas morriam assassinadas, enquanto atualmente essa taxa se reduziu a 1,3 pessoas. “Além disso, nos últimos séculos, a humanidade abandonou progressivamente práticas como os sacrifícios humanos, a perseguição de hereges e métodos cruéis de execução como a fogueira, a crucificaçã o e a empalação”, lembra o psicólogo. Pinker atribui essa evolução ao aperfeiçoamento da racionalidade e não a um “sentido moral” dos seres humanos, que por si só serviu para “legitimar todo tipo de castigos sangrentos”. “A propagação de normas morais tornou frequentes as represálias violentas por faltas como a blasfêmia, a heresia, a indecência e as ofensas contra os símbolos sagrados”, afirma.
O estudo ressalta que com o tempo o ser humano foi diversificando sua tendência ao comportamento agressivo, presente desde os primeiros “Homo sapiens”. (…)
Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.
11 de novembro de 2011

Silêncio é pior que grosseria, diz “Nietzsche para Estressados”

da Livraria da Folha

Divulgação
Livro com 99 Doses de filosofia para combater as preocupações
Livro com 99 doses de filosofia para combater as preocupações

Segundo interpretação de Allan Percy, Nietzsche defende que é melhor expressar nossos sentimentos a ofender com o silêncio. “Nietzsche para Estressados” está entre os mais vendidos deste ano na Livraria da Folha, o livro que segue a mesma linha de “Mais Platão, Menos Prozac”, de Lou Marinoff.

Como o título indica, o autor usa o pensamento de Friedrich Nietzsche (1844-1900) para solucionar problemas pessoais e profissionais do dia a dia. Publicado no Brasil pela Gmt Sextante, a cada capítulo um aforismo é seguido de uma interpretação, reunindo 99 máximas filósofo. Allan Percy, especialista em coaching e em literatura de autoajuda e desenvolvimento pessoal, presta consultoria a empresas e editoras.

Leia um trecho do exemplar:

A palavra mais ofensiva e a carta mais grosseira são melhores e mais educados que o silêncio

A MAIOR PARTE DAS GUERRAS PSICOLÓGICAS é iniciada mais pelo que não se diz do que pelo que se diz.

Vamos imaginar uma cena: A está chateado com B e parou de falar com B desde que este se esqueceu de lhe dar os parabéns pelo aniversário. A deveria ter dito: “Você não sabe que dia foi ontem?”, mas, como ficou magoado com a falta de atençãop do amigo – que, na realidade, foi apenas um esquecimento – resolveu pagar na mesma moeda: o silêncio. B acabou se chateando com A, que na mesma hora deixou de atender seus telefonemas e, quando conseguiram se falar, não se mostrou nada gentil.

São comportamentos infantis, porém muito mais comuns do que se imagina. Quantos casais brigam por mal-entendidos que duram dias ou meses até serem esclarecidos? A falta de comunicação também está na origem de muitos conflitos vividos no ambiente de trabalho.

“Nietzsche para Estressados”
Autor: Allan Percy
Editora: Gmt Sextante
Páginas: 112
Quanto: R$ 13,00 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha
.

Rui Iwersen; de Cusco, Perú

.

23 de novembro de 2011

Protestos no Egito

Praça Tahrir, no Cairo, volta a ser palco de manifestações

.

Jovem egípcio segura coquetéis Molotov durante confrontos com forças de segurança do Egito. Mais Mohammed Abu Zaid/AP Photo/BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

15 de dezembro de 2011

Estragos em São Paulo

Casa de Capão Redondo desaba após chuvas

Casa na rua Professor Agostinho Alvim, no Capão Redondo, desaba durante chuva que atingiu São Paulo na madrugada desta quinta-feira (15).  Mais

.

Brasil tem 251 municípios com risco elevado de desastres por chuvas

 UOL Notícias

Pelo menos 251 dos 5.565 municípios brasileiros correm “elevado risco” de sofrer deslizamentos de terras e inundações em 2012 como consequência das chuvas, segundo um estudo divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Integração Nacional.”Identificamos e localizamos em mapas a possível quantidade de desastres e óbitos nos municípios. Há 251 cidades brasileiras que apresentam elevado risco”, explicou o ministro Fernando Bezerra, em entrevista coletiva.

Apesar de não ter divulgado a lista de cidades em risco, o ministro disse que a maioria está localizada nas regiões sul e sudeste, precisamente onde estão as maiores cidades, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro, e a maioria da população.
Bezerra garantiu que o Governo elaborou neste ano um mapa detalhado de possíveis locais de deslizamentos e inundações em 26 das cidades consideradas como de alto risco. (…) Os trabalhos realizados neste ano permitiram identificar 47.500 pessoas em áreas de risco em seis municípios do Espírito Santo, 45.000 em Santa Catarina, 25.000 em seis cidades do Rio Grande do Sul e 1.736 em quatro cidades do Paraná, entre outros. (…) “A grande novidade para 2012 é a cultura da prevenção. Antes tínhamos o hábito de apenas responder à ocorrência de desastres. A presidente Dilma (Rousseff) quer mudar essa realidade e está tomando medida práticas para isso”, afirmou o ministro.
Bezerra acrescentou que o Governo investirá nos próximos meses cerca de R$ 48 milhões na aquisição de equipamentos para as Forças Armadas que permitam aos militares apoiar grupos de resgate em casos de desastres meteorológicos.
 .
Rui Iwersen, editor
.

16 de dezembro de 2011

Prefeito de Belo Horizonte decreta situação de emergência por conta das chuvas

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), decretou, nessa sexta- feira (16), situação de emergência no município em razão dos estragos causados pelas chuvas. De acordo com a assessoria do órgão, a decisão ainda não foi publicada no Diário Oficial da capital mineira, o que deverá ocorrer amanhã.

.

Uma das principais vias de Belo Horizonte, a avenida Cristiano Machado, está interditada em vários pontos devido ao grande acúmulo de água. Alguns moradores, principalmente dos bairros Suzana, São Gabriel e Dona Clara, na região da Pampulha, estão ilhados e sendo socorridos pelo Corpo de Bombeiros Mais Alex de Jesus/O Tempo/Futura Press

(…) Ontem, os moradores de BH enfrentaram ruas e avenidas inundadas, árvores caídas, construções e muros desabados e um trânsito caótico, agravado por buracos e crateras abertas pela força das enxurradas.

Rui Iwersen, editor

.

19 de dezembro de 2011

Chuvas pelo Brasil

Mau tempo causa transtornos e deixa cidades em alerta

.

Rio Arrudas, próximo ao bairro Granja de Freitas, em Belo Horizonte (MG), transbordou nesta segunda-feira. Dezenove cidades de Minas já decretaram situação de emergência por conta das chuvas. Defesa Civil diz que situação é preocupante. Mais Frederico Haikal/Hoje em Dia/Agência Estado e BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.
.
04 de janeiro de 2012

Seca deixa 75 cidades de SC e RS em situação de emergência

 Folha.com e AGÊNCIA BRASIL

Enquanto a chuva causa prejuízos e deixa vítimas em Minas Gerais, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina é a seca que castiga a população. A estimativa é que mais de 580 mil pessoas tenham sido atingidas pela estiagem nos dois Estados.
Até o momento, ao menos 38 municípios decretaram situação de emergência e outros 22 estão em estado de alerta no Rio Grande do Sul. (…) Em Santa Catarina, foram 37 os municípios que entraram em situação de emergência. (…)
.
Rui Iwersen, editor
.
.
05 de janeiro de 2012

Tempestades pelo Brasil

Temporada de chuvas e enchentes atinge Estados

.

O córrego que corta o bairro São José transbordou e derrubou parte da estrutura de uma concessionária na Avenida Paraná em Divinópolis, MG. Quatro carros chegaram a ser levados pelas águas do córrego e um deles ficou preso em uma ponte da Avenida Amazonas. MaisChristyam de Lima / Futura Press/BOL Fotos; 02/01/12

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

12 de janeiro de 2012

Cientistas adiantam relógio do fim do mundo

Folha.com e FRANCE PRESSE

A incerteza gerada pela ameaça de proliferação nuclear e pelo aquecimento global fez o BAS (Boletim de Cientistas Atômicos) adiantar em um minuto o “Relógio do Apocalipse”, informaram na terça-feira especialistas internacionais. O simbólico Relógio do Apocalipse “aponta agora cinco minutos para a meia-noite [quando ocorrerá o cataclisma nuclear]”, declarou Allison Macfarlan, presidente da associação da Universidade de Chicago que em 1947 criou o sistema para ilustrar o risco da corrida atômica.

Saul Loeb/France Presse
“Relógio do Apocalipse” indica hora em que a Terra acabaria, cujo fim seria provocado por um desastre global

Em janeiro de 2010, o BAS, que tem entre seus membros 18 prêmios Nobel, atrasou o relógio em um minuto diante de um “estado do mundo mais promissor”, deixando o marcador a seis minutos da meia-noite. “Há dois anos, parecia que os dirigentes do mundo poderiam enfrentar as ameaças globais, mas esta tendência não se manteve e, inclusive, se inverteu”, constatou Allison Macfarlan, professora da Universidade George-Mason, na Virgínia. (…)

Para o cientista, “o maior desafio à sobrevivência da humanidade no século 21 é satisfazer as necessidades energéticas para o crescimento econômico dos países em desenvolvimento e industrializados sem prejudicar ainda mais o clima e sem alimentar a proliferação nuclear”. (…) “O poder do povo é essencial para se enfrentar os desafios da energia nuclear, resolver os males do aquecimento global e evitar um conflito nuclear em um mundo instável”, acrescentou. Desde que foi criado, em 1947, o Relógio do Apocalipse já foi ajustado 19 vezes.

Rui Iwersen, editor

.

13 de janeiro de 2012

Depressão e pânico são sintomas mais comuns entre vítimas [de chuvas] de Teresópolis

Sintomas de estresse pós-traumático, a depressão e a síndrome do pânico são os principais distúrbios psicológicos que atingem as pessoas afetadas pelas enchentes e pelos desmoronamentos ocorridos em Teresópolis um ano atrás, segundo a Secretaria da Saúde do município.Segundo as autoridades, o número de consultas realizadas pelos psicólogos da prefeitura aumentou de 534 em janeiro do ano passado para 1.323 em dezembro.
Destes atendimentos, 541 foram de crianças e adolescentes. Somente os seis psicólogos voluntários que trabalhavam para o município realizaram 1.123 atendimentos entre fevereiro e dezembro de 2011.Também entre janeiro e dezembro do ano passado, os psiquiatras que trabalham para a Secretaria da Saúde atenderam 779 novos pacientes, em um total de 12.596 consultas. (…) Além dos moradores e pacientes atingidos pelo desastre, as próprias pessoas responsáveis por prestar ajuda acabam precisando de auxílio. “Alguns do s funcionários e voluntários, mesmo os mais preparados, ficaram muito abalados com o que presenciaram na tragédia, como corpos espalhados e relatos de pessoas atingidas. Alguns chegaram a fazer tratamento com florais, e começamos a discutir isso em reuniões semanais.”
.
Rui Iwersen, editor
.
.

18 de janeiro de 2012

89% dos paulistanos se sentem inseguros na cidade, diz pesquisa

da Folha.com

São Paulo está cada vez mais insegura para grande parte dos paulistanos. A sensação de insegurança atinge 89% dos entrevistados, segundo uma pesquisa do Ibope, encomendada pela Rede Nossa São Paulo e divulgada nesta quarta-feira (18). Ao todo, 1.512 pessoas foram entrevistadas para o levantamento, que revela o nível de satisfação e qualidade de vida dos moradores da capital paulista a respeito de diversos temas.O aspecto da segurança é questionado há cinco anos. 54% dos entrevistados afirmaram se sentir “pouco seguros” na cidade e 35%, “nada seguros” –em 2010, o porcentual era de 60% e 24%, respectivamente. Entre os aspectos que causam mais medo nos paulistanos, estão assaltos e roubos, violência e tráfico de drogas. O medo de atropelamentos também atinge mais moradores da cidade. Em 2010, 12% dos paulistanos apontaram o tema como um dos aspectos que trazem insegurança. Em 2011, esse porcentual subiu para 17%. (…).
Rui Iwersen, editor
.
.

19 de janeiro de 2012

Cientistas estudam rostos de macacos para entender sua evolução

 e do UOL Ciência e Saúde

Uma equipe de pesquisadores da Universidade da Califórnia, Los Angeles (UCLA) analisou 129 rostos de macacos na América Central e América do Sul em busca de pistas sobre a evolução das espécies. Segundo o professor Michael Alfaro, os cientistas querem entender porque os macacos desenvolveram aspectos tão diferentes em seus rostos – como cores e tamanhos de pelos distintos.

A pesquisa não abordou como muitos primatas, inclusive humanos, evoluíram ao ponto de terem diversas expressões faciais. Sharlene Santana ressalta que apesar de alguns macacos terem rostos simples e escuros, algumas espécies como este macaco-prego possuem um vasto repertório de expressões Mais J L Alfaro/UCLA
..
Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.
.

27 de janeiro de 2012

Ansiolíticos estão entre remédios mais consumidos pela população brasileira entre 2007 e 2010

20/01/2012 | do UOL Ciência e Saúde e Agência Brasil

Apesar de serem de uso controlado, os ansiolíticos, indicados para o controle de ansiedade e tensão, estão entre os medicamentos mais consumidos no país nos últimos anos. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), esses inibidores do sistema nervoso central têm sido mais consumidos no Brasil do que muitos medicamentos que não exigem receita médica.

Responsável por fiscalizar a produção e a comercialização de produtos e serviços submetidos à vigilância sanitária, a Anvisa divulgou hoje (20) boletim técnico contendo uma série de informações a respeito do consumo de medicamentos controlados. De acordo com o Boletim do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados, desde 2007 os ansiolíticos feitos a partir de substâncias como clonazepam, bromazepam e alprazolam são os mais consumidos entre os 166 princípios ativos listados na Portaria SVS/MS nº 344, que inclui também as substâncias usadas em outros medicamentos de uso controlado, como emagrecedores e anabolizantes. Os ansiolíticos estão entre os remédios conhecidos por “tarja preta”, que só poderiam ser comprados em farmácias registradas e autorizadas pela Anvisa a comercializar os medicamentos listados na Portaria 344. Não é difícil, contudo, encontrar na internet quem os ofereça como solução para curar a tristeza – qualquer que seja a causa – e até a insônia. (…)

Rui Iwersen, editor

.

31 de janeiro de 2012

Retratos da rua

Britânico fotografa moradores de rua pelo mundo

.

Uma experiência no centro de Londres fez o fotógrafo amador britânico Lee Jeffries decidir concentrar suas imagens em um tema: moradores de rua Mais Lee Jeffries; BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiNet

.

08 de fevereiro de 2012

Poluição sonora nos oceanos estressa baleias, diz estudo

da Folha.com e da BBC BRASIL

Pesquisadores norte-americanos afirmam que o barulho de navios no norte do oceano Atlântico causa estresse em baleias. Segundo os cientistas do Aquário da Nova Inglaterra, em Boston, os motores de navios emitem um som na mesma frequência com que algumas delas se comunicam.Estudos anteriores já mostravam que os cetáceos mudam padrões de linguagem quando local é mais barulhento. Na pesquisa mais recente, após uma medição das fezes, os cientistas perceberam que o aumento do tráfego de navios eleva os níveis de hormônios relacionados ao estresse. (…)

Rui Iwersen, editor

.

22 de fevereiro de 2012

Cachorro agressivo até com seus ‘donos’

.

O cão Urso, que é mistura das raças pitbull e rottweiler, impediu a família da casa em que vive de entrar em casa durante quatro dias no bairro de Kurtz, na periferia do município de São Sepé, no Rio Grande do Sul. A dona, Lizane Benites, 47, diz que deixou de entrar em casa a partir de quinta (16) ao perceber que Urso estava solto. Ao tentar prende-lo, o animal avançou e ela acabou se trancando em casa. Apenas na segunda-feira (20), três bombeiros ajudaram a retirar Urso do local Jean Pimentel/Agência RBS/BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.

26 de fevereiro de 2012

Ansiedade é transtorno mais comum na Grande São Paulo

.
Uma pesquisa que mapeou a frequência de doenças mentais na Grande São Paulo mostra que os transtornos de ansiedade, como estresse pós-traumático, fobias e síndrome de pânico, lideram e estão presentes em 20% da população.Depois vêm os transtornos de humor, como depressão (11%), de controle de impulsos (4,3%) e por consumo de drogas (3,6%).

Os dados são do projeto São Paulo Megacity, um estudo realizado pelo IPq (Instituto de Psiquiatria) do Hospital das Clínicas de São Paulo com 5.037 residentes dos 39 municípios da região.

Editoria de arte/folhapress

A amostra é representativa das cidades, e as entrevistas foram feitas pessoalmente entre 2005 e 2007.

Dados preliminares já haviam sido apresentados em 2009, mas agora a pesquisa completa, que faz parte de um grande estudo mundial, foi publicada na revista científica “PLoS ONE”. Segundo a psiquiatra Laura Helena Andrade, coordenadora do estudo, a pesquisa procura entender o contexto relacionado a essa prevalência maior.

A violência urbana ajuda a explicar a forte presença dos transtornos mentais na população –54% dos entrevistados relataram ter vivido uma experiência ligada a crimes, como ser vítima ou testemunha de assaltos e sequestros. Pessoas que vivem em áreas mais pobres e periféricas da cidade também tiveram maior risco de desenvolver os transtornos. ”Cada fator inerente à vida na metrópole, como transporte, violência e acesso a serviços de saúde, tem uma parcela de participação nesse resultado”, afirma Paulo Rossi Menezes, professor associado da USP e epidemiologista psiquiátrico que não participou do estudo. (…)

Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.

28 de fevereiro de 2012

Imagens do dia

Homem grita da janela de uma casa danificada após pesado bombardeio das forças do governo em Sermeen, perto da cidade de Idlib, na Síria, nesta terça-feira (28). O país já tem mais de 7.500 mortos desde março, segundo a ONU. Mais Zohra Bensemra/Reuters/BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

06 de março de 2012

Ciclistas vão às ruas de várias cidades protestar por mais segurança no trânsito

do UOL Notícias e Agência Brasil

Ciclistas de várias cidades brasileiras realizam hoje (6) à noite uma manifestação para pedir mais atenção dos governos às bicicletas como meio de transporte a ser levado em conta na elaboração de políticas públicas de mobilidade. O objetivo é exigir mais segurança no trânsito por meio de ações como a construção de ciclovias e a realização de campanhas educativas para sensibilizar os motoristas e os ciclistas sobre seus direitos e deveres previstos no Código de Trânsito Brasileiro.

As manifestações estão previstas para ocorrer a partir das 19h, e, segundo informações divulgadas pelas redes sociais, há grupos locais organizando-as em Aracaju (SE), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Gramado (RS), Laranjeiras do Sul (PR), Londrina (PR), Manaus (AM), Maringá (PR), Natal (RN), Parnamirim (RN), Ponta Grossa (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Lourenço (MG), São Luís (MA), São Paulo (SP), Timbó (SC) e Vitória (ES). (…)

Rui Iwersen, editor

.

12 de março de 2012

Guerras e guerreiros

Soldados britânicos

Antes, durante e depois dos homens no Afeganistão

.

A fotógrafa britânica Lalage Snow fotografou e entrevistou integrantes do Primeiro Batalhão do Regimento Real da Escócia em três momentos distintos: antes de eles serem mandados para o Afeganistão; após três meses no país; e poucos dias depois de terem voltado para casa. As imagens e palavras revelam a expectativa, o medo, e, em muitos casos, as experiências traumáticas vividas pelos militares. Na foto, o segundo tenente Adam Petzsch, 25 anos. Mais BBC e Bol Notícias

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

19 de março de 2012

Más condições de vida favorecem transtornos mentais, alerta pesquisa

 Folha.com e AGÊNCIA BRASIL

A violência urbana e a falta de qualidade de vida favorecem o desenvolvimento de transtornos mentais na população, segundo a coordenadora do Núcleo Epidemiológico da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), Laura Helena Andrade.Para a pesquisadora, esses fatores são responsáveis pela prevalência de problemas como a ansiedade, depressão e uso de drogas em cerca de 30% dos paulistanos. O dado faz parte de uma pesquisa feita em consórcio com a OMS (Organização Mundial da Saúde) e a Universidade de Harvard, publicada em fevereiro. (…)

.

Imagens do dia

Vandalismo antiecológico

.

Ônibus foi incendiado por um vândalo no centro de Florianópolis, em Santa Catarina, nesta segunda-feira (19). Segundo os bombeiros, o autor do crime saiu correndo logo após atear fogo no ônibus. Não há informação de feridos Eduardo Valente/Futura Press; BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet
.

18 de abril de 2012

Guerras, terrorismos, mortes e sofrimentos

Veja as fotos premiadas pelo Pulitzer entre 2000 e 2012

.

Pulitzer 2012: A foto de Massoud Houssaini, da AFP, mostra uma criança afegã, de pé em meio a uma pilha de corpos; a imagem transmitiu a ideia da devastação logo depois de um homem bomba explodir em um local cheio de fiéis. Mais Massoud Hossaini/Pulitzer Prize Board e BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

02 de maio de 2012

Aprender segunda língua pode aumentar poder do cérebro

do UOL Notícias e BBC

.

O tronco cerebral reagiu mais no caso de estudantes capazes de falar duas línguas, dizem pesquisadores

Aprender uma segunda língua pode aumentar o poder do cérebro, segundo pesquisadores americanos. Os cientistas da Northwestern University dizem que o bilinguismo é uma forma de treinamento do cérebro – uma “ginástica” mental que apura a mente.
Falar duas línguas afeta profundamente o cérebro e muda a forma como o sistema nervoso reage ao som, segundo revelaram testes de laboratório.
Especialistas dizem que o estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences fornece evidências “biológicas” para isso.

A equipe de pesquisadores monitorou as respostas do cérebro de 48 estudantes voluntários saudáveis – 23 dos quais bilíngues – a sons diferentes.
Foram usados eletrodos no couro cabeludo para traçar o padrão das ondas cerebrais. Sob condições laboratoriais silenciosas, os dois grupos – o bilíngue e o de alunos que somente falavam inglês – responderam da mesma forma. Mas em um contexto de conversa barulhenta, o grupo bilíngue foi muito superior em processar os sons.

Eles eram mais capazes de sintonizar informações importantes – a voz do orador – e bloquear outros ruídos que distraem – as conversas de fundo.
As diferenças de resposta dos dois grupos foram visíveis no cérebro. As reações do tronco cerebral dos que falam duas línguas foram intensificadas.
(…) “Parece que os benefícios do bilingüismo são particularmente poderosos e amplos, e incluem a atenção, seleção e codificação de som”, completou
(…) Pesquisas anteriores também sugerem que ser bilíngue pode ajudar a afastar a demência.

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

09 de maio de 2012

Enchentes

Imagens do dia 

Com as cheias dos principais rios do Amazonas, o distrito do Cacau Pirera, região metropolitana de Manaus, fica completamente submerso de água. O governo brasileiro determinou a mobilização de 500 militares das Forças Armadas, um hospital de campanha e três navios da Marinha para socorrer as vítimas das enchentes no Estado Roberto Carlos/Agecom/BOL Fotos

Rui Iwersen, editor de GaiaNet

.

25 de maio de 2012

Brasil registra remédio que pode prevenir HIV

O remédio Truvada, que recebeu o aval da comissão consultora da agência sanitária dos EUA para ser usado na prevenção de infecção pelo HIV, foi registrado no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). (…) Isso não significa, porém, que a droga passará automaticamente a ser usada no Brasil para tratamento de pacientes com HIV ou indicada antes de relações sexuais desprotegidas com parceiros soropositivos ou com situação sorológica desconhecida. “O governo precisa discutir qual estratégia será adotada para o medicamento e chamar a sociedade para esse debate”, diz Jorge Beloqui, do Grupo Incentivo à Vida de São Paulo.No início do mês, uma comissão ligada ao FDA recomendou a indicação do uso da droga, uma combinação de tenofovir com emtricitabina na prevenção da aids. Isso permitiria que pessoas não contaminadas pudessem manter relações com soropositivos sem usar preservativo. (…)
.
Rui Iwersen, editor

..

As próximas postagens serão feitas no início da página

.

.


2 Comentários

  1. Janine said,

    7 de agosto de 2012 às 12:49

    Quanto à notícia do dia 30 de julho. Obesidade é decorrência de sedentarismo. Dar licença para que o obeso permaneça em casa? Comendo e vendo televisão? Erradíssimo e na contramão da saúde.

    • gaianet said,

      8 de agosto de 2012 às 11:05

      Cara Janine.
      Tu tens razão em dizer que esta decisão da Justiça de aposentar obesos “está na contramão da saude”. Eu considero que esta decisão está tambem na contramão da história e da luta ecológica e, por esta razão, no dia 30 de julho publiquei a matéria tambem nos artigos “Notícias e Políticas Ambientais” e “Colapso” de GaiaNet.
      Aposentar obesos é estimular o consumo de alimentos (um recurso importantíssimo do Planeta) e o sedentarismo, desestimular a alimentação e a movimentação corretas, e estimular a corrupção e o oportunismo, evidentes no hábito atual de grande parte dos brasileiros de tentar obter licenças médicas – “ficar na perícia” – com simulações e mentiras.
      Abraço.
      Rui Iwersen, editor


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: